Marceneiros - Loures: Encontre os melhores profissionais | homify

4 Marceneiros em Loures

Área servida

Loures – a cidade, perto da capital, que tem tudo o que precisa

Não deixa de ser irónico que falemos de marceneiros na cidade onde está sediada a maior cadeia de mobiliário massificado da Europa, mas eles existem! E mesmo que não sejam suficientes, a proximidade com outras cidades, como a própria capital, facilita a tarefa de os contratar.

Loures pode não ser a cidade mais bonita do mundo, mas é uma cidade cheia de conveniência e que está cada vez melhor. 

Viver em Loures é ter tudo (mesmo tudo) o que se tem em Lisboa, porque estamos lá em 15 minutos, mas prescindir da confusão de turistas e veículos turísticos, carros, buzinas e uma imensa massa humana em permanente movimento.

Esta cidade ainda permite uma qualidade de vida bastante razoável, com casas a preços minimamente acessíveis, realidade que em Lisboa é uma miragem. E, apesar da construção menos organizada que se apoderou dos montes e vales, ainda se consegue respirar em Loures um pouco do espírito bucólico, que em tempos fez parte desta região.

Se deseja ter móveis exclusivos e artesanais na capital dos móveis de consumo imediato, tem mesmo de contratar um marceneiro e, para o ajudar a fazê-lo, cá está a homify

A homify é especializada em mostrar-lhe os melhores trabalhos dos melhores profissionais e os seus respectivos contactos, para o ajudar na procura do melhor negócio. Mas, antes de seguir com a sua pesquisa, saiba mais sobre esta profissão milenar.

Marceneiros – trabalhar a madeira desde tempos remotos

A marcenaria é uma arte tradicional, com raízes profundas na história da humanidade. Uma vez satisfeitas as necessidades básicas, sobrou ao ser humano o tempo necessário para criar e embelezar o que estava à sua volta. A madeira era um dos materiais mais fáceis e abundantes para o fazer. Esculpir a madeira tornou-se um passatempo e um meio de ter um quotidiano mais agradável. Com o tempo, esculpir a madeira tornou-se numa profissão bastante rentável e, embora nos nossos dias possa parecer quase extinta, está bem longe disso!

A marcenaria, ainda hoje, utiliza as mesmas ferramentas, concebidas há muitos séculos para trabalhar a madeira, sendo por isso um ofício verdadeiramente artesanal.

Marceneiros e carpinteiros – parceiros naturais

Não são a mesma coisa! Embora haja alguma tendência para pensar nas duas profissões da mesma forma, são actividades diferentes, mas complementares.

A carpintaria trabalha a madeira de uma forma técnica, vocacionada para a vertente funcional, podendo trabalhar tanto com madeira como com os seus derivados. Os carpinteiros produzem estruturas, como telhados e cofragens para a construção civil, e mobiliário (de armários a mesas), usando equipamentos modernos para o fazer.

A marcenaria é mais artística, dedicada a extrair formas da madeira em bruto, através da escultura e só trabalha com madeira natural. Os marceneiros usam ferramentas manuais e tradicionais para criar peças decorativas que muitas vezes são acopladas a trabalhos de carpintaria, para os embelezar, e dedicam-se bastante a fazer restauro de peças antigas e danificadas. 

São especialistas em decorar e reparar mobílias de madeira, charretes, rodas, partes de móveis, acessórios (cabos trabalhados, por exemplo), padrões, modelos e outros produtos, em madeira.

Obviamente que, muitas vezes, os marceneiros e os carpinteiros acabam por trabalhar juntos, em especial quando se trata de produzir mobiliário, portas e janelas.

Quem nunca viu uma porta de madeira, com painéis esculpidos ou uma mesa, com pernas ornamentadas? São produtos do trabalho conjunto entre marceneiros e carpinteiros!

É preciso um curso para se ser marceneiro?

Não há uma obrigatoriedade de ter um curso, mas será necessário ter bastante tempo de aprendizagem. A marcenaria é uma arte e, como tal, deve ser aprendida com quem sabe do ofício. 

Os cursos de marcenaria em Portugal não são muitos, mas ajudam a completar a formação prática com aprendizagens mais actuais, necessárias a qualquer negócio, como a informática ou a gestão.

Tarefas dos marceneiros

  • Desenhar as peças que serão fabricadas, usando esboços ou programas de computador;
  • Fazer uma análise cuidada da peça a ser fabricada, consultando os desenhos, modelos, especificações ou outras instruções;
  • Trabalhar a madeira riscando, cortando e torneando entalhes, usando as ferramentas apropriadas;
  • Montar as partes de madeira trabalhada, encaixando-as e prendendo-as com os materiais adequados;
  • Proteger as peças fabricadas, pintando, envernizando ou encerando as superfícies;
  • Instalar as ferragens apropriadas, como puxadores, dobradiças, tachas e outros, nas peças e móveis fabricados;
  • Afiar as ferramentas de corte e dar manutenção periódica às máquinas;
  • Pode especializar-se na confecção de determinados tipos de peças ou móveis de madeira, como talha ou embutidos.

Como procurar marceneiros em Loures?

A pesquisa deve ser feita com bastante rigor e já começou pelo sítio certo!

A homify é uma plataforma online, dedicada a tudo o que diz respeito à sua casa e funciona como uma mostra dos trabalhos dos muitos profissionais inscritos. Aqui, pode encontrar todo o tipo de profissionais para o seu projecto, as melhores imagens dos seu projectos mais icónicos e muitas ideias, sempre acompanhadas pelos dados do profissional. Assim, é fácil de perceber a utilidade desta plataforma, em todas as suas vertentes!

Mas não se fique apenas pela homify. Embora gostemos de o ter por cá, na Internet encontra muita informação que lhe pode ser útil, sobretudo em sites específicos, em fóruns de discussão pública e redes sociais, por isso não deixe de explorar.

Se também gosta de métodos mais tradicionais, pode sempre recorrer às recomendações de amigos e familiares.

Quanto custa um trabalho de marcenaria?

Com deve imaginar, não é nada fácil apontar orçamentos para um tipo de projecto tão pessoal. Obviamente, é um trabalho muito minucioso, detalhado e exclusivo, pelo que é bastante valorizado e contratar os serviços de um marceneiro pode não sair barato.

Um marceneiro em começo de carreira, numa empresa, ganha cerca de 800 Euros brutos. Um marceneiro experiente, a trabalhar por conta própria ganha muito mais.

Assim não é de estranhar que os trabalhos de marcenaria sejam bastante caros.

A forma de cálculo do orçamento pode ser feita ao metro quadrado, em função da madeira escolhida ou à hora de trabalho, por isso na altura de optar pela empresa com que vai trabalhar, não se esqueça de analisar bem o que lhe está a ser proposto.