Colocadores de telhados - Maia: Encontre os profissionais ideais | homify

0 Colocadores de telhados em Maia

A sua pesquisa não obteve resultados. Seja o primeiro a carregar fotos nesta categoria.

Maia – qualidade de vida bem perto do Porto

Quem quer viver numa cidade pacata, quase como uma aldeia grande, com bons espaços verdes, muito perto do Porto e com metro para o levar até lá, sabe que deve ir para a Maia!
Esta cidade bonita e arejada, inserida numa região habitada há milénios pelas suas terras férteis e águas abundantes, foi berço de vários personagens famosos no processo de independência do Condado Portucalense e no nascimento Portugal, enquanto país independente.
Apesar da sua proximidade do Porto e da grande quantidade de pessoas que lá trabalham, engrossando os movimentos pendulares diários entre as duas cidades, a Maia está longe de ser uma cidade dormitório. Com uma indústria muito relevante, que dá emprego a cerca de 25% da população, o Concelho é um dos mais exportadores do país!
A prestação de serviços, nomeadamente de construção civil, também tem o seu peso e não será difícil encontrar colocadores de telhados na Maia.
Se foi parar a esta secção da homify, provavelmente estará à procura de um destes profissionais para construir ou reparar o telhado de sua casa e tem pela frente algum tempo desafiante, primeiro na busca dos profissionais certos e depois durante a execução do trabalho.
A homify pode ser uma grande ajuda, disponibilizando-lhe os melhores profissionais, a descrição dos seus serviços e os dados necessários para entrar em contacto com eles.
Antes de continuar a sua busca por colocadores de telhados na nossa plataforma, fique um pouco mais nesta secção e descubra informação interessante, que lhe vai facilitar a vida. 

Que tipo de trabalhos fazem os colocadores de telhados?

Chamamos colocadores de telhados aos profissionais que fazem a colocação e a manutenção das coberturas em edifícios. As coberturas, ou telhados, podem ser feitas de vários materiais, com formatos diversos e acabamentos específicos, mas os seus construtores são sempre colocadores de telhados. E assumem o mesmo nome quando não se trata de colocar um telhado mas apenas fazer a sua reparação ou manutenção.
Estes profissionais são responsáveis por:

  • Diagnosticar a situação e orçamentar o trabalho – para isso devem fazer uma visita prévia ao local da obra;
  • Analisar e executar os planos elaborados pelos profissionais responsáveis, arquitectos ou engenheiros civis;
  • Fazer a montagem dos andaimes, para acesso à cobertura e dos pontos de ancoragem dos sistemas de protecção, se aplicável;
  • Demolir ou desmontar e remover elementos e estruturas antigas e/ou danificadas;
  • Fazer a construção de alvenaria e a instalação de elementos novos, necessários às reparações do telhado antigo ou à instalação do novo;
  • Construção de novas estruturas ou reparação das preexistentes;
  • Colocação de material isolador;
  • Colocação das telhas ou placas de cobertura;
  • Aplicação dos acabamentos, onde se deve incluir o impermeabilizante. 

Que tipos de telhados existem?

Há muitos tipos de telhados diferentes, com materiais diferentes, embora todos tenham a finalidade máxima de afastar a água da chuva das paredes e do interior dos edifícios.

  • Os telhados podem ser aparentes ou não aparentes, por darem ou não contributo à fachada.
  • Os telhados aparentes são os clássicos e os telhados não aparentes são normalmente chamados de telhados planos, embora na realidade tenham alguma inclinação para escoar a água.
  • Os telhados não aparentes podem ou não ser acessíveis para utilização, o que implica escolhas diferentes de materiais.
  • Os telhados aparentes caracterizam-se pelas águas, ou seja pelas faces de inclinação, que afastam a água das paredes.
  • Os telhados podem ter beirais ou sistemas de recolha de águas da chuva.
  • Os materiais para a estrutura podem ser a madeira, o betão armado ou pré-formado, ou o aço.
  • O material de cobertura mais usado em Portugal é a cerâmica vermelha, sobretudo na forma das famosas telhas portuguesas, mas há outras opções, como as telhas de cimento, de ardósia, de madeira, de zinco ou de materiais plásticos.
  • Os painéis sandwich também são usados como material de cobertura.
  • O fibrocimento ainda existe, embora sem conter amianto, um material altamente cancerígeno e proibido em construção. Se tem um telhado em fibrocimento antigo, saiba que deve removê-lo e que a empresa de colocadores de telhados que contratar deve ter um protocolo de segurança aprovado para fazer esse tipo de trabalhos (que exige contenção de poeiras e licenças específicas).

Qual é o melhor telhado para a minha casa?

A escolha do telhado é uma opção que vai influenciar muito o estilo da sua casa. Os telhados tradicionais, com duas ou mais águas, dão ao edifício um ar mais clássico, sendo muito apropriados para casas campestres, rústicas ou mais tradicionais. Os telhados de lousa são muito utilizados em reparações de casas antigas e a madeira é sobretudo escolhida para casas rústicas, tipo chalé, e devem ser sempre sujeitas a um tratamento de impermeabilização, bem como a manutenções frequentes.
Os telhados planos, ou não aparentes, são mais usados em casas modernas, para depurar a fachada. Nas casas modernas há também a hipótese de desconstruir a noção de telhado, usando esta estrutura como elemento distintivo da fachada e ajudando a definir a estética.
Em suma, a escolha do tipo de telhado tem tanto a ver com o seu gosto e com o estilo de casa escolhido, como com as restrições em vigor na região de implantação do edifício, como veremos.

Há restrições ao telhado que posso colocar na minha casa?

Como já referimos estas restrições podem ser uma realidade. Muitas vezes, as maiores condicionantes ao estilo construtivo são as envolventes urbanas, onde a construção está inserida. Isto significa que o telhado tem de ser aprovado, juntamente com o restante projecto em sede de Câmara Municipal, para licenciamento.
Numa zona histórica, os materiais de cobertura devem respeitar a traça do edifício e da envolvente, havendo normalmente regulamentos específicos, que variam com a cidade.
A reparação ou substituição de uma cobertura só precisa de ser sujeita a licenciamento se causar alterações na fachada e precisar de ocupação da via pública ou se a casa estiver inserida em zonas classificadas.
A construção de uma pérgula, que é uma espécie de telheiro, também pode ser sujeita a licenciamento, especialmente porque afecta a estética da fachada.

Que características devem ter os profissionais que escolher?

Há características que são essenciais a qualquer empresa, mas que no caso dos colocadores de telhados assumem uma importância ainda maior, devido à delicadeza desta área numa casa.

  • Cumprimento dos prazos contratados – como já referimos, uma intervenção na cobertura pode significar algum tempo com a casa desprotegida. Esse período de tempo tem de ser bem balizado e qualquer atraso pode significar perdas e danos na estrutura do edifício. Tente averiguar junto de anteriores clientes acerca do profissionalismo dos candidatos seleccionados e opte por empresas com boas críticas. Para estas averiguações, pode usar o intemporal método de falar directamente com os antigos clientes ou de pesquisar na internet em sites da especialidade.
  • Cumprimento dos limites orçamentais – empresas com um histórico de derrapagens orçamentais no seu portefólio devem ser evitadas.
  • Cumprimento das normas de segurança do trabalho – certifique-se de que a empresa dispõe de todos os equipamentos de segurança necessários, de que os seus colaboradores tiveram a formação necessária para os saberem usar e de que os usam efectivamente no quotidiano. Lembre-se de que os trabalhos em coberturas implicam riscos elevados, que devem ser prevenidos e que um eventual acidente também será da sua responsabilidade como dono da obra.
  • Actualização técnica – uma área exigente requer um esforço condizente, pelo que estes profissionais devem ter a formação necessária para fazer um bom serviço, que deve incluir técnicas de montagem e conhecimentos sobre os materiais.

Como encontrar colocadores de telhados na Maia

Aqui, na homify, encontra muitos profissionais que pode seleccionar através das imagens do seu portefólio e contactar através desta plataforma ou pessoalmente. Mas há outras formas de encontrar colocadores de telhados na Maia: através de pesquisa directa em motores de busca (por exemplo Google e Explorer), nas redes sociais (por exemplo Facebook e LinkedIn), e fóruns da especialidade (por exemplo Fórum da Casa), em lojas e fornecedores de materiais para a construção ou por recomendação directa de anteriores clientes (desconfie de recomendações pessoais não fundamentadas). Contratar profissionais da Maia vai facilitar os transportes e fornecimentos, baixando inclusivamente os custos. Ajuda a diminuir o tempo da obra e a facilitar o seguimento dos trabalhos, além de contribuir para desenvolver a economia local.

Quanto custa o trabalho dos colocadores de telhados na Maia

Os valores serão estabelecidos para o seu projecto em concreto, tendo em conta as especificidades do mesmo, mas podemos indicar-lhe alguns custos médios, para ter uma ideia orientadora

  • Cobertura plana, não ventilada, impermeabilizada com lâminas asfálticas e acessível – +/- 88 €/m2;
  • Reparação de telhado de cobertura plana acessível, não ventilada, com formação de pendentes, com argila expandida – +/- 26,72 €/m2;
  • Cobertura tradicional, inclinada, de telhas cerâmicas sobre espaço habitável – +/- 41 €/m2;
  • Aplicação de tratamento hidrófugo – +/- 8€/m2;
  • Colocação de camada isoladora de lã de rocha – +/- 9€/m2;
  • Lavagem do telhado – +/- 3,50€/m2. 
Pesquisar imagens relacionadas