Jardineiros - Sintra: Encontre os profissionais ideais | homify

2 Jardineiros em Sintra

Sintra e os seus jardins encantados

Abordar a temática de jardinagem é quase inevitável, não fosse a cidade de Sintra, um dos lugares mais encantados e mágicos de Portugal. Entre os montes verdes, os parques naturais e as paisagens dignas de um postal, viver em Sintra é como estar na artéria do coração da natureza.

Os sintrenses sabem perfeitamente da importância de ter um jardim imponente, bem cuidado e atrativo. Por isso, só nos resta perguntar: espelho meu, espelho meu, diz-me quem tem um jardim mais belo do que o meu?. Caso não tenha sido o seu, então está mesmo na hora de contratar um jardineiro. Apresse-se e tenha o jardim mais belo de todos!

Por que razões deve confiar o seu jardim a um jardineiro?

Por vezes, quando se fala em contratar um profissional, torcemos o nariz. Ficamos na dúvida e analisamos todas as questões. Claro que maturar uma ideia é importante, porque não nos devemos deixar levar por tudo o que nos passa pela cabeça. 

No entanto, um profissional qualificado que trate do nosso jardim, pode ser uma boa opção. Contratar um jardineiro pode ser muito vantajoso, em termos de eficiência de trabalho, rapidez e em termos monetários, já que não precisa de adquirir certas ferramentas. Além disso, obterá um resultado mais harmonioso e bonito. 

Contratar um jardineiro não é tão caro como parece e não é destinado apenas à classe social alta. É um mito.

Por outro lado, na hora de vender a sua casa, os jardineiros podem ser uma preciosa ajuda, já que poderão valorizar o seu bem imobiliário.

Se precisar de uma limpeza de primavera, como é o caso da limpeza da queda de folhas, o planeamento do ano, etc., deve recorrer a um jardineiro. Este denota experiência e conhecimentos para apresentar-lhe as melhores soluções para plantas, árvores ou flores, particularmente para a zona de Sintra. 

Além disso, ao contratar um jardineiro evitam-se erros desnecessários, como adquirir plantas que não se dão bem com o clima e a região de Sintra, ou que sejam tóxicas para crianças e animais.

Os jardineiros registados na homify conhecem a flora de uma ponta à outra, por isso saberão prevenir infestações de insetos e transmitir-lhe-ão os melhores conselhos para cuidar das suas plantas. 

Finalmente, contratar um jardineiro é poupar algum desgaste físico. Embora a jardinagem seja muitas vezes associada a um tempo de relaxe, a verdade é que este trabalho é muito pesado e fisicamente exigente, para não dizer cansativo. É necessário agachar-se várias vezes, dobrar-se em ângulos irregulares, carregar vários tipos de objetos e fazer movimentos repetidos com os braços.

Enfim, como vê, há mil razões para contratar um jardineiro. É só procurar o profissional certo e deixar-se levar…

Que cuidados deve ter antes de contratar um jardineiro?

Independentemente do profissional que contratarmos para a nossa casa, devemos ter alguma cautela, não só porque deixamos alguém entrar dentro dos nossos espaços, mas também porque lhe confiamos um trabalho que põe em causa a nossa casa e o nosso bem-estar. Deste modo, a contratação de um jardineiro não deve ser feita de ânimo leve. É importante analisar todos os prós e os contras. Assim, devemos ter em conta os seguintes cuidados: 

 

A experiência: esta questão é um pouco ambígua. Claro que, contratar um jardineiro experiente é, geralmente, apostar pelo seguro. Habitualmente, obtém-se também uma resposta mais rápida. Mas ao mesmo tempo, devemos dar oportunidade aos jardineiros iniciantes para potenciar o desenvolvimento das suas carreiras. Até porque os profissionais em fase inicial de carreira, tendem a ser mais meticulosos e perfecionistas. Além disso, podem propor um orçamento mais apelativo. 

Orçamento: impossível não falarmos da questão orçamental, já que é um dos pontos determinantes para a escolha do profissional. Embora não devamos fazer desta questão a principal. Em ambos os casos, os valores propostos pelos jardineiros terão em conta o volume do trabalho que requereu, o tamanho do jardim, os materiais necessários, o número de horas necessárias, etc. Também poderá celebrar um contrato por um número fixo de horas de trabalho ou por um tempo indeterminado, em que terá um jardineiro todas as semanas ou todos os meses, a cuidar do seu jardim. 

Procure sempre três ou quatro profissionais diferentes, para ter um termo de comparação dos valores, da qualidade do trabalho e da empatia que houve após o primeiro contacto.

As questões: durante a reunião com o jardineiro, deverá colocar-lhe algumas questões. Estas questões não só ajudarão o profissional a perceber os seus objetivos, como também poderá obter alguma informação sobre a qualidade do seu trabalho. Pergunte-lhe por exemplo: o tempo que demora a executar o trabalho X ou Y? Se tem o seu próprio material? Se tem seguro de trabalho? Qual é a sua disponibilidade? Se trabalha sozinho ou com outros jardineiros? Como é feita a recolha do lixo? Entre outras questões. 

Referências: pergunte, diretamente, ao jardineiro se tem algumas referências ou fotografias que lhe possa mostrar. Um profissional que não teme é normalmente um bom sinal, pois quem não tem nada a esconder, mostrará tudo orgulhosamente.  

Empatia: é importante deixar-se levar pelo seu sexto sentido, isto é, a sua intuição. Sabemos que não temos empatia com toda a gente, por isso, se o jardineiro que contactar não lhe transmitir confiança, não deverá avançar com ele.

Contrato: deve ler e analisar corretamente o contrato. Verifique todas as questões, nomeadamente a parte do seguro, que deve abranger possíveis acidentes de trabalho, caso contrário, será obrigado a assumir a responsabilidade de eventuais acidentes. 

Quanto custa contratar um jardineiro em Sintra?

Como sabe, os valores dependerão do tipo de trabalho a executar, da duração e da experiência do jardineiro. Além disso, a região onde se insere interfere nos preços. Geralmente, as áreas de Lisboa e Sintra tendem a ser mais caras. Mas nada como pedir vários orçamentos para averiguar tudo isso. 

Para que tenha uma ideia, os jardineiros costumam cobrar em média 15€ por hora, mas é possível que gaste entre 7€ e 30€. O valor dependerá dos detalhes do projeto, da formação do jardineiro e da área onde se insere.

Se pretender que o jardineiro adquira os materiais, as plantas, árvores, relva e itens decorativos, o preço aumentará. De facto, tudo faz variar o orçamento, por isso, é importante deixar tudo o mais claro e detalhado possível. 

Onde pode recorrer a um jardineiro qualificado em Sintra?

Se nos está a ler é porque chegou à plataforma da homify! Através desta página,  poderá ter acesso aos mais diversos profissionais da área da casa. Para tal, deve selecionar o separador que diz profissionais e filtrar a sua pesquisa pela categoria que deseja, neste caso a categoria é jardineiros. Na homify, tem a hipótese de colocar o seu código postal, de forma a obter os especialistas mais perto de si, evitando custos extra de deslocação. 

Cada profissional partilha vários projetos concretizados, de modo a inspirá-lo e expor o tipo de trabalhos que executa. Além disso, na nossa plataforma tem acesso aos contactos e feedback de outros clientes. 

Assim, sem grandes dificuldades e receios, pode encontrar a equipa de jardinagem mais apropriada para a sua casa. 

Claro que pode continuar a sua pesquisa pelo mundo digital, através do Google ou das suas redes sociais. Peça recomendações aos seus amigos, a partir do Facebook ou Instagram. Um meio fácil e seguro para obter informações. 

Finalmente, a Câmara Municipal de Sintra poderá facultar-lhe os contactos dos jardineiros registados na cidade.  

De que outros especialistas poderá precisar para a sua casa em Sintra?

Quem se dedica realmente à sua casa, nunca fica totalmente satisfeito. Há sempre algo para fazer ou para mudar. É um verdadeiro ciclo vicioso. Por isso, há que ter, prontamente, uma lista de contactos de vários profissionais, para ligar sempre que seja necessário. 

Recomendamos, por exemplo, as seguintes especialidades: 

Arquiteto paisagista – se estiver cansado do aspeto do seu jardim e quiser dar-lhe uma nova imagem, não hesite em fazer um apelo a este profissional. Graças a um plano à medida, elaborado por este arquiteto e com a ajuda posterior de um jardineiro, poderá ter o jardim com que sempre sonhou;

Eletricista – este é o contacto que devemos ter sempre na agenda. Ora é a máquina de lavar a roupa que avaria, o frigorífico, ou o quadro elétrico que não funciona corretamente. Além disso, o eletricista pode ser muito útil no seu jardim, para colocar vários pontos de iluminação;

Designer de interiores – embora o nome nos leve, habitualmente, para os espaços internos da nossa casa, o designer de interiores pode perfeitamente atuar na decoração de um jardim. Um profissional polivalente e muito importante para o nosso conforto;


Colocador de piso – está a pensar colocar um pavimento no seu jardim? Como cerâmica ou um deck de madeira? Então não hesite em contactar este profissional, que dará um upgrade ao seu jardim!

Pesquisar imagens relacionadas