Arquitetos paisagistas - Matosinhos: Encontre os melhores profissionais | homify

13 Arquitetos paisagistas em Matosinhos

Área servida

Matosinhos – mudança é evolução

Entre o final do século XIX e a segunda metade do século XX, a paisagem de Matosinhos sofreu alterações profundas, impulsionadas pela construção do Porto de Leixões.

De comunidade piscatória, com uma economia assente na indústria conserveira, Matosinhos passou a importante pólo industrial e a elo de ligação para a recepção e expedição de mercadorias.
Durante este período, muitos núcleos urbanos desapareceram das margens do rio Leça, areais deram lugar a estradas, ruas e fábricas transformando a paisagem, moldada ainda mais à vontade do Homem.

Actualmente, a paisagem de Matosinhos é urbana e industrial, com uma grande marginal à beira-mar, conservando, no entanto, muitos das construções e monumentos que testemunham a sua história.

Toda esta evolução fez-se à custa de muitos e valorosos profissionais, nomeadamente arquitectos paisagistas que lutam por conseguir a recuperação de paisagens (caso da recuperação da paisagem do Vale do Leça) ou por torná-las mais bonitas e adaptadas às necessidades das populações (como é o caso do Parque de Sta. Cruz do Bispo – Brás, que ganhou um Prémio Nacional de Arquitectura Paisagística em 2011).

Arquitectos paisagísticos e Jardineiros – acabando com as dúvidas.

Quando se fala de arquitectura paisagística, há muita tendência para confundir com jardinagem. Embora a jardinagem faça parte da maioria dos projectos de arquitectura paisagística, isso não tem de acontecer, necessariamente. Jardinagem e arquitectura paisagística são coisas diferentes, embora estejam intimamente ligadas.

Um arquitecto paisagista é um profissional com uma licenciatura em Arquitectura Paisagística e tem como função o tratamento da paisagem no que toca ao planeamento, ao posicionamento, à construção e à gestão da paisagem intervencionada. O seu trabalho tem como objectivo a melhoria das condições de vida das populações e o aproveitamento racional dos recursos naturais. Para levar a cabo estes propósitos, adquirem uma vasto leque de conhecimentos que abrangem a biologia, a química, a arte, a arquitectura, o clima e a evolução da paisagem, entre muitos outros.

Os jardineiros, normalmente, também têm cursos de formação mas mais nas áreas da agricultura, silvicultura e estética. 

O que pode fazer um Arquitecto Paisagístico pela minha casa?

Sabia que apostar num bom paisagismo para os exteriores da sua casa pode realmente estar a gerar dinheiro? Está provado que ela vai valer cerca de 17% mais!

Mas contratar um arquitecto paisagista tem mais vantagens. Vamos percorrê-las todas:

  • Metodologia – um bom projecto de paisagismo requer método na sua elaboração. Mesmo que tenha algum jeito para combinar plantas, cores e texturas, um profissional desta área dá-lhe muito mais garantias de ter bons resultados, porque apenas alguém com a formação própria tem os conhecimentos necessários para entregar um trabalho à altura. Os arquitectos paisagistas conseguem ter uma visão de todo o conjunto, que a outras pessoas não têm e conseguem localizar áreas problemáticas, determinar o potencial do terreno, criar soluções sistemáticas, entre muitas outras coisas que se vão traduzir em exteriores de sonho;
  • Personalização total – o Arquitecto Paisagista vai trabalhar para si e consigo para produzir planos totalmente adaptados, não só às condições do terreno, da paisagem envolvente e do clima, mas também ao seu gosto;
  • Valorização – já referimos a valorização no mercado da habitação, mas é também importante referir a valorização estética e a melhoria da vivência dos espaços exteriores e, também, dos interiores.

O que pode fazer um Arquitecto Paisagista pelo meu projecto?

  • Planos de organização da paisagem em pequena ou grande escala (para uma casa, para um empreendimento, ou para uma região);
  • Integração de estruturas construídas na paisagem;
  • Recuperação de paisagens destruídas por eventos diversos (incêndios, por exemplo);
  • Criação de paisagens para parques urbanos, jardins públicos ou privados, marginais, entre muitos outros projectos;
  • Estudo das patologias de uma determinada massa vegetal e planos para a recuperação das espécies;
  • Execução e implementação de planos de gestão paisagística, incluindo supervisão de equipas de trabalho;
  • Qualificação da paisagem urbana com toda a planificação adequada;
  • Avaliações de impacto paisagístico da construção, movimentação de terras, e muito mais.

Há Arquitectos Paisagistas em Matosinhos?

Sim, há arquitectos paisagistas em Matosinhos, mas também há no Porto, em Vila Nova de Gaia e em todas as cidades próximas. Por isso, quando for à procura destes profissionais, pode expandir a busca às cidades vizinhas. Como os acessos são bons e as distâncias são pequenas, não vai perder a grande vantagem de contratar perto, já que isto representa uma poupança significativa em despesas com deslocações de pessoas e materiais.

Procurar na região é importante porque facilita a pesquisa ao nível local, a confirmação de referências e a eventual visita a projectos terminados, que façam parte do portefólio dos profissionais.

Quando fizer a sua pesquisa, não pode esquecer-se de:

  • Encontrar imagens que contenham as ideias e a filosofia que pretende ver no seu projecto. Na homify, essa tarefa é muito fácil. Basta usar a função de criação de livros de ideias, ficando ainda com o trabalho facilitado no contacto directo com os profissionais seleccionados;
  • Apontar o que gosta e o que não gosta em cada projecto, para que o seu profissional tenha uma boa perspectivas daquilo que pretende;
  • Pedir orçamentos detalhados e decidir o que fazer com a informação toda que recebeu, em especial a abrangência da actuação dos profissionais (definir, por exemplo, se o arquitecto paisagista só vai fazer o plano ou se será responsável por tudo, até à entrega do projecto acabado);
  • Exigir as garantias sobre o trabalho proposto, antes, durante e depois da sua execução.

Posso incluir o projecto de paisagismo no projecto para a minha casa nova?

Sim, é relativamente fácil de conseguir. Muitos arquitectos paisagistas trabalham em conjunto com gabinetes de arquitectura, mas se tal não acontecer, o arquitecto responsável pela sua casa vai saber procurar o arquitecto paisagista mais adequado à visão pretendida. 

Em muitos casos, é mesmo obrigatório entregar o projecto de arranjos exteriores e paisagismo aquando do pedido de licenciamento à Câmara Municipal, pois é considerado um projecto da especialidade.

Quanto custa contratar um Arquitecto Paisagista?

Possivelmente já intuiu a resposta, porque realmente é muito difícil estabelecer um preço para este tipo de serviços. As variantes são muitas e não é um serviço barato. Poderá considerar o tecto do valor pago ao profissional que faz o plano como se for um arquitecto, ou seja, por volta dos 10% do valor do projecto no seu todo, mas mesmo assim poderá variar muito.

Para poupar no seu projecto, opte por equipamentos de exterior mais baratos, que não ponham em causa a estética ou a qualidade, por plantas fáceis de plantar e manter, por diminuir a área plantada e por decorações de origem natural, como pedras, por exemplo.