Pintores - Sintra: Encontre os profissionais ideais | homify

8 Pintores em Sintra

Sintra – a poesia das cores

Sintra é, por si, uma cidade que parece saída de um quadro de Monet ou de Renoir, de tão perfeita que é. Os montes, os palácios coloridos, o jogo de cores, a natureza verdejante que envolve esse todo, de forma espontânea e pura. 

Por isso, falar de pintores em Sintra é algo natural. É unânime que queremos fazer jus à beleza desta sublime cidade, que parece ter saído de um mundo encantado. Não foi em vão que ficou classificada como Património da Humanidade, pela UNESCO, em 1995.

Por isso, quem viver em Sintra, deve cuidar das paredes dos seus comércios, das suas casas e de todas as outras superfícies, como se de um monumento se tratasse. Mas como? É fácil, basta entregar o projeto a quem realmente sabe: os pintores. 

Falamos destes artistas, nesta bonita viagem até Sintra, que a homify preparou para si! 

Por que deve escolher um pintor em Sintra?

Por vezes, queremos mudar a decoração da nossa casa, mas não sabemos bem como. O orçamento é justo e acaba por nos limitar um pouco. Assim, umas das alternativas é a de pintar as paredes lá de casa, numa tonalidade diferente. Permite refrescar a divisão e dar um toque de novidade. 

Mas será que deve levar esta missão a cabo sozinho ou será melhor contratar um pintor profissional? Como sabe, a homify é quase sempre a favor da contratação de um serviço profissional, não só porque temos sempre garantia do trabalho, mas também porque o resultado é incomparável. Por isso, tente poupar nas escolhas que faz, mas não na sua casa. 

Não está convencido? Então analise connosco estas 5 razões que o podem levar a contratar um pintor:

Trabalho impecável: o pintor possui a sabedoria necessária para realizar boas misturas de tonalidades, sabe medir a quantidade de pintura para a cor pretendida e sabe dosear a quantidade necessária para as superfícies que serão pintadas. Além disso, certificar-se-á primeiro do estado das paredes ou dos tetos. Nalguns casos, será necessário raspar ou lixar as superfícies, antes de aplicar a tinta, de modo a obter um resultado homogéneo. Por outro lado, o pintor sabe calcular os tempos de intervalo necessários entre as várias camadas, de acordo com as características das paredes, mas também da tinta e do tipo de acabamento escolhido;

Rapidez e eficiência: se o pintor realiza este trabalho por si, sobra-lhe tempo para concretizar outras tarefas. Se, por um lado, demoraria 4 dias das suas férias a pintar uma divisão, o pintor fá-lo-á bem mais rápido e, claro, com melhor qualidade. O pintor é capaz de pintar o equivalente a uma divisão de 20m² em apenas um dia;

Poupança de material: o pintor tem todas as ferramentas necessárias, desde as escadas até aos pincéis. Assim, quando paga o trabalho do pintor, não precisa de perder tempo nas lojas de bricolage X e Y, a comprar rolos, lona para o piso, pinturas, escadas, etc. O custo das tintas será algo que terá de suportar;

O pintor também aplica papel de parede: é provável que se sinta capaz de pintar uma parede, mas será que tem o mesmo sentimento com o papel de parede? Mais uma vez, irá precisar do equipamento apropriado, de paciência e principalmente de muita técnica! Não há nada mais desagradável do que ver uma parede com papel de parede mal aplicado, com grumos de cola, que não deixa a superfície lisa ou com papel a descolar-se;

Conselhos profissionais: o pintor também está lá para aconselhá-lo e orientá-lo nas suas decisões. O trabalho irá ficar conforme o seu gosto e o seu projeto inicial e enquadrado com o tipo de espaço que quer pintar. Enfim, o profissional transmitir-lhe-á os melhores conselhos para valorizar o seu interior. Por exemplo, permitirá que escolha uma paleta cromática adequada ao seu espaço e poderá ajudá-lo a determinar o tipo de acabamento, se é fosco, acetinado ou brilhante, conforme o espaço a pintar.

Como escolher um bom pintor em Sintra?

Acima de tudo, é importante que peça várias orçamentos. Entrar em contacto com vários pintores profissionais, permitir-lhe-á ter uma ideia do que quer e do que não quer. Também irá perceber se existe ou não empatia com os profissionais contactados. Por isso, é importante não se deixar levar apenas pelo conselho de um amigo ou primo. Há que ter alguma independência e analisar aquilo que gosta realmente, pois o que agrada a uns, não terá que agradar a outros.

Procure vários contactos e coloque questões pertinentes, que lhe darão uma ideia clara do tipo de profissional e serviço. Por exemplo: há quanto tempo exerce a profissão de pintor? Que tipo de experiência tem? Como pode ver recomendações de outros clientes? Se pode ver algumas fotografias de trabalhos já realizados? Quantas horas acha que são necessárias para o trabalho proposto? Com que tipo de material costuma trabalhar? O que inclui o orçamento (materiais, deslocação, pintura, etc)? Se existe uma solução para as paredes com bolor, caso seja o seu problema? Entre outras questões. Para não se esquecer, anote-as. 

Se quiser pintar mais divisões da sua casa, mas o seu orçamento está aquém do esperado, não hesite em abordar esta questão também. O pintor poderá negociar os valores ou ter um método de pagamento, para facilitar esta questão financeira. 

Deve, antes de tudo, tentar ser bastante determinado. Quanto mais confiante e claro for, mais fácil será a comunicação entre si e o profissional. Para isso, deve, escrupulosamente, estabelecer um plafond máximo do que está disposto a gastar. 100€? 300€? 1000€? Ou mais, se quer pintar toda a casa, incluindo a fachada. 

Também é importante saber quais os espaços que quer pintar e a cor que gostaria. Em caso de dúvidas, o pintor irá orientá-lo, tendo em conta a sua experiência e o design da sua casa. 

Onde pode encontrar pintores da área de Sintra?

Se, no passado, recorríamos todos às famosas páginas amarelas, numa procura interminável e cansativa, hoje em dia, só precisamos de teclar duas ou três palavras, clicar, aguardar frações de segundos e já está. Mas o melhor clique que poderá fazer é mesmo na homify, já que a nossa plataforma é comparada, muitas vezes, às páginas amarelas da era moderna, no que toca à categoria da construção, da arquitetura e da decoração. 

Assim, se procurar por pintor e afunilar a pesquisa pela sua área servida em Sintra, será direcionado para vários contactos profissionais. Na homify, estão registados profissionais de qualidade e de confiança. Tem acesso a projetos já realizados, através das fotografias fornecidas. Pode ler, ainda, experiências de outros clientes e aceder aos contactos. Se preferir, pode entrar em contacto com o pintor escolhido, diretamente através da homify.

Não hesite em inscrever-se na homify, é totalmente gratuito e ser-lhe-á sempre útil. Hoje um pintor, mas amanhã um canalizador ou eletricista. Sabemos tão bem que uma despesa nunca vem só! Saiba exatamente como fazer através deste link – aqui.

Existem outras formas para encontrar um pintor em Sintra?

Embora tenha feito grande parte da sua pesquisa na homify, poderá sempre procurar um ou outro pintor, por outras vias. 

Use as suas redes sociais – Instagram, Facebook e Twitter – porque é uma forma quase instantânea para entrar em contacto com os familiares, amigos e conhecidos. 

Pergunte, também, a colaboradores de lojas de pintura da zona de Sintra. Provavelmente, terão um contacto de um pintor profissional. 

Mas como já referimos, a decisão final deve partir de si. Com certeza, irá conseguir encontrar o profissional perfeito para o trabalho que tem em mãos!

Pesquisar imagens relacionadas