Jardineiros - Vila Nova De Gaia: Encontre os profissionais ideais | homify

3 Jardineiros em Vila Nova de Gaia

Jardineiros em Vila Nova de Gaia

Na margem sul da foz do rio Douro está Vila Nova de Gaia, uma das mais proeminentes cidades da Região Norte e a vizinha do Porto, cuja História não se conta sem a de Gaia e vice-versa. 

O crescimento económico de Vila Nova de Gaia e a melhoria considerável das comunicações, nas últimas décadas, levaram a que muitas pessoas, que trabalham no Porto, se mudassem para esta cidade onde os preços das habitações são mais apelativos e o espaço urbano mais pequeno e tranquilo.

O tecido empresarial de Vila Nova de Gaia é rico e diverso. A cidade acomoda empresas de pequena, média e grande dimensão em áreas distintas (têxtil, cerâmica, construção civil, entre outras). O concelho é casa de três enormes superfícies comerciais: o Gaia Shopping, o Arrábida Shopping e, mais recentemente, o El Corte Inglés. Todos eles foram importantes para o desenvolvimento de Vila Nova de Gaia, na medida em que dinamizaram a economia e criaram postos de trabalho.

Se mora em Vila Nova de Gaia ou pretende mudar-se para a cidade e procura um jardineiro, tenha em consideração as informações que se seguem.

1. O que fazem os jardineiros?

Em linhas gerais, o jardineiro é o profissional responsável pela escolha, pela plantação e pela manutenção das plantas, das árvores e dos hortícolas, num jardim. Este profissional conhece várias espécies, sabe quais são as que singram em cada região e, aquando da plantação, tem em conta factores como a exposição solar, a nutrição do solo e que espécies devem ser plantadas juntas.

Os jardineiros podem desenvolver trabalhos mais ou menos abrangentes, consoante a formação que possuem. Alguns jardineiros intervencionam os espaços mais a fundo, isto é, planeiam a configuração dos mesmos e podem até ajudar a escolher revestimentos, a construir vedações ou a projectar uma piscina.

Estes profissionais podem debruçar-se sobre projectos residenciais ou públicos. O trabalho que desenvolvem é fundamental para manter as cidades verdes e bonitas e, por conseguinte, para proporcionar qualidade de vida às populações.

 

2. O que distingue um jardineiro de um arquitecto paisagista?

Embora haja aspectos transversais a ambas as profissões, o trabalho de um jardineiro e de um arquitecto paisagista é diferente.

 

O arquitecto paisagista tem um curso superior e intervém nos espaços de forma mais profunda, estando incumbido de analisar as áreas, fazer um projecto e executá-lo, gerindo equipas com vários profissionais. Tem, por isso, valências amplas e pode assumir projectos de grande envergadura que obriguem a uma compreensão estrutural dos espaços. Para além de ter conhecimentos sobre a vegetação, ainda trata da pavimentação, da iluminação, da criação de zonas de passagem para automóveis e pessoas, da criação de zonas de lazer ao ar livre, da instalação de sistemas de irrigação, entre outras coisas.

Por sua vez, o jardineiro, embora também se possa imiscuir no design, no planeamento e na manutenção, actua, essencialmente, em tudo o que diz respeito às plantas. O jardineiro pode, por exemplo, ajudar o arquitecto paisagista a fazer uma lista de plantas para dar forma a determinado projecto. Ao contrário do trabalho de um arquitecto paisagista, o do jardineiro é contínuo porque as plantas precisam de cuidados ao longo de todo o ano. 

Posto isto, podemos afirmar que são profissões que, apesar de diferentes em alguns pontos, acabam por se complementar.

 

3. Que tipo de formação têm os jardineiros? 

Os jardineiros podem ter uma formação em Botânica ou Horticultura ou fazer pequenas formações e workshops, proporcionados por escolas técnicas. Estas formações completam-se em algumas horas ou meses, pelo que um jardineiro pode fazer várias, em áreas distintas.

Estes profissionais podem começar a trabalhar como aprendizes e ir ganhando experiência até se sentirem prontos para se lançarem sozinhos. Muitos jardineiros começam como autodidactas. É o gosto pela Botânica que os leva a querer saber mais sobre os processos naturais, que incluem a ecologia do solo, o clima, a fisiologia vegetal, a drenagem de água e as pragas e pestes.

 

4. Que competências deve ter um jardineiro?

 É importante, para o cliente, saber identificar quais são as competências de um jardineiro. Só assim pode contratar um profissional de qualidade e controlar o trabalho por ele levado a cabo.

Entre as competências basilares de um jardineiro, destacaríamos as seguintes:

  • Identificação das principais plantas de jardim e conhecimento das suas características;
  • Capacidade de análise das condições do solo e do clima, assim como da sua importância para a produção;
  • Conhecimento das técnicas de adubação de jardim e poda;
  • Conhecimento aprofundado de limpeza de jardins, bem como dos elementos que o podem compor (como tanques, lagos, entre outros);
  • Conhecimento e capacidade de utilização de ferramentas e de equipamentos de jardinagem. 

 

5. Quais são as vantagens inerentes à contratação de um jardineiro em Vila Nova de Gaia?

Tempo: fazer a manutenção de um espaço exterior é mais difícil do que parece. Até um jardim pequeno pode obrigar a que se passem horas ao ar livre, a cuidar de cada detalhe. A contratação de um jardineiro liberta-o dessa responsabilidade e permite-lhe desfrutar do espaço, sem ter que se preocupar com tudo o resto.

Trabalho especializado: a poda incorrecta de uma árvore ou de um arbusto pode causar-lhe danos irreparáveis. Sabia? Ora, se um profissional tomar conta do seu jardim, previnem-se erros crassos e o potencial da vegetação será exponenciado.

Conhecimento e experiência: é aborrecido ver as plantas de que gostamos a murchar, sem que percebamos o que estamos a fazer mal. Por vezes, o problema pode ter apenas a ver com o tipo de solo ou com o posicionamento das mesmas em relação ao sol. Os jardineiros conhecem as plantas e sabem do que é que elas precisam, pelo que perceberão, de imediato, quais poderão ser as causas para elas não vingarem. Ao mesmo tempo, se o cliente se interessar por jardinagem, pode ir anotando as dicas do jardineiro para, mais tarde, conseguir fazer a manutenção – ou parte dela – sozinho.

Manuseio de ferramentas e de equipamentos: os jardineiros ou as empresas de jardinagem têm as ferramentas, os equipamentos e a tecnologia necessárias para tratar do jardim, conferindo-lhe um aspecto mais profissional. Assim, não precisa de os comprar e, muito menos, de aprender a manuseá-los.

Valorização da propriedade: uma casa, por mais bonita que seja, perde valor se não tiver o espaço exterior tratado. A imagem de um jardim desleixado acabará por se sobrepor à beleza da casa e por influenciar, negativamente, a opinião que formamos sobre ela. Quando olhamos para uma casa, olhamos para o conjunto e, dificilmente, conseguimos dissociar o edifício da envolvente. O jardineiro têm a habilidade e a criatividade para criar um entorno agradável e que favoreça a casa. 

6. Quanto custa contratar um jardineiro em Vila Nova de Gaia?

Quem tem um jardim, deve cuidá-lo ao longo de todo o ano e não apenas quando se aproximam os dias mais quentes. Um cuidado de manutenção contínuo passará pelo tratamento do relvado e de plantas, arbustos ou hortícolas. 

Em Portugal, o custo aproximado para um serviço de jardinagem anda à volta dos 15€ por hora, podendo oscilar entre os 7€ e os 30€ por hora. O preço depende de vários factores, como a dimensão do jardim, o tipo de trabalho pedido, a reputação e a qualificação da equipa de jardinagem, a certificação da empresa, entre outros.

7. Como encontrar um jardineiro em Vila de Nova de Gaia?

Se procura um jardineiro em Vila Nova de Gaia, pode começar a sua pesquisa aqui mesmo pela homify. No nosso site, estão registados jardineiros e empresas de jardinagem de vários pontos do país. Aceda aos álbuns para conhecer os projectos de cada profissional e tire os contactos que lhe interessarem.

Para além da homify, recorra às redes sociais para o efeito. Quase todas as empresas têm páginas no Facebook e/ou no Instagram. Se procurar pelas palavras-chave – jardineiros + Vila Nova de Gaia – depressa lhe aparecerão resultados. Pode, ainda, fazer uma publicação a pedir referências. Na sua rede de contactos, é provável que haja alguém que já tenha recorrido a este serviço.

Em Portugal, há inúmeras revistas de jardinagem onde pode encontrar projectos de excelência com os nomes das empresas que os concretizaram, associados. Compre algumas destas revistas e marque as páginas com as fotografias que mais o chamarem a atenção. Pode chegar aos profissionais através das imagens ou guardá-las para construir um moodboard.

Pesquisar imagens relacionadas