Apartamento soberbo. Diríamos mesmo, a casa ideal!

Solicitar cotação

Número incorreto. Por favor verifique o indicativo do país, da cidade ou número de telefone.
Ao clicar 'Enviar' eu confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação seja processada para responder a um pedido.
Nota: Poderá anular o seu consentimento enviando email para privacy@homify.com com efeito futuro.

Apartamento soberbo. Diríamos mesmo, a casa ideal!

Mariana Caldeira Mariana Caldeira
Edifício Gaivotas:   por Pureza Magalhães, Arquitectura e Design de Interiores
Loading admin actions …

Encontrar a casa ideal não é uma tarefa fácil. Além da dificuldade em conjugar preços, áreas e localização, o processo complica-se quando é necessário visualizar a ocupação dos espaços a partir de meia dúzia de paredes. 

É nestas situações, que recorrer a um arquitecto especializado em design de interiores poderá fazer muita diferença na sua vida. E é por isso que hoje em vez de lhe trazermos o tradicional projecto de arquitectura, optámos por lhe apresentar um trabalho desenvolvido após a recuperação de um edifício urbano, que assumiu um papel preponderante na requalificação dos espaços.

Pureza Magalhães foi a líder da equipa responsável por esta intervenção. Formada em arquitectura de interiores pela Fundação Ricardo Espírito Santo, a arquitecta formou o seu próprio atelier há mais de vinte anos e desde então tem demonstrado a sua versatilidade através da resposta a todo o tipo de desafios relacionados com a transformação de interiores.

Interiores

Dadas as características do lugar, o desenvolvimento dos interiores procurou transformar a excessiva compartimentação das construções mais antigas criando uma nova fluidez ao longo dos espaços. Esta libertação das áreas além de ter proporcionado uma ocupação mais informal, permitiu que a luz inundasse o edifício de forma mais homogénea, aumentando significativamente a presença de luz natural.

Arquitectura e contexto

Tal como se tem tornado frequente no território português, o trabalho de Pureza Magalhães desenvolveu-se após um processo de reabilitação de um edifício com vários pisos. Situado em Lisboa, o espaço é envolvido pelo fácil acesso à maioria dos bens e serviços de qualquer centro urbano, sem comprometer o conforto proporcionado por espaços amplos e devidamente iluminados.

Público

Ao contrário do que acontece na maioria das construções tradicionais portuguesas, as áreas mais sociais da habitação desenharam-se de forma a comportarem-se como um único espaço. Através de alguns elementos verticais, horizontais ou simbólicos, esta zona vai-se transformando e criando diferentes ambientes. A presença do betão é contraposta pela tradicionalidade da madeira e pela permeabilidade do vidro, que estrategicamente colocados formam um conjunto harmonioso.

Cozinha

A cozinha é uma das divisões que sofreu mais alterações com o processo de remodelação dos interiores. Apostando numa atmosfera mais minimalistas, as paredes e móveis brancos são contrapostos pelo cinzento do pavimento e outros detalhes mais coloridos. Além da luz proveniente da janela, foi integrado um tecto falso, que combinado com os tons claros dos materiais multiplica o nível de iluminação.

Privado

As zonas da casa que pressupõem um maior grau de intimidade foram desenvolvidas de forma a equilibrar a fluidez das zonas sociais. Sendo assim, os quartos são compostos por um design simples mas que através de pequenos detalhes acaba por criar uma atmosfera mais intima e privada. A luz natural e o branco das paredes são harmonizados com os pavimentos em madeira e alguns apontamentos de cor.

Casa de banho

casa de banho é, sem dúvida, uma das divisões mais inovadoras do edifício. Desafiando os limites da privacidade inerentes a esta divisão, ela abre-se corajosamente aos restantes espaços da habitação, que permitindo alguma permeabilidade visual, aumenta os níveis de iluminação natural.

Criatividade

De facto, o trabalho desenvolvido no interior de qualquer tipo de projecto de arquitectura, assume um papel preponderante na qualidade dos ambientes criados. Neste caso foi a criatividade de Pureza Magalhães que permitiu tornar uma construção desatualizado num espaço surpreendentemente moderno. Muitas vezes é através das soluções mais simples que se atingem os resultados mais interessantes.

O que achou desta intervenção? Também quer um arquitecto de interiores?
Casas  por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa?
Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!