Arquitetos paisagistas - Amadora: Encontre os profissionais ideais | homify

14 Arquitetos paisagistas em Amadora

Amadora – a voragem da habitação vinca a paisagem

Embora fosse um destino privilegiado para nobres e cidadãos ricos de Lisboa, devido aos bons ares que ali se respiravam, a Amadora define-se pelas suas origens humildes, mas trabalhadoras. O seu crescimento há muito que está ligado ao abastecimento de víveres à capital e no século XVII e XVIII a região conheceu uma grande evolução na área industrial, bem como na construção de novas ruas e estradas. 

Mas a verdadeira explosão demográfica aconteceu em meados do século passado e deveu-se à intensa migração, que partiu das regiões do interior de Portugal, em direção às cidades do litoral, em especial à grande Lisboa, e à vinda de imigrantes dos países das antigas colónias portuguesas. Este grande afluxo de pessoas trouxe à região da Amadora um crescimento desenfreado, baseado na procura de habitação mais barata, mas deu-se de forma desregrada.

Obviamente, isto não trouxe um impacto positivo para a cidade, que em termos paisagísticos se define, em grande parte, pelo enorme número de prédios de habitação (alguns bastante antigos) e casas de má construção. Mas isto não significa que não haja um investimento, por parte da autarquia, na melhoria das condições urbanísticas e paisagísticas. Os parques e jardins surgem e têm boa qualidade, mas reabilitar todo o tecido urbano, em termos de paisagismo, é uma tarefa desafiante, que está a dar os seus frutos aos poucos.

Arquitectura paisagística é só sobre a criação de jardins?

Não, definitivamente não é só sobre a criação de jardins, mas também é sobre isso. A arquitectura paisagística dedica-se a harmonizar e a melhorar a paisagem através da gestão, do planeamento e da preservação dos espaços livres, sejam urbanos ou não. 

Obviamente que a jardinagem é uma parte importante da acção benéfica da arquitectura paisagística, mas esta envolve muito mais disciplinas, como a arte, a meteorologia, a geografia, a orografia, a biologia e a arquitectura, entre outras.

Assim, é importante estabelecer as diferenças entre um Arquitecto Paisagista e um Jardineiro:

  • Arquitectos paisagistas – têm um curso superior cujo currículo inclui disciplinas acerca de arquitectura, planeamento, arte, entre muitas outras, que os capacita para exercer, com sucesso, a actividade. Eles planeiam, localizam, posicionam, combinam, incluem elementos construídos e muito mais;
  • Jardineiros – executam jardins, plantam, decoram e fazem a sua manutenção.

Preciso de ter um Arquitecto Paisagista no meu projecto de exteriores?

Não há obrigatoriedade, mas garantimos que há vantagens claras. Obviamente cada caso é único e há exteriores que pode conseguir organizar de forma satisfatória, com algum jeito e dedicação, mas depois há terrenos onde um arquitecto paisagista é mesmo necessário. Tudo depende do seu caso! Se não tem a certeza do que pode fazer, o melhor é não arriscar e contratar um profissional.

Vantagens de contratar um Arquitecto Paisagista

  • Método e planificação – quantas vezes já deu por si, a olhar para o espaço vazio, no exterior da sua casa e não saber por onde começar? Um arquitecto paisagista vai trazer uma abordagem metódica e um planeamento especializado, o que acabará por trazer as respostas que procura;
  • Poupança de tempo e dinheiro – tratar de um projecto de paisagismo não é tarefa simples. Vai exigir de si tempo e dinheiro, duas coisas que não costumam abundar. Mas, apesar da contratação de um profissional parecer um custo demasiado alto, na verdade ele vai trazer-lhe alguma poupança, pois elimina escolhas erradas, trabalhos mal executados, horas desnecessárias e muito mais;
  • Soluções adaptadas e personalização – estes profissionais vão criar um plano totalmente adaptado às condições do seu terreno, exactamente como deseja;
  • Valorização – ter exteriores bonitos, bem cuidados, adaptados às condições envolventes e ao ambiente, representa dinheiro em caixa pois vai significar uma valorização do seu imóvel de até 17%;
  • Os arquitectos paisagistas podem actuar de maneiras diversas e trabalhar sozinhos, em parceria ou para uma empresa especializada. Seja qual for a modalidade proposta, é importante definir qual será a abrangência do serviço a prestar (se o serviço acaba com a entrega do projecto ou se continua, com a contratação de equipas, acompanhamento e execução de todo o processo, até à entrega). Há empresas especializadas que podem até oferecer serviços de manutenção, após a conclusão do projecto.

Há Arquitectos Paisagistas na Amadora?

A resposta é sim! Há profissionais desta área um pouco por todo o país, e na Amadora, com rendas mais baixas, boas acessibilidades e muita proximidade a Lisboa, não podia ser diferente.

Há arquitectos paisagistas e empresas especializadas em paisagismo, que contam, no seu staff, com arquitectos paisagistas.

Para os encontrar, pode fazer pesquisa online, visitar stands de empresas, ir pelos seus dedos nas clássicas páginas amarelas, ou confiar nas indicações de pessoas conhecidas. O importante é que seleccione mais do que um profissional, com projectos que lhe agradem, para pedir orçamentos.

Se o seu projecto é na Amadora, vai poupar dinheiro ao contratar na região, sobretudo em custos de deslocação e transporte de materiais. Se preferir, poderá também optar pelas cidades vizinhas para ter mais escolha, sem aumentar os custos significativamente.

O projecto de paisagismo é um projecto da especialidade num projecto de uma casa?

Pode ser, sim. E até pode ser exigido na fase de licenciamento do seu projecto de arquitectura. 

Se pensar que o projecto de arquitectura paisagística vai ajudar a integrar a construção na paisagem envolvente, não é de estranhar que precise de ser entregue para aprovação, antes de começar a construção.

Nestes casos, os gabinetes de arquitectura podem solicitar a intervenção de um arquitecto paisagista. Este pode fazer colaborações regulares com a empresa, pode ser sugerido ao cliente para contratação ou pode ser contratado directamente pelo cliente.

Quanto custa contratar um Arquitecto Paisagista?

É difícil estabelecer um preço para este tipo de trabalhos. Seja porque o preço do serviço deste profissional está incluído num projecto abrangente de planificação e execução, seja porque há terrenos e condicionantes muito mais difíceis do que outros ou ainda porque há legislação específica que obriga a maiores cuidados, as variáveis no preço do trabalho do arquitecto, em si, são tantas que não é possível apontar um valor médio. Ainda assim, em muitos projectos, o trabalho do arquitecto paisagista pode significar entre 10 e 20% do valor do projecto, na totalidade.

Pesquisar imagens relacionadas