Salas de estar modernas por Arch. Andrea Pella

Um apartamento em mau estado que se reinventa

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Todos temos algum receio na hora de começar uma remodelação em casa e reinventar o nosso espaço. Ainda assim, às vezes as mudanças são inevitáveis: um cano roto, um sistema eléctrico que dá problemas, uma sala que já não é funcional. Enfrentar um processo de remodelação integral será muito mais fácil se nos concentrarmos no resultado e não no árduo processo que nos leva até ele. 

Para aqueles que estão a pensar fazer uma remodelação, ou que estão a meio de uma, e não vêem a luz no meio de tanta confusão, queremos partilhar este antes e depois de um pequeno apartamento. Uma prova de que vale a pena abraçar este desafio que é fazer obras em casa quando o que nos espera é um resultado espectacular.

Antes: um apartamento em ruinas

Encontramo-nos perante um velho apartamento em muito mau estado e a necessitar de uma remodelação profunda que vá muito além do puramente estético. A remodelação nesta casa não consiste numa simples mudança de visual, mas sim numa fundamental renovação de instalações, paredes, tectos e pisos que não estão em bom estado e que tão-pouco estão de acordo com as tendências estéticas seguidas pelo novo proprietário. Está na hora de deixar para trás o estilo rústico e as cores antiquadas.

Depois: a entrada

A entrada dá-nos a ideia do estilo que vamos ver por toda a casa. Branco imaculado, madeiras novas, minimalismo elevado ao máximo e um tecto em que as vigas de madeira foram substituídas por tectos falsos, onde se instalaram luzes LED que oferecem uma iluminação potente e funcional.

Antes: a sala de estar

Reorganizar a casa para criar espaços mais definidos era um dos objectivos da obra. A sala de estar aproveita uma das janelas da fachada, com uma pequena varanda, como ponto de luz. Será a partir daqui que se reorganizará a distribuição do espaço para se adaptar às necessidades modernas.

Antes: as instalações

A reforma desta casa mudou a estruturação das áreas, criando novos ambientes e remodelando o espaço total. Um dos aspectos centrais da obra foi o sistema eléctrico, razão pela qual também se instalou um tecto falso. Os novos isolamentos permitiram também uma melhor eficiência térmica e de som. Tal como nos tectos, também os pisos sofreram uma importante remodelação que permitiu instalar um sistema de aquecimento por piso radiante.

Depois: sala de estar fabulosa

Uma vez terminada a obra, é impossível perceber a confusão que instalar o aquecimento e os novo sistema de isolamento provocou. Isto acontece porque a única coisa que apreciamos aqui é uma sala de estar onde impera a ordem e o branco imaculado, pincelado de forma pensada e eficaz por toques de negro. 

Durante a remodelação foram instalados alguns elementos embutidos, como as estantes que rodeiam a porta de acesso à pequena varanda. Outro elemento incorporado é o sistema de ar condicionado que ao estar embutido na parede apresenta-se muito mais discreto e não afecta visualmente o design do ambiente. A iluminação com LEDs sobre o sofá consegue criar um ambiente diáfano que pode tornar-se mais acolhedor com luzes de ambiente sempre a situação o exija.

Nem só de branco vive o minimalismo

Mas nem só de branco vive o minimalismo. O negro é também fundamental. Por isso, neste corredor que liga a sala de estar à cozinha, usou-se o negro para acrescentar um contraste que marque o ambiente do espaço. O uso de um armário branco e negro não é original mas é muito elegante: uma decisão segura. Novamente os LEDs são a chave da iluminação.

A nova cozinha

Estamos perante a cozinha onde, tal como no resto da casa, se combina o negro e o branco com uma estética minimalista e funcional.

Antes: casa de banho do terror

Tal como no resto do apartamento, a casa de banho estava em mau estado, com gretas profundas nas paredes e uma instalação que se havia tornado obsoleta. Um dos elementos que desaparecerá com a remodelação é o desnível sobre o qual se encontra o vaso sanitário. Será eliminado levantando-se o resto do chão de forma a permitir mudar a instalação dos sanitários e criar um interior mais funcional e confortável.

Depois: casa de banho impecável

A imagem actual não se parece nem um pouco com a antiga. Como vemos, o vaso sanitário mudou a sua orientação e por baixo da janela foi colocado um pequeno toalheiro aquecido. O uso do branco aumenta a sensação de luz e espaço na casa de banho e o negro repete o contraste que vimos noutras divisões e que reforça a elegância deste espaço.

O novo quarto

No quarto, não há os contrastes. Na última divisão que visitamos, a monocromia é total. Leveza, minimalismo e muita luz para um quarto que foi reinventado seguindo a linha do resto da casa: piso radiante, ar condicionado embutido na parede e luzes LED

Em conclusão, até as vivendas em pior estado podem ser transformadas numa casa moderna e funcional.

Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!