Salas de estar ecléticas por studio ferlazzo natoli

Romântico e funcional: o estúdio perfeito

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Não raros são os jovens casais ou pessoas solteiras que saem de casa dos pais e se mudam para um pequeno estúdio. O estúdio é uma óptima opção em termos de orçamento e é, sem dúvida, mais confortável e, claro, fácil de limpar. Contudo, também apresenta alguns desafios, sendo o mais óbvio o que diz respeito ao espaço. Ou falta dele. Nem sempre conseguimos encontrar a melhor estratégia para criar espaços de arrumação adicionais em tão escassos metros quadrados. Todavia, acreditamos que é possível. É tudo uma questão de pensar o espaço de forma inteligente e criativa, aproveitando cada centímetro. 

O projecto que integra este livro de ideias é um exemplo perfeito. Veja como o Studio Ferlazzo Natoli decorou este adorável estúdio. 

Entrada adorável

Começamos pelo princípio, ou seja, pela fachada da pequena casa que abriga este estúdio. As superfícies possuem tons contrastantes que se dividem entre o cinza, o azul claro e o bege. O tipo de moradia remete-nos para a zona rural inglesa com as suas pequenas e adoráveis casas com um toque delicado e feminino. 

Zona de dia

O exterior não engana. Ao cruzar a porta, deparamo-nos com um espaço romântico e delicado que se pauta por cores neutras que o fazem parecer maior do que aquilo que realmente é. Na verdade, o branco envolve todo o ambiente, tornando-o mais radioso. Os móveis finos encostam-se subtilmente às paredes parecendo fazer parte delas e deixando o espaço central desimpedido. Ainda assim, o armário oferece muita arrumação aos proprietários deste estúdio. O contraste surge por via do piso de soalho de madeira. 

Cama num ambiente repousante

Os estúdios caracterizaram-se pela sua tipologia T0. Assim, da zona da entrada, passamos logo para a área de de dormir com uma bonita cama branca com uma cabeceira em palhinha a fazer lembrar as camas antigas. As cores mantêm-se claras, tanto nos móveis e revestimentos, como nos têxteis. 

Branco e madeira

A área de dormir também serve como área de repouso e de TV. Fixou-se um plasma na parede de modo a não ocupar espaço no espaço. Um móvel de televisão não caberia em tão exíguo espaço. Deste ponto de vista, há mais um detalhe que gostávamos de realçar. Referimo-nos às vigas de madeira que atravessam o tecto, tornando o espaço distinto e dinâmico. 

Parece um armário qualquer…

Vamos dar um passo atrás, até ao ponto de partida. Ao entrar, existe, do lado direito, uma mesa redonda com cadeiras transparentes que dão aquela sensação de que estão lá, mas não estão. Ao lado dela, vemos um móvel branco. Será apenas um simples armário ou guardará ele uma surpresa?

(… ) mas, é uma cozinha!

Um simples armário? Claro que não! Ao abrirmos as portas, surpreendemo-nos com uma pequena cozinha com o essencial para as actividades diárias. É certo que tem pouco espaço, mas com muita capacidade de organização, é possível tirar bom partido desta área. Depois, é só fechar as portas, e o apartamento regressa ao seu estado imaculadamente branco.

Casa de banho

A porta em frente à cama dá acesso à casa de banho. O ambiente é acolhedor e esteticamente agradável. O lavatório surge na diagonal de forma a aproveitar-se melhor o espaço. O revestimento com azulejos de cerâmica faz-nos lembrar uma manta de retalhos. Aqui, o branco perde o seu protagonismo e dá lugar ao cinza e a tons terra. A zona de chuveiro é aberta e ligeiramente desnivelada em relação ao resto do espaço.

O que achou da forma como os decoradores aproveitaram o espaço disponível?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!