Marceneiros - Odivelas: Encontre os profissionais ideais | homify

4 Marceneiros em Odivelas

Odivelas – viver com calma às portas de Lisboa

A especulação imobiliária na capital tem progressivamente empurrado os seus habitantes para a periferia. A seguir à chegada dos moradores vindos do interior, trazidos pelo êxodo populacional rumo aos grandes centros urbanos que começou na década de 60 e se prolongou até ao início da década de 80, paulatinamente as cidades da Área Metropolitana de Lisboa têm vindo a ser ocupadas por moradores saídos da própria capital.

Os preços altos, inflacionados pela crescente procura despoletada pelo aumento da actividade turística estão, de novo, a fazer crescer cidades como Odivelas. Mas desengane-se quem pensa que o crescimento actual está a acontecer nos mesmos moldes. O cuidado posto no planeamento urbanístico, paisagismo e na qualidade de vida dos cidadãos melhorou muito. Obviamente, não é possível reverter a construção feita há tanto tempo, mas há um esforço no sentido de melhorar.

Odivelas, em particular, tem vindo a beneficiar com a proximidade da capital e com a chegada do metropolitano, que a deixou a pouco mais de 15 minutos da Praça do Marquês de Pombal, no coração de Lisboa, e a tornou muito apetecível. E tem tudo o que é preciso para viver com conforto: – espaços verdes renovados, escolas, uma universidade, alguma vida nocturna, restaurantes com boa qualidade e, em especial, habitação mais barata.

Embelezar a nossa casa é um objectivo de sempre e o trabalho dos marceneiros muito contribui para isso. Se chegou até aqui, provavelmente estará à procura de um profissional de marcenaria, mas antes de continuar com a sua pesquisa, fique por cá e descubra mais sobre esta profissão, como encontrar o profissional certo e até como tirar partido da homify!

Que formação têm os marceneiros?

Até há alguns anos, a marcenaria era uma arte passada de artesão para aprendiz e, mesmo agora, não há frequência obrigatória de um curso para trabalhar como marceneiro. A aprendizagem prática continua a ser fundamental para esta actividade, sendo mais relevante do que qualquer aula teórica. No entanto, existem cursos de marceneiro que servem também para leccionar bases teóricas em várias outras áreas, como informática na óptica do utilizador e gestão básica, que permite ao profissional prestar um serviço de melhor qualidade, facilitando o contacto com os clientes e a criação dos designs a replicar na madeira.

E se antes os marceneiros começavam quase crianças a aprender na oficina, hoje em dia vemos licenciados de diversas áreas, como o design de mobiliário, a decoração e a arquitectura, a regressarem à marcenaria tradicional, mesclando-a com as tendências mais modernas.

Marceneiros e carpinteiros – diferenças essenciais

Os marceneiros e os carpinteiros fazem trabalhos em madeira, o que acaba por criar muita afinidade entre ambas as profissões, sendo mesmo complementares, com a marcenaria a servir muitas vezes para ornamentar as peças de carpintaria. 

Os carpinteiros fazem um trabalho destinado a ser funcional e estrutural, usando madeira e os seus derivados para criar muitos elementos de uma casa, seja na sua construção, formando estruturas de suporte (cofragens) e para o telhado, ou no seu preenchimento, criando mobiliário à medida. Produzem peças que podem ser muito bonitas mas, normalmente, a parte dos elementos decorativos fica a cargo dos marceneiros.

Os marceneiros trabalham, sobretudo, a beleza escondida no coração da madeira natural. Usam uma arte ancestral que utiliza ferramentas antigas, por um lado, e ferramentas eléctricas de precisão, por outro.

Que trabalhos posso encomendar a um marceneiro

Se tem dúvidas acerca dos trabalhos usualmente produzidos pelos marceneiros:

  • Embutidos – este trabalho consiste em colar placas finas de madeira com cores diferentes sobre uma base rígida, para criar uma imagem única. É um trabalho artesanal de grande precisão e pode misturar a madeira com osso ou cerâmica. O tempo que demora e as madeiras nobres utilizadas, tornam as peças criadas com esta técnica bastante cara, mas tem a garantia de serem realmente únicas.
  • Talha – a arte de criar a talha, é a arte de criar escultura em madeira. É conhecida, sobretudo, por embelezar igrejas, mas também é muito utilizada no design de móveis clássicos. Por exemplo, as pernas dos móveis de estilo Luís XIV costumam ter trabalhos de talha na estrutura ou ligada a ela, através de encaixes.
  • Encaixes – são os responsáveis pela união dos vários componentes da obra. Se pensar numa gaveta antiga, lembre-se de uma estrutura dentada que junta as várias peças que a constituem. Há diferentes tipos de encaixes, como, por exemplo, a espiga, a cavilha, os pinos, etc.
  • Torneados – este tipo de trabalho é um dos produtos mais conhecidos da marcenaria, criando pernas de mesas, corrimões e muitos outros projectos.
  • Restauro de peças antigas – este trabalho vital permite recuperar móveis antigos com elementos de marcenaria. Se tem uma mesa com uma perna partida e pretende recuperá-la, os marceneiros serão capazes de fazer uma perna idêntica e tratá-la de forma a assemelhar-se perfeitamente às outras.

Como usar a homify em seu proveito

Por vezes, podem surgir dúvidas acerca da utilização da homify, mas não queremos que isso aconteça.

A homify é uma plataforma digital, que agrega um grande número de profissionais, sendo útil tanto para as empresas como para os seus clientes.

Para os profissionais, a homify serve como uma montra que expõe os seus trabalhos. Para usufruir deste serviço, precisam de se inscrever (gratuitamente) no nosso site, preencher todos os dados necessários e carregar as imagens selecionadas.

Para os potenciais clientes, a homify é uma fonte permanente de inspiração. Aqui, encontra as imagens mais interessantes, os trabalhos mais inspiradores e os profissionais que os fizeram, podendo contactar directamente com eles, a partir da nossa página. Tem também à sua disposição artigos diários com ideias, dicas, propostas e muito mais!

Como encontrar marceneiros em Odivelas

Há marceneiros em todas as regiões do país e Odivelas não é excepção mas, se não encontrar o que procura nas redondezas, pode procurar nas cidades próximas, como Loures ou Lisboa.

A Internet é a ferramenta certa para a procura de profissionais, por isso os motores de busca são os seus melhores amigos. As redes sociais, como Facebook, o LinkedIn ou o Instagram são também bons meios de pesquisa. 

Mas como a arte da marcenaria ainda é muito tradicional, pode não encontrar tudo o que procura online. Neste caso, pode optar por recomendações pessoais.

Quanto custa o trabalho de um marceneiro em Odivelas?

Esta é uma questão de difícil resposta, uma vez que o tipo de madeira, o tempo despendido no projecto e a sua complexidade são únicos para cada trabalho. Ainda assim, podemos dizer que, genericamente, um trabalho de marcenaria custa entre 70 e os 1500 Euros, o que acaba por não ser grande ajuda. Nesse sentido, aconselhamos a que contacte directamente diversos marceneiros e peça, pelo menos, 3 orçamentos para o tipo de trabalho que pretende desenvolver. Assim, será mais fácil antever o investimento a fazer!

Pesquisar imagens relacionadas