Arquitetos - Santarem: Encontre os profissionais ideais | homify

4 Arquitetos em Santarem

Santarém – viver a gema do gótico na modernidade

Quem conhece Santarém sabe como esta cidade é especial. Há tanto para dizer que ficamos com algumas dificuldades em escolher… Por onde começamos? Pelo jardim das Portas do Sol, alcandorada no topo da elevação, na antiga Alcáçova, debruçado sobre as muralhas que nos presenteia com a maravilhosa vista sobre as lezírias e o Tejo? Ou sobre a Sé, imponente, de estrutura e fachada maneirista, acabada de construir no início do século XVIII? Que quiçá sobre a mourisca Fonte das Figueiras? Pelos seus muitos monumentos exemplificativos do período gótico?

Não vale a pena fazer um guia turístico aqui, apenas é importante saber que esta é uma cidade com enorme potencial turístico, seja pela sua arquitectura histórica ou pela paisagem natural, que ainda define muito a economia da região.

Na realidade, o sector primário é o grande motor da economia, com grande prevalência da agricultura e da agropecuária, sendo lendária a sua relação com a criação e a lide do gado bravo.

Mas Santarém não é história e natureza! A cidade é moderna, com equipamentos à disposição dos seus cidadão e bastante cuidado urbanístico

Viver em Santarém é garantia de uma vida calma, com tudo o que uma cidade proporciona, mas sem a agitação nefasta dos grandes centros urbanos.

Se veio até esta secção é porque está à procura de arquitectos na zona de Santarém e nós damos-lhe os parabéns. Seja porque vai construir uma casa ou um negócio, a verdade é que vai investir numa região belíssima! 

A homify é o sítio certo para procurar profissionais das mais diversas áreas, à distância de um click. Só tem de seleccionar as imagens e os perfis dos profissionais com trabalhos dentro das suas necessidades e contactá-los através dos contactos anexados a cada foto. Mas antes de continuar a usar esta preciosa ferramenta fique um pouco mais por aqui e descubra várias informações importantes sobre a profissão de arquitecto.

Responsabilidades e atribuições dos arquitectos

Os arquitectos são os profissionais que têm uma licenciatura em Arquitectura, aprovada pela Associação dos Arquitectos Portugueses (AAP), a qual lhes atribui o título profissional.

Apenas munidos com a formação de base os arquitectos já são profissionais com grandes competências, habilitados a fazer a Coordenação de projecto em obras de valor até à classe 4 de alvará, a Direcção de obra em edifícios, em obras de valor até à classe 2 de alvará, e a Direcção de fiscalização de obra, em obras até à classe 2 de alvará. Depois suas competências evoluem por etapas, segundo o estipulado no Decreto-Lei n.º 176/98, de 3 de Julho, ganhando progressivamente mais competências em função do tempo de experiência.

Em resumo os arquitectos são os responsáveis por estudar, idealizar, projectar e acompanhar a construção de edifícios. Fazem-no em qualquer tipo de edificação, criando tanto edifícios de habitação como comerciais, de serviços ou industriais (prédios de escritórios, fábricas, hotéis, centros comerciais, hospitais, etc.). Com três anos de experiência podem também intervir  na área do urbanismo, passando a poder fazer projectos de maior dimensão e de paisagismo, embora normalmente acabem por passar essa tarefa aos arquitectos paisagistas.

A especialização em áreas específicas da arquitectura, como a arquitectura de interiores ou a reabilitação de edifícios históricos, é comum para estes profissionais, uma vez que as áreas abrangidas são muito extensas, sendo difícil acompanhar sempre todas elas. Saber a especialização e o tempo de experiência do arquitecto que pensa contratar é fundamental para gerir o seu projecto.

Os arquitectos costumam exercer por conta própria, como trabalhadores independentes, empresário em nome individual ou membro de uma sociedade (são os chamados gabinetes de arquitectura). Há também gabinetes que unem em sociedade  arquitectos e outros profissionais que participam nos projectos de arquitectura, como empreiteiros, arquitectos de interiores e engenheiros, embora seja mais vulgar a modalidade de subcontratação destes profissionais por parte de sociedades de arquitectos.

Como se processa o trabalho dos arquitectos?

Cada profissional tem as suas particularidades de trabalho, mas no geral existem algumas etapas que todos têm de seguir:

1º Reunião prévia com os clientes e elaboração do programa

Esta reunião destina-se a perceber os objectivos, as exigências e o orçamento do projecto junto do cliente e dá origem a um relatório (designado por programa do projecto), onde são discriminados os requisitos que o projecto deve satisfazer. 

2º Elaboração do projecto

Nesta altura o profissional elabora um conjunto necessário de esboços, desenhos, maquetas, imagens 3D e planos, através dos quais se pode ver em pormenor a imagem interior e exterior do edifício e onde se podem observar graficamente os detalhes relativos à construção. 

Estas ferramentas deverão mostrar em pormenor como serão integrados na estrutura os sistemas eléctrico, de canalização, de ar condicionado, entre outros. Este trabalho implica sólidos conhecimentos no domínio artístico, para apoiar as necessidades estéticas, no domínio técnico, que exige saber técnicas de construção e os respectivos materiais, e no domínio científico, que além de exigir os conhecimentos da área, implica saber na social, económica, histórica e humana.

4º Segunda reunião com os clientes 

Esta reunião serve para apresentar o projecto aos clientes e discuti-lo com eles. Essa discussão pode levar à introdução de alterações no projecto. 

5ºAssessoria

Muitas vezes o trabalho acaba com as alterações pedidas pelos clientes, mas por vezes, o serviço pedido ao arquitecto também inclui assistência ao cliente, para obtenção da licença de construção, e na preparação e negociação do contrato de empreitada, a especificação dos materiais de construção, a elaboração do caderno de encargos e o fornecimento de indicações sobre o custo e a duração dos trabalhos. 

6º Visita à obra

Após as fases de concepção e licenciamento, normalmente o arquitecto visita o local da construção para se certificar do progresso e da qualidade dos trabalhos. Nesta visita o arquitecto pode discutir problemas de construção com os profissionais envolvidos. O trabalho do arquitecto só está concluído quando a construção está terminada e os testes exigidos estão efectuados.

Como optimizar a busca de um arquitecto em Santarém

  • Faça uma pesquisa minuciosa

Utilize o que os tempos modernos têm de mais prático: – a internet! Já lhe explicámos como usar a homify na sua pesquisa, mas não se fique por aqui. Pesquise nas redes sociais, nos fóruns de discussão, nas páginas amarelas e até no Site da Ordem do arquitectos (onde encontra muitas outras informações relevantes). Se os computadores não são seus amigos opte por uma via mais tradicional, pedindo referências a amigos e familiares, questionando nas lojas de materiais de construção ou falando com donos de edifícios que lhe tenham chamado a atenção por se enquadrarem no seu estilo. Não se esqueça de que contratar um profissional da sua região tem várias vantagens, nomeadamente nos custos de deslocação e no acompanhamento que o profissional pode dar ao seu projecto.

  • Estude bem os portefólios

Conhecer um conjunto de trabalhos elaborados pelo profissional é a melhor forma de saber se eles se enquadram nas suas expectativas. Como já referimos, os arquitectos tendem a especializar-se em alguns tipos e estilos de trabalho, pelo que saber o potencial do profissional que está a pensar contratar é o melhor meio para entender se ele vai cumprir com as suas necessidade. Peça aos profissionais que lhe forneçam esse portfólio, consulte-o online e visite os projectos que puder.

  • Estabeleça o envolvimento que pretende qe o arquitecto tenha no projecto

Precisa só do projecto ou o profissional vai acompanhar de perto todo o processo até à sua conclusão? Esta escolha define o grau de envolvimento do profissional contratado ( e por isso o seu grau de preocupação com as burocracias e problemas do processo), mas também vai condicionar o preço do trabalho, pelo que deve ser bem pesada.

  • Conheça o profissional

Quando contacta um gabinete de arquitectura está a optar por um grupo de profissionais, que podem ou não estar todos envolvidos na criação do seu projecto, mas mesmo que seja um grupo, há sempre um que terá  a maior parte do trabalho e da responsabilidade. Conheça e reúna com o profissional responsável, mesmo que possa também ouvir os outros envolvidos.

  • Valorize as referências e recomendações  

Saber como correram os projectos anteriores, o tipo de comunicação com o profissional e as dificuldades surgidas é muito importante para extrapolar para o seu projecto. Procure recomendações online e fale com anteriores clientes directamente.

  • Estabeleça metas orçamentais

Em qualquer projecto de vida o orçamento é um factor de suprema importância, e num projecto de arquitectura não podia ser diferente. Estabeleça o se tecto orçamental com rigor, sabendo à partida que pode contar com cerca de 5.000,00 € para o projeto de licenciamento e execução , e, desse valor, o trabalho do arquiteto custa aproximadamente 3.200 €. A Ordem dos arquitectos elaborou uma ferramenta muito útil para o seu projecto para a orçamentação do seu projecto que pode aceder aqui

Também é importantes pensar nos métodos de pagamento e na possibilidade de fraccionar os pagamentos, além de não poder esquecer-se de avaliar detalhadamente cada propostas para não ser surpreendido com gastos inesperados.

Pesquisar imagens relacionadas