CASA RM_PÓVOA DE VARZIM_2013: Corredores e halls de entrada  por PFS-arquitectura

Um projecto inspirador repleto de tradição

anadomenti anadomenti
Loading admin actions …

A viajar pelo interior de Portugal continental, a homify 360 inspirou-se na tradição não só dos costumes mas também dos materiais. Desta forma, decidimos mostrar-lhe um projecto super contemporâneo, mas com um toque tradicional quando se refere a técnicas construtivas e materiais a utilizar. Esperemos que este projecto da autoria de PFS-Arquitectura cuja obra foi concluída em 2013 seja uma inspiração para si tal como é para nós. Ficou curioso para descobrir mais?!

O uso da pedra

Desde os primórdios que a pedra é utilizada na construção de casas, pontes e muros. Devido à grande variedade de tipos, tamanhos e formatos, a pedra é muito utilizada na construção ou no revestimento de paredes, atribuindo desta forma um ambiente rústico e tradicional às fachadas da casa.

Devido à sua versatilidade, é possível que a pedra seja aplicada tanto em espaços mais tradicionais como em edifícios mais contemporâneos. Assim sendo, a pedra pode ser aplicada nas fachadas, tal como é o caso da casa aqui apresentada, assim como na decoração de paredes no interior, nas casas de banho ou no revestimento de lareiras.

As vantagens do uso da pedra

Para além de enriquecer um espaço ou uma fachada devido às suas propriedades tectónicas, a pedra possui inúmeras outras vantagens; não é por acaso que é o material de eleição na construção dos edifícios mais tradicionais. Mais do que um material bonito, é um material super resistente e durável e exige pouca manutenção. Para além de ser utilizada no revestimento das paredes no exterior, é também utilizada para ornamentos no interior dos edifícios de habitação já que, aliadas a um bom sistema de iluminação artificial, cria ambientes de sonho, cheios de elegância e sofisticação. Para além de resistente às intempéries, torna um espaço mais fresco nos dias de maior calor.

A combinação dos materiais

Nesta fantástica habitação unifamiliar, apesar de poder-mos observar o grande valor atribuído à pedra, rapidamente vemos que outros elementos mais contemporâneos foram utilizados para a definição desta fachada. Assim, enquanto que a pedra reveste o piso que se encontra em contacto com o solo, o segundo piso é pintado a tinta branca, atribuindo desta forma leveza ao edifício. Para além dos materiais de revestimento, volumes foram subtraídos a este edifício criando desta forma pequenas varandas de apoio aos quartos.

Os detalhes

Já no interior, vê-se a vontade de criar contrastes com a fachada. Aqui, apesar do imenso uso do branco nas paredes e tectos de forma a clarear os espaços, a madeira é um dos principais protagonistas. No hall de entrada, para além de criar uma relação espacial com a sala de estar devido ao ripado aqui introduzido, cria também uma certa privacidade, separando fisicamente o espaço de passagem dos espaços de permanência.

A escada escultórica

Na escada que liga os dois pisos desta casa, a madeira surge também como elemento principal. Esta escada, para além de funcional, foi pensada também como um elemento escultórico, uma obra de arte que embeleza ainda mais um espaço. Aqui, os blocos em madeira maciça que definem os degraus fundem-se com o armário que reveste a parede do fundo, criando desta forma um ambiente dramático contrastante com o branco.

A ligação entre os espaços

E não poderíamos terminar este artigo sem lhe apresentar-mos a suite desta casa. Mais do que um quarto, é um espaço aberto que se interliga com a casa de banho revestida a pedra. A porta de correr em vidro para além de garantir a ligação visual entre ambos os espaços, garante a entrada de luz natural nesta casa de banho. É uma ideia fantástica não concorda?

O que achou dos materiais aqui utilizados? Deixe-nos a sua opinião.
Habitações  por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Peça a sua consulta grátis

Encontre inspiração para casa!