Jardineiros - Oeiras: Encontre os melhores profissionais | homify

3 Jardineiros em Oeiras

Área servida

Oeiras – a preferida de investidores e moradores

Oeiras é uma das cidades mais atraentes da Área Metropolitana de Lisboa. Apesar de ser um dos municípios mais densamente povoados, é uma zona acolhedora e familiar, com uma boa qualidade de vida, que atrai moradores e empresas tão grandes como a Google e a Amazon.

Viver em Oeiras é juntar o melhor de dois mundos, unindo uma vida calma, numa cidade com muitas condições para os seus moradores, à agitação de Lisboa, através de uma boa rede de transportes públicos.

É no concelho de Oeiras, no TagusPark, que fica o famoso Instituto Superior Técnico e, por isso, a região é também morada para muitos estudantes dessa instituição, o que por vezes ajuda a subir os preços do arrendamento.

No que respeita ao paisagismo, Oeiras tem apostado fortemente na criação de zonas verdes, pondo à disposição dos moradores vários parques, como o Parque dos Poetas, a quinta do Marquês de Pombal ou o Centro Desportivo Nacional do Jamor.

Oeiras não tem só prédios, encontrando-se também vários bairros de moradias com jardins. 

Se tem uma moradia, com espaço exterior e pretende valorizá-la com um bonito jardim, veio ter ao site certo. Aqui encontra muitas fotos inspiradoras e contactos de profissionais para pôr tudo em prática. Mas, antes de continuar a sua pesquisa, descubra algumas coisas interessantes acerca de jardineiros e sobre a melhor forma de encontrar o profissional certo para si.

Jardineiros – paixão com técnica

Ser jardineiro é ser o responsável pela manutenção dos espaços exteriores ajardinados, sejam habitacionais, comerciais, industriais ou públicos. É ser apaixonado por plantas e pelo trabalho manual, dar o seu melhor e ter um forte sentido estético (para escolher a composição certa de flores para os canteiros, por exemplo).

Apesar de ser muitas vezes menosprezada, esta é uma profissão muito antiga (remonta ao Antigo Egipto) e importante, destinada a melhorar as nossas vidas, rodeando-as de mais beleza e bem-estar.

Relação da jardinagem com o paisagismo

Por vezes, surge alguma confusão entre paisagismo e jardinagem, fruto das várias facetas que têm em comum. No entanto, é importante distinguir entre ambos.

Chamamos paisagismo às tarefas desempenhadas pelos arquitectos paisagísticos, na criação de projectos de exteriores, que englobam tudo que interfere na paisagem externa dos edifícios e dos espaços não construídos, incluindo as áreas de circulação, as áreas de lazer, as áreas funcionais, as áreas ajardinadas, entre outras. 

Isto significa que a jardinagem é uma ferramenta do paisagismo, para criar a paisagem perfeita. Enquanto a jardinagem se limita às áreas plantadas do projecto, o paisagismo pode utilizar e distribuir uma grande variedade de elementos construtivos, como muros, escadas, pavimentos, pérgolas e alpendres, churrasqueiras, lareiras de exterior, entre muitos outros.

Por vezes, o jardineiro pode assumir as funções de paisagista, mas apenas em projectos pouco complexos.

Os jardineiros precisam de formação?

Não é uma obrigatoriedade, mas é de certeza uma mais-valia. A formação dota os profissionais de muitos conhecimentos valiosos nas áreas de agricultura, composição dos solos, clima, fisiologia e manutenção de plantas, entre outros. Mas além das matérias relacionadas com o trabalho no terreno, os cursos ministram também formação em gestão básica e em informática, o que permite aos profissionais e a pequenas empresas prestarem um serviço mais eficaz.

Tarefas básicas desempenhadas pelos jardineiros segundo a época do ano

Primavera:

  • Arrancar e remover ervas daninhas;
  • Cortar a relva e outras gramíneas ornamentais;
  • Fazer os tratamentos contra possíveis pragas e doenças de plantas, árvores, arbustos e relva;
  • Proceder à fertilização do solo para plantas, árvores, arbustos e gramíneas;
  • Plantar novas plantas, bolbos sazonais, entre outras;
  • Poda de plantas, árvores frutíferas e sebes;
  • Programar o sistema de rega, de acordo com a frequência da chuva e as temperaturas.

Verão:

  • Continuar a monda de ervas daninhas;
  • Continuar com o corte de relva, que pode ser um pouco mais espaçado em função do clima;
  • Focar a atenção no aparecimento de pragas e doenças. Fazer os respectivos tratamentos, em caso de aparecimento;
  • Continuar a fertilizar o solo, em função das necessidades das espécies plantadas;
  • Supervisão e aumento da frequência de irrigação.

Outono e Inverno:

  • Fertilizar as plantas, árvores, arbustos e relva para as preparar para o tempo mais frio;
  • Limpar as folhas caídas e as ervas daninhas;
  • Reduzir o tempo e a frequência de irrigação, ou mesmo interrompê-la;
  • Proceder à poda sazonal de plantas, árvores ornamentais e árvores frutíferas.

Que passos devo dar para escolher um jardineiro em Oeiras?

  1. Faça uma pesquisa cuidada, começando pela busca de profissionais que apresentem trabalhos com as características que pretende;
  2. Seleccione as empresas que lhe parecerem mais adequadas;
  3. Peça orçamentos. Sempre mais do que um e, de preferência, três, para ter bons termos de comparação;
  4. Escolha os orçamentos, tendo em conta a totalidade dos serviços propostos e não apenas o preço final. Lembre-se de que o barato às vezes sai caro, e os bons trabalhos devem ser minimamente bem pagos;
  5. Faça sempre contrato, para deixar tudo bem claro. Inclua uma cláusula de cumprimento dos requisitos de segurança e higiene do trabalho, que nestes trabalhos são essenciais e obrigatórios;
  6. Depois de escolher a empresa e do serviço ser iniciado, faça um follow-up das tarefas, para verificar o cumprimento das cláusulas estabelecidas.

Porquê contratar um jardineiro na zona de Oeiras?

Se a sua casa com jardim fica em Oeiras, tem vantagem em contratar uma empresa da região. Uma empresa de longe terá mais custos com o transporte de pessoas, plantas e equipamentos, podendo aumentar preço final. 

Por outro lado, estará a desenvolver a economia da região, o que poderá até valorizar a sua casa no futuro.

Mas, a sua busca não precisa de se limitar à cidade ou arredores. Os bons acessos permitem expandir a sua procura para as cidades vizinhas, sem aumentar significativamente o preço. No entanto, possivelmente, encontrará preços um pouco mais altos em Lisboa.

Quanto custa contratar um jardineiro em Oeiras?

Neste ponto, não há respostas certas. Num mercado tão competitivo como o actual, pode encontrar preços bastante discrepantes entre empresas. E ainda deve considerar as particularidades do seu projecto, que podem contribuir para o aumento dos preços. 

Se contratar um jardineiro à hora, prepare-se para pagar à volta de 16 Euros por hora. Este valor pode ser negociado se for um trabalho de continuidade, por exemplo.