Arquitetos de interiores - Faro: Encontre os profissionais ideais | homify
Error: Cannot find module './CookieBanner' at eval (webpack:///./app/assets/javascripts/webpack/react-components_lazy_^\.\/.*$_namespace_object?:3646:12) at at process._tickCallback (internal/process/next_tick.js:189:7) at Function.Module.runMain (module.js:696:11) at startup (bootstrap_node.js:204:16) at bootstrap_node.js:625:3

15734 Arquitetos de interiores em Faro

Space Invaders _ Arquitectura e Design
Sobre nósCriada em 2003, a Space Invaders _ Contemporary Interior Design é uma loja/atelier de interiores multidisciplinar
Justina Klybaite Studio
Architecture & Interior design studio creating poetic spaces and casual luxury.Algarve | London
ShiStudio Interior Design
HistóriaSheila Moura Azevedo, portuguesa, nasceu em São Paulo em 1977. Filha de um designer industrial e de uma apaixonada
Fornature Design
Leni Farenzena is bilingual in Italian and Portuguese, and also speaks fluently English and Spanish.  She’s an architect
Linhas Simples
Fundado em 2013, com sede em Lisboa, as Linhas Simples é um atelier de Arquitectura ,Design de Interiores, Consultoria e
Areabranca
. ARQUITETURAPROJETOS DE ARQUITETURA DE CONSTRUÇÃO DE RAIZ, REMODELAÇÕES E AMPLIAÇÕESO projeto de Arquitetura é constituído
Architect Your Home
Contacte-nos através: http://www.architectyourhome.pt/contactos/  ou  +351 912 408 380O Architect Your Home é uma nova
Pureza Magalhães, Arquitectura e Design de Interiores
A exercer atividade há 30 anos, Pureza faz aquilo que gosta: Arquitetura e Design de Interiores.Com uma vasta experiência
Revisite
Décor na rede: Revisite oferece consultoria de decoração online para todo o Brasil A arquiteta Taiza Santos democratiza
Rima Design
Sobre a Rima DesignA Rima Design tem morada em Lisboa e foi fundada em 2018. Apesar de ser um projecto novo, a equipa por
DZINE & CO, Arquitectura e Design de Interiores
A DZINE & Co. oferece serviços de excelência nas áreas de Arquitectura, Design de Interiores e Decoração para residências
Form Arquitetura e Design
Gabinete com mais de 15 anos de experiência. Desenvolvemos projetos de arquitectura, remodelações, design interiores, iluminação
MARIA ILHARCO DE MOURA ARQUITETURA DE INTERIORES E DECORAÇÃO
Pela larga experiência em projectos de arquitectura de interiores e decoração de espaços públicos e privados, comprovada
BL Design Arquitectura e Interiores
BL Design, Arquitectura e Interiores: fundado por Cecília Banito e Pedro Lourenço, é um atelier de arquitectura de interiores
R&U ATELIER LDA
R&U Atelier, sedeada em Guimarães, presta serviços de arquitectura, decoração de interiores e gestão de obra.        No
7eva design  - Arquitectura e Interiores
Desde a sua passagem pela cidade de Edimburgo, na Escócias aonde realizou o seu PHD em Mobiliários que a Designer de Interiores
D O M | Architecture interior
Recomendamos. Você escolhe. Fazemos isso junto com você. Estudo em profundidade de todos os detalhes do interior e de uma
No Place Like Home ®
A No Place Like Home® é um atelier de Arquitectura & Design de Interiores sediada em Matosinhos. Associados a um padrão
Sizz Design
Somos um atelier de arquitectura e design de interiores onde os nossos clientes se tornam o nosso maior foco. A procura
Catarina Batista Studio
É em 2011 que Catarina Batista, arquitecta de formação, funda o seu atelier, Catarina Batista Studio, com o objectivo de

Arquitectos de interiores em Faro

Faro é capital de distrito e a sede de um município com cerca de 64 500 habitantes. Apesar de associarmos o Algarve ao turismo e às férias de Verão, Faro tem, na verdade, uma vocação muito cosmopolita que a distingue das demais cidades algarvias. A cidade é deveras atractiva para a fixação de actividades terciárias e comerciais, detendo a maior parte dos serviços administrativos da região. Não esqueçamos, ainda, que Faro acolhe o aeroporto que movimenta mais do que 5 milhões de passageiros por ano.

É em Faro que se situa a Universidade do Algarve, um estabelecimento que atrai milhares de jovens que, por sua vez, dinamizam a cidade e estão no centro de vários eventos que nela têm lugar. É o caso da Semana Académica do Algarve, considerada uma das melhores do país, que decorre ao longo de 10 dias. A Escola de Hotelaria e Turismo funciona em Faro desde 1966 e constitui uma referência nacional na área.

A cidade tem, à disposição, alguns espaços culturais interessantes e locais que merecem uma visita. É o caso da Sé, da Cidade Velha, da Capela dos Ossos, do Museu Municipal de Faro e, para os apreciadores de arquitectura moderna, do Teatro das Figuras projectado por Gonçalo Byrne.

Se procura um arquitecto de interiores em Faro, então considere as informações contidas neste texto e saiba como encontrar o profissional certo para o seu projecto.

1. O que fazem os arquitectos de interiores?

Em bom rigor, a arquitectura de interiores é uma uma ramificação da Arquitectura. Os arquitectos de interiores mais não são do que arquitectos especializados na vertente de interiores. Como o próprio nome indica, só actuam na parte de dentro dos edifícios, tendo em conta a forma como ela é usada. Os arquitectos de interiores debruçam-se sobre os acabamentos, o projecto lumínico, a ventilação, a distribuição dos sistemas de canalização e de electricidade e a ergonomia. Ao contrário dos designers de interiores e dos decoradores, estão aptos a fazer mudanças estruturais de fundo que impliquem a alteração completa do layout e a realocação de tubagens e de fios eléctricos. O trabalho destes profissionais começa na concepção do projecto e acaba, por norma, no término da obra. Não é uma “regra de ouro”, visto que há pessoas que encomendam os projectos e entregam a execução a outrem, o que significa que o trabalho do arquitecto de interiores acaba quando o projecto é criado.

O papel destes especialistas é cada vez mais necessário no mundo actual onde a oferta é vasta a todos os níveis. Um hotel, uma loja, um café, uma empresa ou qualquer outro espaço aberto ao público beneficia de um projecto de interiores interessante que conquiste as pessoas e as faça querer entrar e voltar. Os espaços e as marcas devem ter uma identidade forte e isso passa, incontornavelmente, por interiores originais, funcionais e confortáveis.

2. O que distingue um arquitecto de interiores de um designer de interiores e de um decorador?

Arquitecto de interiores, designer de interiores e decorador: são conceitos ambíguos que podem, por esse motivo, gerar alguma confusão. É, todavia, importante os clientes perceberem o campo de acção destes profissionais. Só assim poderão contratar a pessoa certa para o trabalho desejado. Note-se, porém, que são áreas que se cruzam em alguns aspectos.

Arquitecto de interiores: no ponto anterior, explicamos de forma detalhada o tipo de trabalho desenvolvido por este profissional. Os arquitectos de interiores utilizam a arte e a técnica para projectar espaços interiores, sejam eles públicos ou privados, considerando todos os elementos de construção. Se pretende fazer alterações de fundo em casa como, por exemplo, abrir um espaço através da demolição de paredes ou construir uma divisão nova, é ao arquitecto de interiores que deve recorrer.

Designer de interiores: os designers de interiores, por sua vez, têm um background em Design. A funcionalidade é uma das linhas orientadoras do trabalho destes profissionais, embora eles possam ser apenas requisitados para alterar os revestimentos, o mobiliário e a decoração. Os designers de interiores podem fazer alterações estruturais, embora menos profundas do que as dos arquitectos de interiores.  

Decorador: ao contrário dos arquitectos de interiores e dos designers de interiores, os decoradores não precisam de educação formal para trabalharem na área. Há, no entanto, vários cursos de Decoração, em Portugal, que possibilitam que estes profissionais obtenham um conhecimento mais aprofundado acerca de cores, estilos, metodologia, modelação digital 3D, entre outras coisas. O trabalho de um decorador é mais artístico e não estrutural, embora haja decoradores que tenham habilitações para ir um pouco mais além. Se procura alguém que o ajude a dar um novo élan à decoração da sua casa, é a um decorador que deve recorrer. Este profissional é proficiente a trabalhar com cores, têxteis, peças de decoração, mobiliário e a organizar todos os elementos que compõem um espaço de modo harmonioso e funcional.

3. Que etapas percorre o trabalho de um arquitecto de interiores?

  • Numa fase inicial, o arquitecto de interiores encontra-se com o cliente e visita o local da obra uma ou mais vezes. É nesta etapa que se discutem as pretensões do cliente e o orçamento de que este dispõe.
  • O arquitecto de interiores deverá visitar o espaço novamente, fazendo-se acompanhar por outros profissionais como, por exemplo, engenheiros. Este passo é importante para se inspeccionar o local e perceber aquilo que é ou não viável, considerando, sempre, as expectativas do cliente e o limite orçamental.
  • Cumprida esta fase, o arquitecto de interiores fará um estudo prévio que consiste num plano geral do projecto, em algumas simulações e numa estimativa orçamental básica. Depois de aprovado, passa-se para o projecto de execução que inclui pormenores e um orçamento detalhado que compreende os valores providenciados pelos fornecedores.
  • Idealmente, o arquitecto de interiores apresenta mais do que um projecto para que o cliente tenha algumas hipóteses de escolha. Hoje em dia, a maior parte dos profissionais utiliza softwares de modelação 3D que geram representações tridimensionais dos espaços e permitem que se experimentem diferentes configurações, acabamentos, cores ou texturas. Desta forma, os clientes têm acesso a uma imagem muito realista do resultado e podem experimentar e pedir que se façam atempadamente as alterações.
  • Depois de encetada a obra, o arquitecto de interiores está, geralmente, incumbido da alocação de mão de obra, da coordenação das equipas envolvidas no projecto, da supervisão do desenvolvimento do trabalho, da comunicação com os clientes e da gestão dos gastos.

4. Quais são as vantagens inerentes à contratação de um arquitecto de interiores em Faro?

Entre as principais vantagens intrínsecas à contratação de um arquitecto de interiores, destacaríamos as seguintes:

Acesso a bons profissionais e produtos: ao contratar um arquitecto de interiores está a abrir várias portas. Estes especialistas criam as suas próprias equipas de trabalho que incluem todos os profissionais necessários à obra (carpinteiros, marceneiros, electricistas, entre outros). Assim, não precisa de os procurar um por um e de verificar sozinho a qualidade dos mesmos. Para além disso, os arquitectos de interiores sabem onde encontrar materiais e outros produtos a preços competitivos e podem arranjar bons descontos junto de fornecedores.

Poupança de dinheiro e de tempo: contratar um arquitecto de interiores é mais um ganho do que um gasto. Este profissional criará espaços confortáveis e de alta qualidade que, dificilmente, lhe trarão problemas no futuro e o farão entrar em despesas. Para mais, se algum dia considerar vender a sua casa, pode fazê-lo por um preço muito mais aliciante. Lembramos, ainda, que os arquitectos de interiores sabem gerir os orçamentos, aplicando o dinheiro onde realmente importa e poupando no que é secundário. A questão do tempo é, também, incontornável. Fazer obras é um processo moroso que pode tornar-se mais célere se houver alguém qualificado a gerir todo o processo e a ajudar-nos a fazer escolhas inteligentes.

Optimização do espaço: ficaria surpreendido com o que os arquitectos de interiores conseguem fazer dos espaços que, à partida, não parecem não ter qualquer potencial. Deixe que o arquitecto de interiores explore ao máximo a sua casa e surpreenda-se com o resultado.

Melhoria do seu bem-estar e saúde mental: sim, é mesmo verdade. Há inúmeros estudos que confirmam que os espaços nos quais nos movimentamos influenciam a nossa saúde mental e bem-estar. Um escritório escuro, desorganizado, mal configurado e inestético, por exemplo, impactará negativamente a produtividade de quem o usar.

5. O que considerar antes de contratar um arquitecto de interiores em Faro?

Antes de contratar um arquitecto de interiores em Faro, pondere os pontos que se seguem:

  • Em primeiro lugar, determine quanto quer gastar e pense naquilo que quer para o espaço que vai ser intervencionado. Pode criar um moodboard para estruturar o seu processo criativo e mostrar as suas ideias ao arquitecto de interiores.
  • Leve algum tempo a analisar os portefólios de alguns arquitectos de interiores. Seleccione os três portefólios de que mais gostou e agende reuniões com esses profissionais. Aproveite o momento para esclarecer dúvidas e conhecer melhor o profissional. Contrate alguém com quem sinta empatia e que perceba a sua visão criativa.
  • Não peça apenas um orçamento. O ideal é pedir três orçamentos para poder comparar. Tenha em conta a abrangência do serviço prestado e não apenas o preço.  
  • Consulte as referências deixadas pelos antigos clientes. Se o feedback for positivo, não há motivos para acreditar que as coisas não correrão bem consigo. Se ler alguma crítica negativa, repare se o profissional respondeu e que forma encontrou para lidar com ela.
  • Avance só depois de assinar um contrato detalhado e redigido com clareza. O contrato deve incluir o tipo de serviço prestado, o preço, os prazos e a garantia (se lhe for dada uma).

6. Onde encontrar um arquitecto de interiores em Faro?

A homify é uma plataforma on-line na qual pode encontrar inúmeros projectos nas áreas da arquitectura, do design de interiores, da decoração e da construção. As imagens que fazem parte da nossa galeria estão creditadas, o que torna fácil chegar ao nome dos profissionais ou das empresas por elas responsáveis. Os profissionais registados na homify têm os seus próprios perfis dentro do nosso site onde partilham os projectos e as informações de contacto.

Para além da homify, utilize o Google e as redes sociais para fazer a sua pesquisa. O Facebook, o Twitter e o Instagram são terrenos férteis para procurar empresas e para pedir uma indicação aos seus contactos.  

Não se esqueça de pedir recomendações aos seus familiares, amigos e colegas. Esteja, igualmente, atento às revistas de arquitectura portuguesas nas quais todos os projectos vêm creditados.

Pesquisar imagens relacionadas