Arquitetos paisagistas - Guimaraes: Encontre os profissionais ideais | homify

1538 Arquitetos paisagistas em Guimaraes

Paisagem Instantânea, Lda
A PAISAGEM INSTANTÂNEA, LDA é uma empresa jovem, fundada sob pressupostos contextualizados nas realidades económicas e ambientais
JAG arquitetura paisagista
Trabalhar com a Paisagem é trabalhar com os vários sistemas que a compõem e perceber a maneira como interagem em perfeição
AJA + Arquitetura Paisagista
AJA + Arquitectura Paisagista é um atelier jovem fundado em 2012 por 3 amigos e colegas de curso, sediado no norte de Portugal
Habitat Arquitectura Paisagista
A Habitat é um gabinete de arquitectura paisagista, direcionado para projecto e construção de espaços verdes.
andré nascimento-arquitetura paisagista
Jardins públicos e privados  | Parques  | Recuperação de margens  de rios e ribeiras |  Planos de integração paisagística
Oh!land studio, lda
Oh!Land studio is a concept of creation, it is a manifesto! It is a vision of landscape at its several scales.
Laura Roldão Costa - Arquitetura Paisagista
Fundado em 2005, Laura Roldão Costa - arquitetura paisagista é um gabinete que se dedica à realização de trabalhos de arquitetura
dirlenbach - garten mit stil
Die Talentschwerpunkte unseres Büros sind: Einfühlungsvermögen - Höchstleistung - Tatkraft - Strategie - Anpassungsfähigkeit
 MELLOGIARDINI EXTERIOR DESIGNERS
Oltre trent'anni di architettura, design, natura, arte, cultura, eccellenza, lusso che raccontano lo stile Mellogiardini
ON TASARIM LTD. ŞTi.
ON Tasarım LLC is the company established in 2007 by Dr. Oktan Nalbantoğlu has been carrying on wide range of project works
A3PAESAGGIO
A3P is a landscape architecture studio committed to the dissemination of biodiversity and environmental sustainability applied
Tuinarchitectengroep ECO
Ontwerp en realisatie van diverse tuinprojecten en buitenruimtes. Specialiteit : 3D tuinontwerpen
jardinista
Empresa joven y dinámica dedicada a hacer realidad los deseos de las personas que contratan nuestros servicios de proyectar
Hibner Studio
Landscape architecture workshop – that’s us! Despite the scientific name we have both feet on the ground and we get inspired
ECOSSISTEMAS; Áreas Verdes e Sistemas de Rega.
A Ecossistemas é uma empresa a laborar desde Fevereiro de 1992 .. Tem como objecto comercial a construção, manutenção de
Agence MORVANT & MOINGEON
Morvant & Moingeon est une agence de paysagistes concepteurs passionnés située à Aix-en-Provence, dont le principal

Guimarães - Arquitectos Paisagistas

Guimarães é a pedra basilar da História de Portugal e uma das cidades mais importantes do Minho. O Centro Histórico foi considerado Património Cultural da Humanidade, em 2001. Afinal de contas, é impossível não nos deixarmos arrebatar pelas ruas e ruelas coloridas, pelo pitoresco Largo da Oliveira, pela Praça de Santiago ou pela Rua de Santa Maria, uma das mais antigas artérias medievais. A tecnologia ainda não nos trouxe uma máquina do tempo, mas passear por Guimarães faz-nos, por certo, recuar para tempos que já foram.

 

Mas nem só de História e de histórias se faz Guimarães. A cidade é moderna e tem uma actividade económica dinâmica e intensa. Além do mais, desfruta de um posicionamento geográfico estratégico, com o Porto e Braga a poucos minutos de carro e a menos de uma hora de comboio ou de autocarro.

 

Lembramos, ainda, que Guimarães é a casa da Escola de Arquitectura da Universidade do Minho de onde saem, todos os anos, jovens recém-formados e prontos para trabalhar nesta área.

 

Se tem casa com jardim em Guimarães e acha que o seu espaço exterior beneficiaria de um arranjo, então sugerimos a contratação de um arquitecto paisagista. Mas, antes disso, venha conhecer melhor esta profissão para perceber, com clareza, em que é que um arquitecto paisagista lhe pode ser útil.

 

1. Os espaços verdes e o paisagismo em Guimarães

Estamos convencidos de que concordará connosco se dissermos que é deprimente viver numa cidade com uma paisagem cinzenta. É importante, para os seres humanos e para o planeta, a existência de espaços verdes. Nas cidades, esta questão torna-se ainda mais urgente. Sabendo-o, a autarquia vimaranense tem apostado na criação de novos espaços verdes, onde os cidadãos podem usufruir de momentos de recreio e de lazer. Para além da criação de novas áreas verdes, a Câmara considera essencial a manutenção dos espaços já existentes que, ao longo do tempo, foram fracturados pela crescente - e, por vezes, caótica - urbanização.

 

Guimarães, designadamente o Centro Cultural Vila Flor, pode orgulhar-se de ter recebido, em 2006, uma menção honrosa aquando da atribuição do "Prémio Nacional de Arquitectura Paisagista". O projecto dos exteriores do Centro Cultural foi levado a cabo pelo arquitecto paisagista Jorge Maia, em parceria com os arquitectos Raul Roque, Seara de Sá, Alexandre Coelho Lima e Manuel Roque. Retenha estes nomes.

 

Cabe ainda mencionar a "Horta Pedagógica Social de Guimarães", um projecto muito interessante que visa pôr as pessoas em contacto com a agricultura, nomeadamente com as espécies agrícolas que usamos na nossa alimentação, e sensibilizá-las para a educação ambiental.

 

2. O que fazem os arquitectos paisagistas?

Os arquitectos paisagistas dedicam-se ao estudo da paisagem e de tudo o que lhe diz respeito. O trabalho destes profissionais passa pela análise e pela compreensão dos sistemas naturais e culturais que fazem parte da paisagem e pela construção, ordenamento e criação dos espaços, tendo sempre presente a forma como eles se relacionam com o Homem. 

 

Estudar Arquitectura Paisagista é mais do que decorar o nome das plantas e das respectivas características. A formação abrange áreas artísticas, científicas e humanísticas que são essenciais à construção, ao planeamento, ao enquadramento e à gestão dos espaços verdes. O objectivo primordial do arquitecto paisagista é fazer um aproveitamento racional dos recursos necessários à vida e ao bem-estar da população.

 

Os arquitectos paisagistas podem debruçar-se sobre projectos de grande e de pequena dimensão, privados ou comerciais. Se, por exemplo, tiverem entre mãos o projecto de um jardim de uma moradia, pensarão o espaço a vários níveis: configuração, revestimentos, vegetação, iluminação, mobiliário, vedação, irrigação, exposição solar, e assim por diante. Como se percebe, não é tarefa fácil, por todos os detalhes que lhe estão intrínsecos. 

 

3. O percurso comum de um projecto de paisagismo

Se pretende investir na contratação de um arquitecto paisagista, então é oportuno estar informado sobre a forma como o trabalho deste profissional se desenvolve.

 

Após a adjudicação da obra, o percurso começa pelo estudo prévio que compreende um plano geral do projecto, algumas simulações do jardim e uma estimativa orçamental básica. Depois de aprovado pelo cliente, os arquitectos paisagistas prosseguem para o projecto de execução (que é composto por todos os pormenores de construção, que não são mostrados no estudo prévio: pérgolas, pavimentos, piscinas, sistemas de regra, iluminação, etc.) e, claro está, para o plano de plantação. O projecto de execução tem uma estimativa orçamental mais detalhada. Para que esta estimativa seja possível, é necessário contratar os fornecedores para que possam ser apresentados, aos clientes, os valores exactos.

 

Por vezes, o cliente pede o estudo prévio a um atelier e a execução a outro. É uma opção, embora pouco comum.

 

4. Quanto custa contratar um arquitecto paisagista?

O orçamento é uma questão incontornável. O projecto não avança se não tivermos fundos para ele, pelo que convém termos uma noção de quanto pode custar a contratação de um arquitecto paisagista.

No entanto, é impossível dar-lhe um valor concreto. Tudo depende da dimensão do projecto, do prestígio e da localização do atelier (nos grandes centros urbanos, praticam-se preços mais elevados), do estado de conservação da área a ser intervencionada, entre outras coisas.

 

Como mera orientação, podemos avançar que um arquitecto paisagista ganha entre 10% a 20% do valor total projecto. Assim, se o projecto chegar, por exemplo, aos 20000€, o arquitecto retirará entre 2000€ a 4000€. 

 

Sublinhamos, novamente, que esta é uma aproximação. O ideal é pedir vários orçamentos - no mínimo, três - e comparar o que cada gabinete lhe oferece e por que preço. Uma boa parte dos gabinetes faz orçamentos gratuitos.

 

5. Quais são as diferenças entre um arquitecto paisagista e um jardineiro?

São duas profissões que se tocam, mas, ainda assim, não são comparáveis. Clarifiquemos os conceitos.

 

Jardineiro: a actividade do jardineiro está, essencialmente, orientada para as plantas. O jardineiro conhece espécies diferentes e está a par das características das mesmas, assim como dos cuidados de plantação e de manutenção. Pode ser responsabilizado pela poda, pela distribuição das plantas no terreno, por determinar o melhor sistema de irrigação, por prever e cuidar de pragas e doenças. O jardineiro pode enriquecer a sua formação com cursos, formações e workshops ou ser autodidata.

 

Arquitecto paisagista: o arquitecto paisagista conhece as plantas, mas tem uma formação que abrange aspectos técnicos, arquitectónicos, estruturais e de design. Logo, intervém nos espaços de um modo mais profundo. Além do mais, assume projectos de grande escala, que só podem ser executados por alguém qualificado.

 

6. Como encontrar um arquitecto paisagista em Guimarães?

Se mora em Guimarães ou no concelho, então tem tudo a ganhar com a contratação de um arquitecto paisagista local. É vantajoso porque poupa em deslocações - suas e do profissional - e porque estará a trabalhar com alguém que conhece as características geográficas da região, bem como os fornecedores e os preços dos materiais (e outros elementos) necessários ao projecto. O arquitecto paisagista pode, aliás, conseguir alguns descontos por trabalhar sempre com as mesmas lojas e/ou fornecedores.

 

Para encontrar um arquitecto paisagista, em Guimarães, recorra à homify. Na nossa plataforma, pode pesquisar os profissionais por categorias e pelo nome da área servida e código postal. Sem ter que sair do nosso site, tem acesso aos projectos, aos contactos telefónicos, aos e-mails, às moradas e, em alguns casos, às páginas de Facebook.

 

Além da homify, também pode utilizar o Google e as redes sociais (Facebook, Instagram ou Twitter) para fazer a sua pesquisa. Use as palavras-chave para chegar aos resultados ou peça directamente uma recomendação.  

 

Em revistas da especialidade, assim como em lojas de jardinagem, de construção ou de bricolage, é provável que obtenha boas referências.

  

Pesquisar imagens relacionadas