492 Jardineiros

Área servida

Jardim, para que te quero?

Um jardim é um espaço muito especial, situado no seio de uma habitação. Este espaço preserva o contacto com a natureza e todo o meio ambiente. Além do mais, permite embelezar toda a arquitetura de uma casa, valorizando-a imenso. Tudo fica mais harmonioso e todas as linhas arquitetónicas sobressaem, devidamente.

Neste sentido, é fulcral valorizar e empenhar-se na jardinagem, de modo a desfrutar do seu jardim, ao longo de todo o ano. Tal como sucede com o interior da nossa casa, quanto mais apelativo e organizado for o jardim, melhor nos sentiremos. 

De facto, não conseguimos ter um bom projeto de jardinagem do pé para a mão. Há que despender tempo e também algum dinheiro. Para agilizar todo o processo, recomendamos sempre a contratação de um profissional competente, que cuida do seu jardim como ninguém. É o caso dos jardineiros

O que esperar de um jardineiro?

Depois do inverno, o trabalho que nos espera no jardim é titanesco! Assim, passamos horas, folgas e fins de semana a cuidar do nosso espaço exterior, perdendo este precioso tempo que seria útil para outras tarefas e atividades de lazer. Além de que o trabalho não ficará tão bem realizado, como aquele efetuado por um profissional especializado em jardinagem. 

O jardineiro executa a sua profissão, inspirada pela sua paixão, com os seus devidos atributos e experiência. 

O trabalho de um jardineiro pauta-se nos seguintes critérios: 

  • semear plantas ou flores, podar arbustos, cortar árvores e relva, bem como cuidar do crescimento de flores e plantas;
  • diagnosticar as pragas das plantas e procurar cuidar delas;
  • regar e nutrir plantas e flores, de acordo com o tipo e exigência;
  • aconselhar sobre a melhor altura e técnica para plantar ou semear, bem como sobre os cuidados a ter;
  • tratar das limpezas do jardim (remover folhas, mexer a terra, limpar os canteiros, etc.);
  • tratar de hortas caseiras ou de negócios de horticultura;
  • colaborar com o arquiteto paisagista, partilhando ideias e sugestões sobre aspetos mais técnicos e práticos;
  • executar tarefas de bricolage no jardim (colocar redes ou cercas; criar uma pequena estufa; etc.);
  • responder às necessidades e exigências dos clientes, de acordo com as suas especificidades e qualificações.

Além disso, o jardineiro tem as suas próprias ferramentas (tesouras de podar, corta-relva, regador, ancinho, entre outros), o que lhe fará poupar algum dinheiro, já que não precisará de comprá-las e mantê-las para a execução das suas tarefas.

Quais são as diferenças entre um jardineiro e um arquiteto paisagista?

Embora o objetivo final entre ambas as profissões seja o mesmo: embelezar um espaço exterior, as funções de um arquiteto paisagista e de um jardineiro diferem, na sua essência. Basicamente, o jardineiro põe em prática o que foi idealizado e planeado pelo arquiteto paisagista. 

O arquiteto paisagista, para exercer a profissão e poder assinar projetos, precisa de um curso universitário (licenciatura + mestrado). Este pode colaborar com construtores, arquitetos ou empreiteiros, uma vez que os seus conhecimentos interligam-se ao projeto arquitetónico de uma habitação.  

O jardineiro terá de ter uma formação, dada, por exemplo, pelo IEFP ou um curso de Educação e Formação (CEF). Estes cursos são uma oportunidade para concluir a escolaridade obrigatória, obter uma formação especializada e entrar de uma forma qualificada no mundo do trabalho. Estas formações darão os conhecimentos e as ferramentas necessárias para o profissional tornar-se um excelente operador de jardinagem.

Onde encontrar um jardineiro?

Hoje em dia, tem acesso a uma das ferramentas mais poderosas do mundo – a Internet – a partir de um telemóvel, tablet, portátil ou computador. 

Praticamente todas as empresas ou profissionais por conta própria, possuem uma página na Internet. Nessa página, poderá encontrar uma série de detalhes do seu negócio, bem como os respetivos contactos. 

Não se esqueça de procurar os jardineiros na nossa página, homify. Aqui, encontrará o profissional certo para ter aquele jardim com que sempre sonhou, sem ter nenhum trabalho.

O que precisa de saber antes de contratar um jardineiro?

Antes de contratar o jardineiro que realizará os trabalhos na sua casa, deve ter em conta alguns aspetos. Passamos a referenciá-los:

A experiência: quando estiver à procura de um jardineiro, um dos requisitos mais  importantes é a sua experiência. Porém, não queremos dizer com isso que se contratar um profissional com menos experiência, não terá um bom projeto. Bem pelo contrário! O profissional com menos experiência poderá demonstrar um grande empenho e ser bastante esforçado. Devemos ter todos a oportunidade de começar. Além disso, um jardineiro em início de carreira poderá apresentar-lhe preços mais competitivos;

Portfólio/trabalhos realizados: de modo a ter certeza que está a contratar um bom profissional, recomendamos que peça para ver alguns trabalhos realizados, sejam algumas fotografias ou um registo do tipo portfólio. Hoje em dia, os profissionais registam sempre os seus trabalhos com fotografias, pois sabem bem da importância que isso tem para os seus clientes. Assim, se estiver satisfeito com os trabalhos executados pelo jardineiro, irá com certeza favorecer a sua eleição. Note que, um profissional seguro do seu trabalho, não tem nada a temer e partilhará imediatamente consigo toda a informação que necessita, sem qualquer tipo de rodeios;

Referências: tente obter algum tipo de informação acerca dos jardineiros que está a pensar contratar. Pode obter informação a partir de antigos clientes ou em fóruns de discussão que encontrará online. Tente averiguar alguns pontos importantes, como a qualidade do trabalho, o empenho, a confiança ou ainda a pontualidade. Ao pesquisar o contacto na homify, poderá ler avaliações que o profissional apresenta, referentes a trabalhos anteriores, o que facilita imenso este passo;

Questões que deve colocar: na reunião que tiver com os jardineiros que pensa contratar, deve fazer algumas perguntas pertinentes, de modo a perceber o tipo de trabalho que este lhe irá proporcionar. Por exemplo: se trata de ervas daninhas? Quanto tempo demora a realizar este ou aquele trabalho? Se aplica adubos? Qual é o método de corte da relva? Se controla as pragas? Se o pagamento é por hora de trabalho ou por visita? Qual é a melhor altura para plantar árvores e flores? Em que área é especializado? Se tem seguro de trabalho? Qual é a disponibilidade? Se trabalha sozinho ou com uma equipa? Entre outras questões que achar pertinentes;

Seguro: antes de contratarmos qualquer profissional, devemos sempre averiguar se detém um contrato com uma seguradora. Caso contrário, terá que se responsabilizar por danos ou acidentes causados;

Empatia: deixemo-nos de rodeios… A empatia que o profissional nos irá transmitir na primeira reunião é fundamental para a nossa escolha. Como vê, não é apenas a questão do preço, mas sim a confiança que nos passou, pois sem essa confiança não é possível estabelecer um bom elo de ligação. O jardineiro deve ter uma postura profissional, ou seja, que denota segurança, know-how, capacidade de entendimento, criatividade, responsabilidade e que seja simpático. O jardineiro deve perceber, rapidamente, o que nos vai na alma. Para ter um termo de comparação, deve sempre procurar agendar uma reunião com 3 a 4 jardineiros com quem sinta empatia e pedir-lhes um orçamento;

Contrato: como qualquer outro serviço profissional, deve existir um contrato de trabalho. Este deve conter uma descrição clara do serviço que irá ser realizado, o tempo e os valores acordados. Este documento é uma salvaguarda para si, pois irá protegê-lo caso algo não esteja como estipulado. 

De que outros profissionais poderá precisar para complementar o trabalho de jardinagem?

Se precisar de criar um jardim de raíz, poderá ter de recorrer a um arquiteto paisagista. Um eletricista também lhe poderá ser útil, para o planeamento do projeto luminotécnico do seu jardim. 

Se tiver espaço no seu jardim, não hesite em planear uma bela piscina, para uns deliciosos mergulhos no verão. Para tal, deve contratar um especialista em piscinas. 

Já sabe, pode encontrar estes profissionais e outros na página da homify