Arqui3 Arquitectos Associados

Arqui3 Arquitectos Associados

Arqui3 Arquitectos Associados
Arqui3 Arquitectos Associados
Número incorreto. Por favor verifique o indicativo do país, da cidade ou número de telefone.
Ao clicar 'Enviar' eu confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação seja processada para responder a um pedido.
Nota: Poderá anular o seu consentimento enviando email para privacy@homify.com com efeito futuro.
Enviado!
Este profissional irá responder-lhe brevemente!

Moradia Bifamiliar

Enquadramento Urbano

O projecto assume as características volumétricas definidas em Regulamento de Loteamento, procurando-se tirar partido da especificidade do local nomeadamente o facto de estar integrado num conjunto de lotes com uma vista privilegiada de mar, e uma excelente exposição solar. A solução adoptada, desenvolve-se em meios pisos, tirando partido da altimetria do terreno. A imagem resulta da tentativa de dotar esta construção de carcterísticas semelhantes às que se poderão viver no deck de um navio. A forma resulta de um circulo, que se vai articulando com paredes ortogonais, gerando espaços habitáveis e aprazíveis. Considerando que a forma e os materiais do edificado garantem o relevo e a nobreza pretendidas, optou-se por uma solução cromática sóbria, de tons neutros como o branco e o beije da pedra, tendo como material de maior presença a madeira (painéis de resina fenólica), que reforça a volumetria proposta. Os restantes materiais encontram-se identificados nas peças desenhadas correspondentes às fachadas, integradas no processo.

Organização Funcional de Cada Fogo 

O fogo desenvolve-se em meios pisos.

- A área social encontra-se no piso térreo à cota mais baixa do terreno, interagindo directamente com o exterior. Este piso tem ainda uma ampla área de arrumos parcialmente enterrada e que serve directamente a área social deste piso. Junto à escada está localizada a I.S. social. 

- A cozinha articula-se com a sala e com uma zona de estar exterior e coberta, onde se dispõe de um forno a lenha e de uma churrasqueira. 

- O acesso pode-se processar a meio piso, acedendo à casa por nascente ou à cota da sala acedendo-se por sul, vindo da garagem. 

- Os quartos em número de dois são expostos a poente, desfrutando de vista de mar e abrem-se sobre uma varanda ampla, que constituirá um local de lazer por excelência.

- A meio piso entre os quartos e o terraço, foi criado um espaço de arrumos complementar de apoio às inúmeras utilizações que os terraços permitirão, nomeadamente: piscina, solário, estar, etc… Estes arrumos dispõem de I.S. para servir o uso dos terraços e não é considerado como área habitável pois o seu pé-direito é inferior a 2,40m. 

- Aproveitando a solução em meios pisos, propõe-se ainda a existência de uma arrecadação/adega sob o acesso nascente ao fogo, com um pé-direito inferior a 2,00 m. 

- Cada fogo usufruirá da existência de uma garagem independente, com uma área de estendal. - No piso 3 é proposto o aproveitamento de parte da cobertura para um terraço/solário de onde se pode desfrutar de excelentes vistas. Será também a esta cota que se localizarão os painéis solares, a tardoz, orientados a Sul.

Dimensões totais
349.3 m² (Área)
  • Moradia Bifamiliar:   por Arqui3 Arquitectos Associados

    Moradia Bifamiliar

    Livros de ideias de editores da homify com esta foto
    Livros de ideias: 1
    ["PT"] [Published] Casas geminadas também são casas de sonho!

    Enquadramento Urbano

     O projecto assume as características volumétricas definidas em Regulamento de Loteamento, procurando-se tirar partido da especificidade do local nomeadamente o facto de estar integrado num conjunto de lotes com uma vista privilegiada de mar, e uma excelente exposição solar.

    A solução adoptada, desenvolve-se em meios pisos, tirando partido da altimetria do terreno. A imagem resulta da tentativa de dotar esta construção de carcterísticas semelhantes às que se poderão viver no deck de um navio. A forma resulta de um circulo, que se vai articulando com paredes ortogonais, gerando espaços habitáveis e aprazíveis.

    Considerando que a forma e os materiais do edificado garantem o relevo e a nobreza pretendidas, optou-se por uma solução cromática sóbria, de tons neutros como o branco e o beije da pedra, tendo como material de maior
    presença a madeira (painéis de resina fenólica), que reforça a volumetria proposta.

    Os restantes materiais encontram-se identificados nas peças desenhadas correspondentes às fachadas, integradas no processo.

    Organização Funcional de Cada Fogo

    O fogo desenvolve-se em meios pisos.

    - A área social encontra-se no piso térreo à cota mais baixa do terreno, interagindo directamente com o exterior. Este piso tem ainda uma ampla área de arrumos parcialmente enterrada e que serve directamente a área social deste piso. Junto à escada está localizada a I.S. social.

    - A cozinha articula-se com a sala e com uma zona de estar exterior e coberta, onde se dispõe de um forno a lenha e de uma churrasqueira.

    - O acesso pode-se processar a meio piso, acedendo à casa por nascente ou à cota da sala acedendo-se por sul, vindo da garagem.

    - Os quartos em número de dois são expostos a poente, desfrutando de vista de mar e abrem-se sobre uma varanda ampla, que constituirá um local de lazer por excelência.

    - A meio piso entre os quartos e o terraço, foi criado um espaço de arrumos complementar de apoio às inúmeras utilizações que os terraços permitirão, nomeadamente: piscina, solário, estar, etc… Estes arrumos dispõem de I.S. para servir o uso dos terraços e não é considerado como área habitável pois o seu pé-direito é inferior a 2,40m.

    - Aproveitando a solução em meios pisos, propõe-se ainda a existência de uma arrecadação/adega sob o acesso nascente ao fogo, com um pé-direito inferior a 2,00 m.

    - Cada fogo usufruirá da existência de uma garagem independente, com uma área de estendal.

    - No piso 3 é proposto o aproveitamento de parte da cobertura para um terraço/solário de onde se pode desfrutar de excelentes vistas. Será também a esta cota que se localizarão os painéis solares, a tardoz, orientados a Sul.

Admin-Area