coletivo FAVA

coletivo FAVA

coletivo FAVA
coletivo FAVA
Número incorreto. Por favor verifique o indicativo do país, da cidade ou número de telefone.
Ao clicar 'Enviar' eu confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação seja processada para responder a um pedido.
Nota: Poderá anular o seu consentimento enviando email para privacy@homify.com com efeito futuro.
Enviado!
Este profissional irá responder-lhe brevemente!

#fora da caixa

O exercício de repensar o uso de um objeto comum existente e de baixo
custo, como elemento modular de composição de espaço e arquitetura surge como resposta a uma proposta de intervenção de reabilitação por parte da Cooperativa CHÃO à FAVA.

O projeto de reabilitação proposto teria de responder a várias premissas, todas elas de igual modo relevantes para o resultado final, ou seja, um programa extenso, de baixo custo, transportável, transformável e editável.

O módulo surge assim, como sendo um objeto suscetível a modulações e configurações. O mesmo é composto por 3 caixas de madeira, interligadas que permitem a rotação das mesmas entre si, formando as diferentes composições para determinada função/uso, possibilitando que a peça composta corresponda às exigências e necessidades programáticas. O módulo desenvolvido, para além do programa, funciona como uma peça/ objeto de uso independente. Assim sendo, e assumindo as várias valências da peça e o seu caracter hibrido, parece-nos interessante ser colocada à prova no espaço público e a mercê da utilização por parte dos intervenientes.

Nesta perspectiva surge a possibilidade através o evento Jardins Efémeros de experimentar o sistema modular inicial, e colocá-lo à prova no espaço público. Surge assim o #foradacaixa.

Trata-se de uma instalação que tem como conceitos fundamentais a experimentação, a criação de ambientes sinestésicos e a interacção com o público, desafiando e questionando as vivências tradicionais dos espaços arquitectónicos. A flexibilidade dos espaços faz com que a peça funcione como um híbrido, sendo que, apesar dos diferentes zoneamentos e usos específicos e característicos da mesma, não se pode condicionar a apropriação por parte das pessoas, pelo que o desenho e a forma resultam num conjunto com base a apoiar e a responder às exigências do espaço público. O programa apresentado compreende uma zona de mercado, uma zona lounge e uma área de som/dj, onde cada uma se apresenta com uma configuração própria e diferenciadora das restantes, de modo a dar uma resposta a nível funcional, mas também estético.

Por outro lado,uma grande quantidade de caixas de madeira que estão a ser trocadas por caixas de plástico. Nesta prespetiva, o projecto tem uma forte ideologia sustentável e de reutilização do lixo das cooperativas fruticulas.

Ano: 2015

Cliente: Jardins Efémeros

Local: Largo Pintor Gata- Viseu-Portugal

Mecenas: Jornal do Centro

Materials: Caixas de fruta em madeira reutilizadas

Apoio técnico: Visiconcept

Dimensões:

-Area:51.6m2

-Volume: 18m2

-Nº de caixas: 400

Video: https://vimeo.com/133707687

Dimensões totais
300 m² (Área)
Local
Viseu
  • #fora da caixa:   por coletivo FAVA

    #fora da caixa

  • esquema axionométrico modular:   por coletivo FAVA

    esquema axionométrico modular

  • esquem axionométrico:   por coletivo FAVA

    esquem axionométrico

  • planta e alçado esquemático:   por coletivo FAVA

    planta e alçado esquemático

  • #fora da caixa:   por coletivo FAVA

    #fora da caixa

  • #fora da caixa:   por coletivo FAVA

    #fora da caixa

  • #fora da caixa:   por coletivo FAVA

    #fora da caixa

  • #fora da caixa:   por coletivo FAVA

    #fora da caixa

  • #fora da caixa:   por coletivo FAVA

    #fora da caixa

  • #fora da caixa:   por coletivo FAVA

    #fora da caixa

Admin-Area