Arquitetos - Ponta Delgada: Encontre os melhores profissionais | homify

9 Arquitetos em Ponta Delgada

Área servida

Ponta Delgada – das belezas naturais à arquitetura

A cidade de Ponta Delgada é uma cidade portuguesa, que se localiza na Ilha de São Miguel e que pertence à Região Autónoma dos Açores. Apresenta uma população de 46 102 habitantes, de acordo com censos de 2011.

Ponta Delgada modernizou-se, nos últimos anos, mas continua a manter a sua essência e beleza, presente nas suas ruas estreitas repletas de comércio tradicional, mercados e lojas de iguarias. Conserva o que é típico, mas aposta numa arquitetura moderna na Marina. 

Além de toda a magnífica natureza e das piscinas naturais, há roteiros turísticos incontornáveis, como a Igreja Matriz de São Sebastião, o Forte São Brás, o Museu Carlos Machado, o Convento e Igreja de Santo André, entre outros.   

Esta cidade açoriana tem se afirmado, cada vez mais, em vários setores profissionais, sendo um deles a arquitetura. Neste texto, a homify quer dar-lhe toda a informação necessária para contratar um arquiteto e fazer da sua casa Ponta-delgadense um lugar idílico. 

Ponta Delgada: preços (terreno e IMI)

De acordo com os dados do Jornal Económico, de 2017, o valor mediano das vendas por m² de alojamentos era, em Ponta Delgada de 843€/ m². Um valor relativamente elevado, comparado a outras cidades do Continente.

Quanto à taxa de Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI), a Câmara Municipal da Ponta Delgada deliberou, para o ano de 2019, fixar o IMI sobre os prédios urbanos em 0,3% e reduzir a referida taxa, nos termos previstos do artigo 112.º-A do CIMI. Por exemplo, se o número de dependentes for de 3 ou mais dependentes haverá uma dedução fixa de 70€.

Por que devo procurar um arquiteto?

Lembre-se que contratar um arquiteto não é um luxo, mas sim uma necessidade. Será capaz de entregar o projeto da sua vida a alguém que não seja profissional? Certamente que não, como tal, a contratação de um arquiteto faz todo o sentido quando se pretende construir uma moradia ou reabilitar uma casa. 

O arquiteto é o profissional que procura de forma criativa as soluções mais adequadas às necessidades que lhe são comunicadas, elaborando estudos e projetos relacionados com as edificações. 

Tem como principal objetivo de proporcionar uma maior qualidade de vida aos seus clientes. Orienta nas tomadas de decisões, procura soluções que melhor se adaptam às necessidades e explora todos os cenários possíveis.

O arquiteto é o único profissional habilitado a realizar projetos de arquitetura. Quer opte por construir casa, remodelar ou reabilitar edifícios existentes, construir um edifício ou um conjunto de edifícios, expandir o seu escritório ou simplesmente adaptar uma pequena estrutura existente.

É de referir que, quanto mais cedo este profissional for envolvido no processo, maior será a sua capacidade de atuação.

Quais são as diferentes fases de um projeto de arquitetura?

O desenvolvimento de um projeto de arquitetura acontece em várias fases, sendo que cada fase é aprovada pelo cliente. Neste sentido, é fundamental existir uma interação e diálogo constante entre o cliente e o projetista, pois só assim é que o resultado final responde realmente às necessidades e desejos do cliente. 

Na primeira reunião, o cliente e o arquiteto decidem aquilo que vai ser planeado e desenvolvido, por isso, definem juntos o Programa Preliminar. Dentro deste documento estarão incluídos detalhes como o número de quartos, casas de banho e outras divisões, bem como aspetos estéticos e condicionantes orçamentais. São, ainda, analisadas as questões legais e os planos em vigor. Nesta fase são também discutidos os prazos de elaboração do projeto e é dado a conhecer a constituição da equipa de projetistas. Depois desta análise preliminar e das decisões tomadas, o arquiteto pode apresentar uma proposta de honorários e é celebrado um contrato.

De forma geral, o projeto desenvolve-se em 5 fases, que irão variar consoante o grau de complexidade.

1- Estudo Prévio: de acordo com o estabelecido anteriormente, o arquiteto desenvolve todo o projeto. Este é, normalmente, apresentado a partir de plantas, renders ou maquetas, de forma a permitir que o cliente entenda na totalidade o projeto que lhe é proposto. Nesta primeira fase é iniciada, ainda, o desenvolvimento dos Projectos de Especialidades, sobre a coordenação direta do arquiteto.

2 – Pedido de Licença camarária: conforme o tipo de projeto que é desenvolvido, este pode precisar ou não de licença por parte das entidades competentes. Neste sentido, o arquiteto desenvolve o projeto de acordo com os processos legais, preparando o processo de aprovação pela respetiva Câmara Municipal, e das demais entidades envolvidas no licenciamento do mesmo. Além disso, serão entregues os outros projetos de especialidades legalmente exigidos para aprovação (normas técnicas gerais e específicas de construção, os instrumentos de gestão territorial, o alvará de loteamento ou a informação prévia, quando aplicáveis). Note que se o seu projeto não precisar de licenciamento, esta fase não será necessária.

3 - Projeto de Execução/Medições e Orçamentos: depois das respetivas aprovações, o arquiteto responsabiliza-se por parte das entidades competentes e prepara o Projeto de Execução, este será apresentado sob a forma de desenhos e textos. Aqui poderão ser analisados todos os detalhes, como os processos construtivos, materiais, etc. É importante que sejam de fácil interpretação por parte dos diversos intervenientes. Por outro lado, são discriminadas as quantidades de materiais a utilizar, tipos de trabalho e formas de execução. 

4 – Seleção do empreiteiro da obra: depois das fases anteriores estarem encaminhadas, deve-se selecionar o empreiteiro da obra. O arquiteto pode ajudar o cliente nesta fase, ajudando-o a avaliar a capacidade técnica dos candidatos, bem como o preço e prazo para a execução da obra.  

5 – Assistência Técnica à Execução da Obra:  esta última fase é no fundo o culminar de todo processo desenvolvido até ao momento. O arquiteto é o profissional que estará sempre do seu lado, para esclarecer-lhe todas as suas dúvidas, ajudá-lo a ler documentos, dar-lhe feedback do decorrer da obra, entre outras questões.

Onde posso contratar um arquiteto na Ponta Delgada?

Existem várias formas de encontrar um profissional na área da arquitetura, construção civil ou decoração, sendo que a homify é umas das fontes mais seguras e eficazes. No nosso site pode encontrar vários contactos de arquitetos, inclusive os da Ponta Delgada – Ilha de São Miguel. Pode consultar sempre que quiser e precisar os vários projetos disponíveis na nossa página. É totalmente gratuito e muito intuitivo, porque o nosso objetivo é de chegar a qualquer pessoa. Pode, ainda, aproveitar este momento de pesquisa, para encontrar alguma inspiração para construir ou remodelar a sua casa, temos imagens dos mais variados estilos. Pode, perfeitamente, registar-se na homifyaqui – de modo a estar sempre a par das nossas novidades e aproximar-se dos profissionais registados na nossa plataforma.

Contacte os arquitetos que mais gostou, diretamente através da homify. Aconselhamos os nossos leitores a solicitarem mais do que um orçamento – três idealmente – porque é importante ter um termo de comparação tanto em termos de valores, bem como o que incluem. Atenção que os valores mais baixos não significam um melhor negócio. 

No entanto, pode enriquecer a sua pesquisa através de outros meios: 

  • Use a sua rede de contactos (amigos, familiares, colegas de trabalho ou vizinhos que tenham ou já tenham recorrido a um serviço de arquitetura. Uma fonte de informação fidedigna e segura);
  • Tire partido das suas redes sociais (Facebook, Instagram ou Twitter) para este fim, certamente que já viu algum amigo a publicar uma recomendação, na qual pedia ajuda para alguma coisa. Hoje, é a sua vez de escrever uma publicação onde pede contactos de arquitetos, na cidade da Ponta Delgada. Em poucos minutos irá ser notificado com boas notícias;
  • Pesquise na Internet. Use um motor de pesquisa, como o Google ou o Yahoo, e procure por arquitetos na Ponta Delgada ou, até, nas vilas adjacentes, desde que sejam perto da sua casa para facilitar as deslocações e respetivos custos;
  • Informe-se diretamente na Ordem dos Arquitectos.

Depois de escolher os seus gabinetes preferidos, agende reuniões com os arquitetos para que possa tirar todas as suas dúvidas. Pode até sugerir-lhes para conhecer in loco casas e outros projetos concluídos por eles. Assim, terá uma ideia clara do tipo de trabalho executado pelo profissional.

Quanto custa o serviço de um arquiteto na Ponta Delgada?

Quando pedimos vários orçamentos a um arquiteto podemos ser levado pelo preço mais barato, no entanto, nem sempre o preço é um fator determinante na adjudicação, mas são sim a conjugação de um vasto conjunto de fatores. Por isso, deve avaliar meticulosamente a proposta antes de assinar um contrato. Compare os vários documentos, porque alguns preços mais apelativos podem não incluir certos detalhes. 

A Ordem dos Arquitectos criou, para todos os utilizadores, uma ferramenta que se encontra online - aqui. Esta é de uma grande ajuda, uma vez que pode calcular a estimativa do “custo da sua com base num universo de obras licenciadas, em construção ou concluídas nos últimos 3 anos nas áreas metropolitanas de Lisboa, Porto e Algarve.” 

Em termos de preços, não lhe conseguimos dar valores certos, porém, conte com mais ou menos 3.180€ para o trabalho de um arquiteto.

Pesquisar imagens relacionadas