Eletricistas - Cascais: Encontre os melhores profissionais | homify

4 Eletricistas em Cascais

Área servida

Electricistas – Cascais

Cascais pertence ao distrito e à Área Metropolitana de Lisboa. Situada junto à costa, a vila suscitou o interesse da antiga nobreza portuguesa que, por volta do século XIX, começou a construir casas senhoriais para passar o Verão. 

Cascais tem um património rico. Quando pensamos na vila, é inevitável lembrarmo-nos dos fortes que se erguem entre a praia do Abano e de São Julião da Barra, no Palácio dos Duques, nas várias igrejas e capelas e, claro está, nas casas nobres de que acima lhe falámos e que marcam, ainda hoje, a luxuosa paisagem do local.

Cascais sobressai, entre os demais concelhos da Grande Lisboa, pelo facto do sector terciário representar 82% da actividade económica. A vila tem, também, vindo a crescer no que toca ao número de áreas de alojamento e de restauração. Este crescimento deve-se, essencialmente, ao facto do município atrair muitos turistas. 

 

A autarquia de Cascais tem vindo a apostar nas energias renováveis e abraçou o compromisso de reduzir, em cerca de 10%, o consumo de energia no concelho.

 

Se procura um electricista em Cascais, então não deixe de ler, primeiro, as nossas recomendações.

1. Qual é a função dos electricistas?

Em linhas gerais, os electricistas são os responsáveis pela instalação de sistemas eléctricos em casas particulares e em espaços públicos, comerciais ou industriais. Estes profissionais também instalam e mantêm maquinaria e equipamentos eléctricos em fábricas e empresas. Há electricistas que se focam mais na instalação e na manutenção de sistemas eléctricos e outros que se especializam na manutenção, na actualização e na reparação dos mesmos.

 

Por norma, os electricistas começam o trabalho pela leitura de representações gráficas e de diagramas que mostram onde devem ser colocados os circuitos, as tomadas, os electrodomésticos, e assim por diante. Para trabalhar, utilizam ferramentas específicas como medidores de corrente, alicates isolados, amperímetros, entre outros. Estas ferramentas devem ser manuseadas por quem sabe, sob pena de serem perigosas. Trabalhar com electricidade é, aliás, uma profissão com riscos que requer conhecimentos de base sólidos e treino.

 

Os electricistas que se dedicam à manutenção, consertam e substituem alguns equipamentos quando estes avariam. Este trabalho deve ser feito com rapidez, para minorar a chatice que as avarias causam. No entanto, para evitar estes inconvenientes, os electricistas podem ser chamados para inspeccionar as instalações e os equipamentos. Neste caso, se detectarem alguma anomalia, intervêm de imediato, conseguindo prevenir a tempo uma eventual avaria. Nas casas com instalações eléctricas antigas, a inspecção e a manutenção são particularmente importantes.

 

2. Qual é a diferença entre um electricista e um engenheiro eléctrico?

Decoradores e designers de interiores, carpinteiros e marceneiros, engenheiros eléctricos e electricistas: há profissões que se tocam em alguns pontos, o que leva a que haja confusões. Dissipar as dúvidas é importante para que saibamos exactamente quem devemos contratar para cada tarefa, sendo que, neste caso, um engenheiro eléctrico e um electricista podem trabalhar em conjunto.

 

Mas o que faz, efectivamente, cada um?

 

Engenheiro eléctrico: um engenheiro eléctrico tem um entendimento profundo sobre os conceitos teóricos que usa para resolver problemas relativos ao design e à operacionalização de um sistema eléctrico. O engenheiro abraça projectos de grande dimensão, que integram complexos sistemas de instalação eléctrica. No fundo, ele conhece os princípios que estão por detrás de uma instalação eléctrica e tem formação superior nesse sentido. É, por conseguinte, mais bem pago.

 

Electricistas: os electricistas podem desenhar sistemas e ter noções teóricas, mas não tão profundas e abrangentes como as dos engenheiros. Os sistemas que desenham são, regra geral, para contextos mais pequenos, como casas particulares ou pequenas lojas. A sabedoria dos electricistas é, portanto, mais prática do que teórica. No entanto, os electricistas devem estar preparados para saber ler as plantas feitas pelos engenheiros eléctricos. Os electricistas podem – e devem – fazer cursos técnicos e assumem o estatuto de aprendizes durante cerca de quatro ou cinco anos, até chegarem a electricistas mestre ou electricistas chefe.

 

Em poucas palavras: o engenheiro desenha e o electricista executa.

 

3. Cinco vantagens de contratar um electricista

Se calhar, tem alguns conhecimentos na área e até já viu vídeos no YouTube, que lhe permitem fazer uma ou outra reparação aí por casa. Não há mal nenhum nisso, desde que se sinta habilitado para tal e que trabalhe com segurança. Além do mais, conseguirá poupar algum dinheiro, o que é sempre uma vantagem.

 

Contudo, há projectos que devem mesmo ser deixados por conta de profissionais. No que toca à electricidade, essa urgência acentua-se porque se trata de uma área muito específica, que representa alguns perigos.

 

Então, porquê contratar um electricista?

Segurança: a sua segurança, a da sua família e a da sua casa estão acima de tudo. A electricidade pode ser muito perigosa se não soubermos o que estamos a fazer. Além do mais, um trabalho mal feito, à partida, pode originar riscos no futuro (incêndios, choques, curtos-circuitos, etc.).

 

Experiência: a experiência é um dos factores mais importantes para que um projecto seja bem-sucedido. A prática que o electricista possui fá-lo-á encontrar as melhores soluções para a sua casa, consoante os seus requisitos e orçamento.

 

Em muitas casas, por exemplo, deparamo-nos com tomadas colocadas em locais pouco práticos ou desnecessários ou, por outro lado, com a falta delas onde precisamos. Além do mais, é comum encontrarmos electrodomésticos e pontos de luz mal posicionados, o que afecta a funcionalidade dos espaços e o conforto dos mesmos. Se contratar um electricista, estes e outros aspectos serão pensados ao pormenor.

 

Poupança de dinheiro e de tempo: é verdade que este serviço tem que ser pago, mas não é menos verdade que contratar um profissional reduz a probabilidade de se ter que gastar ainda mais dinheiro, no futuro, para se corrigirem erros. Além do mais, os electricistas sabem o que estão a fazer, pelo que concluirão o projecto muito mais rápido do que se contratar alguém inexperiente ou se fizer as coisas sozinho.

 

Garantia: o trabalho de um electricista faz-se acompanhar pelo selo de garantia da empresa para a qual ele trabalha. Se surgir um problema mais tarde, é muito provável que a empresa o assuma e o repare sem cobrar mais por isso. Há electricistas autónomos que também providenciam essa garantia. 

 

4. O que considerar antes de contratar um electricista?

Antes de contratar um electricista, deve ter em conta os seguintes aspectos:

 

Qual é o tipo de trabalho? Há pequenos trabalhos que qualquer electricista pode assumir, mas há também electricistas especializados que podem ser escolhidos para tarefas mais singulares. Defina a razão que o leva a precisar de um electricista e encontre um profissional com experiência nessa área, em particular.

 

O electricista pode dar-lhe uma estimativa? A questão do orçamento é importante para os clientes e para os profissionais conseguirem fazer uma boa gestão de recursos. A maior parte dos electricistas não terá qualquer problema em ir ao local do projecto para lhe dar uma estimativa. Nunca deve avançar sem ter uma noção dos gastos inerentes.

 

Tem referências de antigos clientes? É oportuno saber se os antigos clientes ficaram satisfeitos. Algumas empresas têm página de Facebook, onde se tem acesso ao feedback. Se não for o caso, não tenha medo de perguntar onde pode encontrar as opiniões dos antigos clientes. Afinal de contas, quem não deve, não teme.

 

Tem seguro de trabalho? É imprescindível que o electricista e toda a equipa possuam seguro de trabalho. Se não estiverem assegurados e alguma coisa correr mal, é o cliente que tem que assumir as consequências, o que pode ter resultados muito graves.

 

5. Onde encontrar electricistas em Cascais?

Utilize a homify para procurar electricistas em Cascais. Aceda, através do nosso site, aos projectos, aos contactos telefónicos e de e-mail e à morada das empresas de electricistas. Se não encontrar em Cascais, procure nas cidades vizinhas. Quanto mais de perto for o electricista, melhor. Assim, poupa em deslocações e é mais fácil para si encontrar-se com o profissional.

 

Para além da homify, recorra à Internet. Se inserir as palavras-chave electricistas + Cascais, aparecer-lhe-ão muitos resultados para analisar. Precisa de um serviço urgente? Então, junte 24 horas ou urgente às palavras-chave da sua pesquisa.

 

Não se esqueça de pedir referências a quem o rodeia. Pode perguntar directamente aos seus amigos, aos familiares, aos colegas ou aos vizinhos ou usar as redes sociais para o efeito. Nas lojas de construção e de bricolage, é provável que também consiga boas indicações. E porque é um tema que nos interessa a todos, leia este artigo que engloba tudo o que precisa de saber sobre energias renováveis