Arquitetos de interiores - Vila Nova De Gaia: Encontre os melhores profissionais | homify

28 Arquitetos de interiores em Vila Nova de Gaia

Área servida

Arquitectos de interiores em Vila Nova de Gaia

Vila Nova de Gaia foi elevada a cidade em 1984 e resultou da junção entre Gaia e Vila Nova. O município pertence à Área Metropolitana do Porto, estando localizado na margem sul da foz do rio Douro. A paisagem gaiense é facilmente reconhecível pelas dezenas Caves do Vinho do Porto e, recentemente, pela zona ribeirinha que foi modernizada e acomoda bons restaurantes, bares e alguns prédios de luxo com vista privilegiada para o rio. 

A cidade esteve na origem de diversas empresas de referência a nível nacional e pode orgulhar-se da tradição industrial que é forte em vários sectores como o têxtil, o da cerâmica e o da construção civil. É, também, em Vila Nova de Gaia que se encontram algumas das maiores superfícies comerciais do país como o Gaia Shopping, o Arrábida Shopping e o El Corte Inglés. A RTP tem os estúdios nortenhos em Gaia – no Monte da Virgem – e a Rádio Nova Era é, também, sediada nesta cidade.

Tem casa em Vila Nova de Gaia? Então, torne-a ainda mais especial com a ajuda de um arquitecto de interiores, não sem antes ler as informações que reunimos para si neste texto.

 

1. O que fazem os arquitectos de interiores?

Os arquitectos de interiores projectam, como o próprio nome indica, os interiores de edifícios residenciais, públicos ou comerciais, tendo em conta a funcionalidade e a estética dos mesmos. Estes profissionais possuem um background em Arquitectura e especializam-se, posteriormente, em interiores. O curso de Arquitectura fornece-lhes as ferramentas de que precisam para alterar estruturalmente os espaços. Os arquitectos de interiores estão, por isso, aptos a fazer projectos que incluam mudanças significativas como, por exemplo, a demolição de paredes, a abertura de janelas, a substituição de revestimentos ou a realocação de sistemas de canalização e de electricidade.

No decorrer do projecto, os arquitectos de interiores coordenam equipas de outras áreas – canalizadores, electricistas, marceneiros, carpinteiros, entre outros -, supervisionam os trabalhos, interagem com os clientes, definem prazos e preparam os cadernos de encargos.

2. Quando é oportuno contratar um arquitecto de interiores?

  • Há cada vez mais pessoas a optar pela compra de casas antigas que possam ser restauradas a gosto. Se é o seu caso, sugerimos que, antes da compra, leve um arquitecto de interiores ao local para que este profissional o ajude a inspeccionar os espaços, a avaliar o potencial dos mesmos e a definir que obras são exequíveis ou não.   
  • O mercado imobiliário é feroz. Uma casa sem graça passará facilmente despercebida entre todas as outras, levando a que a venda se demore a concretizar. Para acelerar o negócio e conseguir pôr o seu imóvel à venda por um preço mais interessante, apoie-se na contratação de um arquitecto de interiores. Este profissional saberá que alterações fazer para criar ambientes especiais que atraiam os compradores.
  • A configuração da sua casa não dá uma resposta adequada às necessidades da sua família? Precisa de mais um quarto, de uma casa de banho de serviço ou de ampliar uma divisão? Para este tipo de obras, deve contratar um arquitecto de interiores.
  • Os arquitectos de interiores não se debruçam apenas sobre projectos residenciais. São, na verdade, muito importantes para tornar lojas, hotéis, cafés ou restaurantes mais cativantes, o que é determinante para que os negócios triunfem. Lembre-se que os olhos também compram.

3. Quais são as vantagens inerentes à contratação de um arquitecto de interiores em Vila Nova de Gaia?

Abordagem profissional ao projecto: actualmente, é muito fácil encontrar ideias interessantes de design e de decoração. Há-as em revistas, em sites dedicados ao tema e, claro está, nas redes sociais. No Instagram, por exemplo, encontram-se milhares de contas de arquitectura, de decoração e de design. No entanto, uma coisa é aceder a essas imagens e outra, totalmente diferente, é pôr em prática aquilo que nelas vemos e, mais do que isso, darmos o nosso toque pessoal aos espaços. Um arquitecto de interiores dir-lhe-á se as suas ideias são viáveis e práticas, terá em conta o seu ponto de vista e identidade e ajudá-lo-á a encontrar as peças adequadas para trazer o projecto à vida.

Optimização do orçamento: há várias formas através das quais um arquitecto de interiores o pode ajudar a poupar dinheiro. Depois de devidamente informado sobre o seu orçamento, este profissional aconselhá-lo-á em relação à forma como pode gerir os gastos. Há investimentos que valem a pena e outros que são dispensáveis. Estes ajustes permitem que se leve o projecto a bom porto de forma adequada, equilibrada e racional. Além do mais, os arquitectos de interiores conhecem múltiplas marcas, lojas e fornecedores, pelo que é provável que façam verdadeiros achados e que lhe consigam descontos. 

Orientação aquando da compra de materiais, peças de mobiliário e acessórios: escolher revestimentos, móveis e acessórios tem tanto de divertido como de confuso. Só para a casa de banho, é preciso comprar azulejos, torneiras, toalheiros, iluminação, móveis para arrumação, chuveiros, espelhos, entre outras coisas. Quer mesmo passar por isto sozinho? Um arquitecto de interiores orientá-lo-á nestas e noutras compras, considerando o seu gosto pessoal, os preços, a qualidade, a durabilidade, o design e as necessidades e o estilo do espaço. Parece um preciosismo, mas é uma enorme ajuda, sobretudo em projectos de grande dimensão.

Optimização do tempo: um projecto de arquitectura de interiores pode demorar entre quatro a doze meses. O tempo varia consoante o tipo de projecto, mas os clientes privados estão, por norma, mais preocupados em acertar nas escolhas do que em ter tudo pronto dentro de um prazo exigente. Porém, os arquitectos de interiores estão habituados a gerir prazos e a lidar com imprevistos, libertando os clientes dessa pressão.

Planeamento: é possível que já tenha feito alguma uma alteração em sua casa que, à partida, lhe parecia perfeita, mas que, no fim, não ficou bem como imaginava. Ora, a maioria dos arquitectos de interiores trabalha com programas de modelação 3D que possibilitam que os clientes tenham acesso a uma visualização tridimensional dos espaços, por vezes tão precisa que é difícil dizer se a imagem é computadorizada ou se se trata de uma fotografia. Estes programas permitem que se experimentem cores, materiais e diferentes layouts, pelo que os clientes ficam com uma ideia muito realista em relação ao resultado e podem fazer alterações atempadamente.

4. O que considerar antes de contratar um arquitecto de interiores em Vila Nova de Gaia?

Contratar um arquitecto de interiores é vantajoso, mas não deve fazer este investimento sem, primeiro, percorrer os passos que se seguem:

  • Comece por fazer o seu trabalho de casa: defina quanto quer gastar, faça uma lista daquilo que não dispensa nas áreas que vão ser intervencionadas e crie um moodboard que o ajude a organizar o processo criativo e a comunicar as suas ideias ao arquitecto de interiores.
  • De seguida, analise os portefólios de alguns arquitectos de interiores e seleccione aqueles de que mais gosta. Tire os contactos e faça uma visita aos ateliers para poder conversar com os profissionais. Durante este encontro, esclareça dúvidas, mostre o seu moodboard, aborde a questão dos preços e tente perceber se está perante um profissional disponível e simpático. É importante haver empatia entre o cliente e o arquitecto, sob pena de o projecto não correr como o esperado.
  • Sugerimos-lhe que peça mais do que um orçamento – três será o ideal – e que analise as propostas não só em função dos preços como também daquilo que eles compreendem. Pode valer a pena pagar mais se isso significar que vai usufruir de um serviço mais abrangente.
  • Não se esqueça de consultar as referências deixadas por antigos clientes. Se não as encontrar on-line, pergunte ao arquitecto como pode tomar conhecimento delas.
  • Não avance sem assinar um contrato que esteja redigido com clareza e que seja justo para ambas as partes. No contrato, deve constar o tipo de serviço providenciado, a duração da obra e o preço da mesma.

5. Onde encontrar um arquitecto de interiores em Vila Nova de Gaia?

A sua pesquisa pode começar aqui mesmo pela homify. Na nossa plataforma, reunimos projectos de arquitectura, de design, de decoração e de construção. Todas as imagens que compõem a nossa galeria estão associadas aos nomes dos profissionais por elas responsáveis. Cada profissional tem o seu próprio perfil, dentro da homify, onde partilha os trabalhos que executa, assim como os contactos telefónicos, a morada e, não raras as vezes, os links para as redes sociais e site. O nosso propósito é dar a conhecer os melhores projectos portugueses e criar pontes entre os profissionais e os leitores.

Para além da homify, sirva-se das redes sociais como o Facebook, o Instagram e o Twitter. Pode fazer uma procura pelas palavras-chave – arquitectos de interiores em Vila Nova de Gaia - ou fazer uma publicação a pedir uma recomendação.

Por norma, é para o Google que nos viramos quando queremos encontrar alguma coisa. Basta introduzir as palavras-chave que acima mencionámos para, de imediato, lhe ser apresentada uma miríade de resultados. Os primeiros são os mais populares.

Apesar das mais-valias que a tecnologia traz, não deixe de pedir referências aos seus amigos, familiares, colegas de trabalho e até vizinhos. Consulte, igualmente, revistas de arquitectura e de decoração onde todos os projectos vêm creditados.

Vila Nova de Gaia é uma cidade desenvolvida onde há cada mais oferta em todas as áreas. No entanto, vale lembrar que pode expandir a sua procura para as cidades vizinhas como o Porto, Matosinhos ou a Maia.