Ladrilhadores - Almada: Encontre os profissionais ideais | homify

1 Ladrilhadores em Almada

Almada – uma alternativa a Lisboa

Almada tem muito para oferecer, em especial uma qualidade de vida bem melhor do que a capital, a começar por habitações mais baratas.

Viver em Almada pode significar uma poupança de 50% dos gastos face a viver em Lisboa e, para quem trabalha do outro lado, os transportes públicos são a solução. Admitimos que não é perfeita, mas é bastante eficiente. A verdade é que há muito para fazer na região!

As praias da Caparica estão ali muito próximas, os vários centros comerciais oferecem a necessária escapadinha em fim de semana de chuva, há bons restaurantes, excelentes parques e jardins, equipamentos culturais e infra-estruturas desportivas à disposição, modernas escolas e até um pólo universitário bem considerado. A renovada frente ribeirinha é um exemplo do esforço colocado na melhoria dos equipamentos e infraestruturas, que estão à disposição dos moradores de Almada.

Então, já concluímos que viver em Almada até pode ser muito bom, e um dos aspectos mais positivos é ter uma grande variedade de serviços à disposição. Entre esses serviços estarão, com certeza, empresas de ladrilhadores.

Se encontrou esta secção, é porque está à procura destes profissionais na zona de Almada, por isso, antes de continuar, saiba tudo sobre esta actividade. Saiba como encontrar as melhores empresas, o que deve procurar na hora de escolher e quanto é que o trabalho pode custar.

O que fazem os ladrilhadores?

De um modo geral, chamamos ladrilhadores aos profissionais que assentam ladrilhos, azulejos, mosaicos ou outros revestimentos compostos por placas de pequena dimensão coladas sobre as superfícies. Originalmente, o nome vem dos ladrilhos, mas passou a designar toda uma categoria profissional.

Estes profissionais são responsáveis por perceber e executar os projectos dos arquitectos de interiores ou outros profissionais (dando especial atenção à colocação de padrões e motivos), calculando as quantidades de materiais necessárias. Devem ser capazes de efectuar medições e marcações para guiar o processo de colocação das peças nas superfícies, de escolher os materiais de colagem (cimento, argamassa), de cortar peças à medida para preencher ângulos, de fazer o assentamento correctamente e de dar o acabamento certo (em especial nas juntas).

Que tipos de materiais colocam estes profissionais?

Por esta altura, já percebeu que tipos de materiais os ladrilhadores instalam, mas importa fazer a distinção entre eles pois, por vezes, surge alguma confusão que não vai querer ter na hora de escolher.

  • Azulejos – são os revestimentos de parede que os ladrilhadores mais instalam, pois são dos mais usados em Portugal. Isso deve-se à sua versatilidade de utilização, ao grande número de padrões no mercado e à variedade de preços atraentes. Os azulejos são peças cerâmicas de pequenas ou médias dimensões, quadradas ou rectangulares, mas sempre com uma superfície vidrada, que lhes confere impermeabilidade.
  • Ladrilhos – são peças de revestimento mais pequenas do que os azulejos e podem ser feitos de vários materiais, como vidro, cerâmica, porcelana ou osso. As formas dos ladrilhos são mais variadas do do que as dos azulejos, podendo assumir aquelas que mais lhe agradarem.
  • Mosaicos – os mosaicos podem referir-se às composições artísticas com imagens feitas de azulejos ou aos mosaicos hidráulicos, que são peças de cimento com um tratamento de superfície, que normalmente fazem padrões e podem aplicar-se nas paredes ou no chão.
  • Azulejos pastilha ou mosaicos pastilha – são pequenas peças de revestimento que são aplicadas em conjuntos, fazendo o efeito de mini-azulejos. São muito utilizados em piscinas e fazem efeitos espectaculares em casas de banho e cozinhas. Normalmente, têm uma base de cerâmica e um acabamento diferenciado, que pode ser vidro, metal e até madrepérola.
  • Tijoleiras – são os equivalentes dos azulejos para o chão. São também placas de cerâmica, de maiores dimensões (não obrigatoriamente) e com um tratamento de superfície que lhes confere maior resistência ao desgaste. O nome vem da inspiração no tijolo antigo.

O que devo procurar numa empresa ou num profissional ladrilhador?

Há algumas características que indiciam seriedade e rigor por parte das empresas e profissionais ladrilhadores:

  • Apresenta orçamentos rigorosos – um orçamento detalhado, que especifica os materiais a usar e os seus preços discriminados, bem como as horas de trabalho estimadas e o valor, ao invés de um número vago, é um bom indicador a que deve dar atenção;
  • Tem um bom histórico de cumprimento de prazos – por vezes não é fácil verificar este requisito, mas pode sempre entrar em contacto com anteriores clientes ou procurar informações sobre os profissionais na internet, em redes sociais e fóruns de discussão especializados;
  • Propõe um prazo para a execução do trabalho – os prazos, por vezes, podem ter de ser alterados, nomeadamente por atrasos nas entregas dos materiais mas, uma empresa que se propõe a executar o trabalho num determinado prazo, demonstra que pretende cumprir;
  • Tem boa capacidade de comunicação e fornece informações úteis para o projecto – actualmente é impensável lidar com profissionais pouco educados ou mesmo rudes, que não tenham brio a realizar as tarefas. Estes especialistas devem ter a actualização técnica devida para poder dar um contributo válido, para a boa conclusão do trabalho;
  • Cumpre com os requisitos de segurança e higiene do trabalho – apesar de esta actividade não ser de risco elevado, é importante prevenir os acidentes de trabalho, pelo que os profissionais envolvidos devem ter a formação adequada e utilizar os equipamentos de protecção obrigatórios por lei (roupa, luvas e calçado de protecção, eventualmente óculos de protecção).

Como posso encontrar ladrilhadores em Almada?

Contratar profissionais da área do projecto tem vantagens a considerar, nomeadamente a poupança de dinheiro em transportes e a facilidade de contactar com anteriores clientes. Há também a vantagem do conhecimento do mercado local, que permite a estes profissionais apresentar-lhe melhores negócios. Por outro lado, ao contratar na região, vai estar a desenvolver a economia local, o que é importante para quem gosta mesmo da zona onde habita.
Encontrar profissionais nos nossos dias não é difícil. A internet veio facilitar as pesquisas e só precisa de uma busca rápida, em qualquer motor de busca, com as palavras ladrilhadores Almada, para obter resultados. Utilize também as redes sociais, tanto para obter opiniões sobre as empresas como para as procurar. E não se esqueça de explorar as lojas de materiais de construção de Almada e junto a familiares e conhecidos, fazendo uma pesquisa à moda antiga.

Quanto custa o trabalho de um ladrilhador em Almada?

Os preços são bastante semelhantes um pouco por todo o país e, em geral, os profissionais recebem à volta de 16 – 17 Euros, por hora. A grande diferença nos preços dos trabalhos virá mesmo dos materiais escolhidos. Materiais mais resistentes e com melhor qualidade serão, necessariamente, mais caros. Por exemplo, um azulejo de qualidade média custa à volta de 25 Euros por metro quadrado, enquanto um azulejos topo de gama, com um design mais exclusivo, pode custar mais de 50.

Pesquisar imagens relacionadas