Designers de interiores e decoradores - Cascais: Encontre os profissionais ideais | homify

13543 Designers de interiores e decoradores em Cascais

Officina Boarotto
Artigos de Decoração: Criamos e produzimos artigos decorativos únicos, feitos à sua medida. Temos vasta diversidade de artigos
LAVRADIO DESIGN
Acreditamos que um Projeto de Arquitetura de Interiores, de Design de Interiores ou de Decoração só está acabado quando
CRISTINA AFONSO, Design de Interiores, uNIP. Lda
A Cristina Afonso é uma empresa direccionada para a decoração, com foco na comercialização de mobiliário, iluminação, tapetes
Inêz Fino Interiors, LDA
Inez Fino, é uma empresa que trabalha a nível internacional na área de serviços de design de interiores
Traço Magenta - Design de Interiores
A Traço Magenta nasceu da ideia de duas designers que em 2006 lançaram a marca com o objectivo de criar projectos de decoração
Margarida Bugarim Interiores
Margarida Bugarim Interiores é um atelier de arquitetura de interiores, design e decoração sedeado em Lisboa. Dedicamo-nos
STOOL INTERIORS
A STOOL Interiors é uma empresa de decoração de interiores direccionada a particulares e empresas. O desafio de materializar
Rafaela Fraga Brás Design de Interiores & Homestyling
Rafaela Fraga Brás, Design de Interiores & Homestyling é um atelier de Design de Interiores, localizado na Rua Braancamp
MY STUDIO HOME - Design de Interiores
Colocar no mercado produtos de qualidade com preocupação de sustentabilidade, inovação no design, acompanhamento das tendências
Victor Guerra.Design
Victor Guerra é o responsável pelos projetos deste estúdio multicriativo, especializado na concepção e design de interiores
Glim - Design de Interiores
A trabalhar na área de design há dois anos, a Glim é composta por uma equipa jovem, dinâmica e versátil que abrange as áreas
3L, Arquitectura e Remodelação de Interiores, Lda
O atelier 3L, situado no Estoril formado pela decoradora de interiores Teresa Lucas tem desenvolvido há mais de 25 anos
TRENDS INTERIOR DESIGN
Não é uma loja, não são os arquitetos, os designers e os decoradores e não são os produtos. É o conceito. A TRENDS é a solução
Eduardo Luizi
Eduardo Luizi. Especialista na criação de projectos residenciais, comerciais e corporativos. Com atendimento personalizado
Ana Moretti Interiores
Ana has started her professional career in Architecture, as a student in Lisbon's Fine Arts College. Having spent her first
menturbana
Iniciei a minha carreira profissional em 1990 na J. Vasconcelos Marques, arquitectos, Lda. Desde essa data tenho participado
FEMMA Interior Design
The Company / O Atelier ENG Architecture and Interior Design company in Cascais (Portugal), working in the national and
DIANA MATEI INTERIOR DESIGN
Diana Matei Interior Design nasceu de uma necessidade de ser independente e criativa.  O nosso atelier tem como objectivo
Tereza Prego Design
The Art of Contemporary Living Lisbon based International Interior Arch.  & Interior Designer Specializing in Luxury
Fusion
Fundada em 2007, a fusion interior design desenvolve projetos de arquitetura e decoração de interiores em casas particulares

Designers de interiores e decoradores em Cascais

Cascais pertence à área metropolitana de Lisboa e, apesar de ser uma vila, é mais povoada do que algumas das cidades vizinhas como Loures ou Vila Franca de Xira. A paisagem e as características naturais de Cascais levaram a que a vila se viesse a tornar no destino preferido das elites portuguesas e estrangeiras. Actualmente, ainda é muito associada às classes altas, embora, no interior do concelho, se registem fenómenos de suburbanização.

Em Cascais, o sector terciário assume 82% da actividade económica. O comércio e os serviços tomam conta do município, muito por causa da procura turística de que este é alvo. Cascais é, na verdade, um dos principais destinos do turismo em Portugal, pelo que, à semelhança do que acontece noutras cidades europeias, começou a cobrar-se uma pequena taxa turística nas dormidas locais. O turismo não deverá parar de crescer e, com ele, também os eventos na área da cultura. 

O concelho usufrui de bons serviços de transporte público colectivo, que alcançam 89% do concelho. Os comboios ligam Cascais a Oeiras e a Lisboa, pelo que há muitas pessoas que escolhem trabalhar na capital, mas morar em Cascais. De carro, o percurso faz-se em cerca de 48 minutos pela A5.

Se tem o privilégio de morar em Cascais e procura um decorador ou um designer de interiores para valorizar o seu imóvel, então tome nota das informações que reunimos neste texto e saiba como pode encontrar um profissional na vila.

1. Qual é a diferença entre um designer de interiores e um decorador?

O trabalho de um designer de interiores e de um decorador pode tocar-se em alguns pontos, mas é diferente em aspectos cruciais. O design de interiores é uma ciência e uma arte que assenta na compreensão do comportamento das pessoas para criar espaços funcionais que respondam às necessidades de quem os utiliza. Por outro lado, a decoração está orientada para tratar visualmente os ambientes através da adição de peças de mobiliário e de ornamentos. Posto isto, é seguro afirmar que os decoradores aprimoram o aspecto dos espaços mas os designers, para além de melhorarem o aspecto, melhoram, também, a função.

Para o exercício da profissão, os designers de interiores precisam de educação formal. Já os decoradores são, por norma, autodidatas e possuem um acentuado sentido estético, o que não significa que não tirem cursos - que tendem a ser de curta duração - e façam workshops para enriquecer o currículo e conseguir actuar de forma mais abrangente e eficaz. 

Tanto os designers de interiores como os decoradores têm ateliers onde se encontram com os clientes e desenvolvem os projectos. A propósito, não o aconselhamos a contratar um profissional que não tenha espaço físico. 

2. Qual destes profissionais devo contratar?

Quando devo contratar um designer de interiores? Se a obra que pretende fazer for mais de fundo e implicar, por exemplo, a demolição de uma parede para abrir um espaço ou a mudança de revestimentos, então deve contratar um designer de interiores. Estes profissionais estão a par dos sistemas de construção, das características dos materiais e das técnicas que garantem o conforto acústico, térmico e lumínico dos ambientes. Têm, além do mais, em consideração as novas tecnologias, o aspecto ergonómico e um entendimento das cores. Os designers de interiores estão habituados a trabalhar directamente com arquitectos, construtores, carpinteiros, electricistas, canalizadores, entre outros profissionais. 

Quando devo contratar um decorador? Se o seu objectivo não passar por alterar estruturalmente o espaço e quiser apenas decorá-lo ou refrescar a decoração já existente, então deve contratar um decorador. Os decoradores ajudam os clientes a escolher o esquema cromático, os têxteis, os móveis, os acessórios de decoração e de luz e o estilo que vai guiar o projecto. Estes profissionais não têm, geralmente, as qualificações necessárias para fazer mudanças estruturais como demolir paredes ou abrir janelas, nem costumam trabalhar directamente com construtores ou arquitectos, mas é comum trabalharem com estofadores, marceneiros e outros especialistas.

No fim, escolher o profissional certo depende mais das competências que este possui do que do "título" que o define, ou seja, há muitos designers que se dedicam a projectos de decoração e há decoradores que, com a experiência e conhecimentos que adquirem, estão aptos a assumir funções que são, à partida, atribuídas aos designers. Antes de contratar um ou outro deve, antes de mais, determinar aquilo de que precisa e procurar um profissional que tenha provas dadas nesse sentido.

3. O que considerar antes de escolher um designer de interiores ou um decorador em Cascais?

Há alguns aspectos que deve considerar antes de contratar um designer de interiores ou um decorador. Trata-se, afinal de contas, de um investimento que, como qualquer outro, deve ser ponderado.

Defina o seu limite orçamental: a questão do limite orçamental é incontornável. Os profissionais precisam de saber quanto é que os clientes pretendem gastar antes de iniciarem os projectos. Ter um orçamento limitado não é, necessariamente, uma má notícia. Os designers e decoradores estão habituados a ter que gerir os gastos através da aplicação de estratégias criativas e engenhosas.

Reúna inspiração: há clientes que têm uma ideia muito específica em relação ao que querem e outros que deixam tudo - ou quase - ao critério dos designers ou dos decoradores. Do nosso ponto de vista, o cliente não se deve dissociar, por completo, do projecto porque, no fim, é ele que vai utilizar o espaço. Propomos-lhe, assim, que reúna imagens de espaços com os quais se identifica por algum motivo: estilo, cores usadas ou tipo de mobiliário, por exemplo. É muito mais fácil comunicar as suas ideias aos especialistas através de imagens. Ao mesmo tempo, não se esqueça de transmitir aquilo de que não gosta mesmo. Se há cores que não lhe enchem as medidas ou estilos nos quais não se revê, o seu decorador ou designer deve ficar a saber.

Esteja aberto a sugestões: se decidiu contratar um destes profissionais, sugerimos esteja aberto às sugestões que este possa ter. Nem sempre os clientes abrem mão daquilo que gostam, mas um decorador ou um designer, sobretudo se for prestigiado, poderá não querer comprometer a sua visão criativa para fazer a vontade ao cliente. Não temos, no entanto, dúvidas de que é sempre possível chegar a um consenso quando há flexibilidade e se trabalha com o profissional certo.

Estilo: uma boa forma de evitar "choques criativos" é consultar os portefólios de vários designers de interiores ou decoradores e seleccionar aqueles que contêm projectos com cujo estilo se identifica. 

Envolvimento no projecto: antes de iniciar a obra, discuta esta questão com o designer ou o decorador. Há profissionais que preferem trabalhar de forma mais autónoma, pelo que se quiser ter um elevado grau de envolvimento no projecto, aconselhamo-lo a contratar alguém que lhe dê espaço para intervir e fazer escolhas.

Pense no futuro: se está a projectar uma casa para a vida, pense a médio e a longo-prazo. Um casal que queira ter filhos, por exemplo, deve comunicar esta intenção ao designer ou ao decorador para que o profissional possa criar espaços que se adequem aos mais pequenos (com têxteis laváveis e materiais suaves, sem objectos esquinudos, etc.).

4. Quanto custa contratar um designer de interiores e um decorador em Cascais?

Não é possível apontarmos um valor certo, mas podemos providenciar-lhe valores que pode usar como referência quando receber os orçamentos.

Em Portugal, o custo médio de um projecto de design de interiores rondará os 600€, num intervalo que pode ir dos 250€ aos 1000€

Para um serviço de decoração, conte com um valor entre os 250€ e os 2500€, sendo o preço médio de 500€.

É importante realçar que estes valores podem variar de acordo com a complexidade e as especificidades do trabalho, a área do espaço a ser intervencionado ou o prestígio do profissional.

Para tomar uma decisão consciente e ter margem de manobra, peça, pelo menos, três orçamentos a diferentes profissionais e analise-os minuciosamente. Lembre-se que pode valer a pena pagar mais se o serviço prestado for mais extensivo.

5. Onde encontrar um designer de interiores ou um decorador em Cascais?

Não deverá ser difícil encontrar um designer de interiores ou um decorador em Cascais. É uma vila onde não faltam casas e apartamentos de alto nível que são projectados e decorados por profissionais de excelência. 

Lembre-se que tem todas as vantagens em contratar localmente. Para além de poupar em custos de deslocação, é preferível trabalhar com profissionais que conheçam a zona e que saibam onde encontrar os melhores fornecedores e lojas.

Se procura um designer de interiores ou um decorador em Cascais, sugerimos que comece a sua pesquisa pela homify. Na nossa plataforma, estão registados milhares de profissionais nas áreas do design de interiores, da decoração, da arquitectura e da construção. Todas as imagens que encontra na homify estão associadas aos profissionais por elas responsáveis e todos os profissionais têm a sua própria página no nosso site. Nestas páginas, encontra os projectos por eles concretizados e as informações de contacto.

Se não encontrar o profissional de que precisa na homify, faça uma rápida pesquisa no Google e em redes sociais como o Facebook e o LinkedIn. Deve utilizar as palavras-chave "decoradores em Cascais" ou "designer de interiores em Cascais". No Facebook, no Instagram e no Twitter, pode até fazer uma publicação, no seu perfil, a pedir uma recomendação.

Indague, igualmente, junto dos seus familiares, amigos e colegas e esteja atento às revistas portuguesas da especialidade onde todos os projectos vêm referenciados.

Não se esqueça que também pode obter boas indicações nas lojas de decoração. Há, aliás, lojas de decoração que prestam estes serviços.

Pesquisar imagens relacionadas