10 Arquitetos paisagistas em Odivelas

Área servida

Odivelas, a vila em expansão

Odivelas, um município que tem vindo a crescer, de ano para ano, em termos arquitetónicos e habitacionais, tendo acompanhando o pico demográfico. Situado na Área-Metropolitana de Lisboa, a 10 quilómetros da capital, Odivelas apresenta 144 000 habitantes, de acordo com os censos do ano de 2011.

Apresenta 26,54 km² de área e subdivide-se, desde 2013, em quatro freguesias.

A ligação da rede do metropolitano, em 2004, acabou por ser uma das grandes razões para este aumento populacional. Odivelas ficou mais próximo de Lisboa. 

Sem dúvida que, os preços imobiliários são mais atrativos comparativamente ao centro de Lisboa, sendo uma das principais razões para este boom populacional. 

Mas este rápido crescimento teve um lado negativo, porque acabou por se construir rápido e em massa, para alojar rapidamente a população que procurava casa. Claro que, em termos económicos muitas empresas de arquitetura lucraram com esse pico de crescimento, mas será que, em termos arquitetónicos e paisagísticos foi positivo? Provavelmente não, porque acabou por não se respeitar as linhas condutoras da vila, criando panoramas diferentes e construções muito desiguais.

Todavia e, como diz o ditado, não vale a pena a chorar sobre leite derramado, o que foi construído, foi construído e nada se poderá fazer, pelos menos até aos próximos anos. No entanto, é sempre possível melhorar. Por exemplo, a arquitetura paisagista pode ter um papel fulcral para melhorar espaços mais deteriorados, abandonados, velhos e com pouca conexão e envolvência. 

Assim, se está a questionar viver ou comprar casa em Odivelas pode, sempre, colocar esta alternativa em cima da mesa.

Como aplicar a arquitetura paisagista em Odivelas

Se tiver um negócio ou uma moradia pode sempre contratar um profissional competente, que o ajudará a enquadrar um projeto em consonância com as várias características, a par das suas ideias, gostos e outras recomendações. 

O próprio município tem, também, trabalhado na sua arquitetura paisagista, criando mais espaços verdes, canteiros de flores, aprovando projetos de arquitetura que contemplam todos os critérios… Enfim, uma série de soluções que têm melhorado, em termos urbanísticos e arquitetónicos, a cidade de Odivelas. É, de facto, importante deixar para trás a imagem de vila dormitória que Odivelas teve em tempos.

A câmara passa, aos seus munícipes, uma mensagem positiva de crescimento e desenvolvimento, pretendendo garantir cada vez mais e melhores condições a todos os níveis, colocando, no centro da decisão e intervenção, o bem-estar da população e de quem procura e visita a cidade. 

O que pode pedir ao seu arquiteto paisagista para ajudá-lo no seu projeto?

Depois de ter expressado os seus desejos, referindo o seu orçamento e apresentando o exterior a ser intervencionado, pergunte ao arquiteto que visão tem acerca do seu projeto, bem como da importância de enquadrá-lo às características de Odivelas.

Há várias opções possíveis para a apresentação do projeto, desde uma coleção de diferentes tendências, incluindo fotos de inspiração para plantas, materiais e estruturas, até ao desenho em duas dimensões, em escala, criado no computador ou à mão, etc.

Este é o momento de deixar o profissional saber o que gosta ou não, o que ele pode desenvolver, bem como perceber se as ideias sugeridas satisfazem adequadamente a lista dos seus desejos.

Questione-se sobre tudo, por exemplo, se gostaria de ter um espaço especial para guardar as suas ferramentas de jardinagem ou um canteiro para cultivar vegetais ou áreas sombreadas? Enfim, depois de todo o brainstorming, o arquiteto poderá enviar-lhe um plano, que será aprovado por si antes de o concretizar. 

Como encontrar um arquiteto paisagista, em Odivelas?

Encontrar um profissional, hoje em dia, não é muito difícil, além do passa palavra, há sempre a internet para nos facilitar a vida. A partir do Google e um clique, obtém-se uma série de informação.

Mas, diretamente, a partir da nossa plataforma homify tem acesso a uma vasta lista de contactos, das mais variadas áreas, desde arquitetos paisagistas, jardineiros, eletricistas, entre muitas outras especialidades.

Aceda aos contactos através da página, filtrando o profissional e a sua área servida ou código postal, que, neste caso, será Odivelas.

Contacte vários profissionais, no mínimo 2, e peça um orçamento.

Há várias vantagens ao contratar um arquiteto paisagista da sua área de residência, pois saberá avaliar mais as características do sítio, os apoios existentes, os constrangimentos, as leis do município, entre outros detalhes que farão a diferença no final da obra. Além de que existe uma maior disponibilidade, já que está mais próximo de si e do trabalho a executar. 

No entanto, Odivelas está muito bem localizado e pode, perfeitamente, recorrer a arquitetos paisagistas das proximidades, como Loures, Oeiras, Lisboa ou Almada. Assim, tem mais possibilidades de contactos e orçamentos.

Quanto custa um trabalho de um arquiteto paisagista

Tudo depende do que pretende realizar, dos materiais usados, das horas de trabalho, bem como das dimensões do projeto. 

Mas, independentemente do valor investido, a nova arquitetura paisagística agrega valor à sua casa e certamente que lhe trará retorno sobre o seu investimento.

Se, no entanto, gostaria de avançar com um projeto profissional, mas o seu orçamento for mais apertado, há sempre forma de reduzir custos. Opte por materiais mais baratos e pense num plano mais simples, que não requeira tanta mão de obra, reduzindo assim os custos de instalação.

Desta forma, é essencial conversar com um arquiteto paisagista, ao apresentar o seu projeto, para avaliar os custos e planear o seu orçamento. Ele poderá dizer onde pode cortar custos, sem por isso, comprometer o estilo que quer dar ao exterior da sua casa ou do seu negócio. No fundo, há sempre uma solução.