Jardineiros - Lisboa: Encontre os melhores profissionais | homify

3 Jardineiros em Lisboa

Área servida

Lisboa – um belo quadro verde

Do jardim da Estrela a Monsanto, não faltam espaços verdes, em Lisboa. Há espaços verdes, de lazer para crianças, mas também belos jardins botânicos, como o Museu Nacional de História Natural e da Ciência ou o da Ajuda. 

Lisboa é, sem dúvida, um belo quadro verde que queremos preservar e enaltecer ainda mais. Mas, para tal, há que cuidar dos nossos jardins. Cada indivíduo deve preservar e adaptar o seu exterior da melhor maneira possível. Se não tiver tempo, nem jeito ou paciência, tem sempre um profissional especializado a quem recorrer. Falamos nada mais, nada menos dos jardineiros.

Como ter um jardim bonito em Lisboa?

Para criar um jardim bonito e apelativo, é necessário traçar um plano, o tal projeto embrionário, onde define também o orçamento que quer gastar. Provavelmente, para esta fase precisará também de um arquiteto paisagista. Há vários fatores a ter em conta. É um investimento que será benéfico, uma vez que terá o exterior, o interior e as linhas arquitetónicas da habitação em comunhão. 

Antes e durante a conceção deste projeto, é de grande importância procurar fontes de inspiração, para que possa tomar conhecimento do que existe, de como o quer planear e de tantas outras ideias, que surgirão ao descobrir o seu estado-da-arte. Na nossa plataforma homify, pode encontrar toda esta informação: livros de ideias, produtos, dicas, sugestões e jardineiros ou arquitetos paisagistas. Um verdadeiro ponto de partida para iniciar este tão grande projeto. 

Quando deve contratar um jardineiro?

Por mais cuidados que tenhamos com o nosso jardim, há sempre um momento em que precisamos de procurar um profissional para nos ajudar, tal como acontece com as limpezas da nossa casa, na altura da primavera. 

Um jardineiro é bastante polivalente e habilitado a executar diversas tarefas num jardim, como por exemplo:  regar, plantar, semear, podar e aparar arbustos, árvores e plantas, cortar a relva, cuidar das plantas, etc. Estes trabalhos podem ser realizados algumas vezes por ano e em determinados momentos da época, mediante as suas necessidades e tipo de jardim ou horta.

Mas, claro que o trabalho de um jardineiro também passa por propor soluções adequadas ao seu jardim, por exemplo, a melhor combinação de plantas, o uso de certos elementos decorativos, reaproveitamento de elementos já existentes, entre outras. 

Enfim, o melhor será mesmo contratar um jardineiro para ter um jardim surpreendente e à medida das suas expetativas.

Que plantas se adaptam melhor em Lisboa?

Lisboa é uma das cidades europeias com o clima mais ameno. A sua latitude a sul confere-lhe temperaturas semelhantes às dos países mediterrânicos. Neste sentido, permite uma coexistência de diversas espécies botânicas exóticas e autóctones.

Esta diversidade botânica, não só tem um grande impacto visual e estético, como também um grande conforto bioclimático, excelente para o desenvolvimento da flora e para o incremento da biodiversidade, como na estrutura ecológica urbana. Lisboa fica assim uma cidade mais verde, mais bonita e sobretudo mais sustentável. 

Como lisboeta pode pensar em plantas e árvores que se dão bem na região, como por exemplo: Árvore-da-borracha-australiana, Ginkgo biloba, Jacarandá, Tipuana ou Palmeira-das-vassouras. Claro que, pode acrescentar roseiras, hortênsias, camélias, tulipas, narcisos ou até ervas aromáticas. Tenha sempre em conta as épocas corretas para as plantar. Com certeza que o seu jardineiro orientá-lo-á da melhor maneira. 

Onde encontrar um jardineiro em Lisboa?

É comum deixarmo-nos levar pelo primeiro contato que fazemos, mas devemos evitar cometer este erro. É importante procurarmos entre 3 a 4 jardineiros, de modo a obtermos opiniões diferentes e ter outros orçamentos, para poder compará-los eficientemente.  

Existem várias ferramentas à sua disposição e que facilitam imenso a sua pesquisa, em todos os sentidos do termo. 

Pode começar por usar a plataforma da homify, que veio facilitar imenso as nossas vidas. Basta um clique para obtermos uma série de informações. Através da homify tem contacto direto e rápido com os profissionais. Tem acesso a morada, números de telefone/telemóvel e email. Não se esqueça de filtrar a categoria profissional de jardineiros e inserir o seu código postal, de modo a obter os especialistas mais próximos da sua casa. Através da homify, pode ainda verificar os trabalhos já concretizados e obter o feedback de antigos clientes. 

Deve sempre continuar a sua pesquisa, contactando os seus familiares ou amigos próximos que, eventualmente, já tenham recorrido a um serviço de jardinagem. Sem dúvida que é uma forma rápida e segura de obter informação. Até pode fazê-lo através das suas redes sociais, Facebook, Instagram, LinkedIn… . Rapidamente a mensagem é partilhada pelos amigos dos amigos. 

Depois disso, precisa de fazer uma seleção dos melhores candidatos, contactar os profissionais, pedir informações e agendar uma reunião, na qual serão definidos todos os detalhes do trabalho a executar. No fim, escolha aquele que mais lhe inspirou confiança.

Quanto custa um serviço de jardinagem em Lisboa?

Os valores de um trabalho de jardinagem irão depender de imensos fatores, como do tipo de trabalho a realizar e do tempo que é necessário. Além disso, uma empresa ou um profissional independente poderão apresentar um orçamento diferente para um trabalho similar. Seja qual for a sua decisão, deve sempre celebrar um contrato de trabalho, de modo a resguardar-se, assegurar-se e pagar o IVA ao Estado. 

De forma a ter uma ideia dos custos de um jardineiro, reunimos alguns valores. O serviço de jardinagem é, habitualmente, 15€ por hora, embora seja possível que gaste entre 7€ e 30€ por hora. Como sabe, o custo de vida em Lisboa é mais elevado do que em outras cidades do país, por isso, é provável que os preços fornecidos pelos jardineiros da zona de Lisboa sejam um pouco mais dispendiosos. Neste sentido, pode alargar a sua pesquisa a outras cidades, como Oeiras, Almada, Amadora, entre outras, de forma a ter um melhor termo de comparação.

Ressalvamos, uma vez mais, que o preço varia conforme os detalhes do projeto e do nível de formação e experiência do jardineiro ou da equipa de jardinagem.

Que outros serviços podem complementar a jardinagem?

Já vimos que o jardineiro pode ser uma ajuda fulcral para cuidar e tratar do seu jardim, dispensando assim eventuais preocupações. Mas há outros profissionais que são indispensáveis no projeto do seu jardim.

Colocador de piso – recomendado para colocar uma bonita cerâmica, pedras ou um deck de madeira, de forma a criar um espaço mais confortável. 

Pintor – ideal para pintar as fachadas ou os muros que cercam a casa. Sabemos, por exemplo, que as plantas e a água danificam a cor da pintura, ao longo do tempo. 

Arquiteto paisagista – se procurar planear e projetar o jardim, de acordo com as características da habitação e mediante os seus gostos, deverá procurar este profissional.

Eletricista – o jardim também necessita de um bom projeto luminotécnico, tanto por questões estéticas, como de segurança. 

Especialista em piscina – se quiser instalar uma piscina no seu jardim, deverá contratar um profissional da área para um resultado perfeito, seguro e sem problemas.