Corredores e halls de entrada  por HPONCE ARQUITECTOS

Como decorar o seu pequeno hall de entrada?

Ida Gaspar – homify Ida Gaspar – homify
Google+
Loading admin actions …

Embora este espaço fica muitas vezes esquecido no seio das nossas casas, nós na homify queremos dar-lhe a relevância que tanto merece. Afinal este é o lugar que avistamos, espreitamos quando se abre a porta de entrada. É através dele que percebemos como é a sua casa, o estilo, a decoração… Por que haveremos de deixar esse espaço em branco?! Está fora de questão! Queremo-lo bonito, atrativo, acolhedor… enfim que nos dê uma piscadela logo que entramos em casa e que nos diz indiretamente bem-vindo a casa

Sabemos ainda, que os halls de entrada pequenos são os mais comuns e são geralmente esses que nos dão volta à cabeça. Não sabemos o que fazer com eles… como decorá-los… como organizá-los… como torná-los acolhedores, brilhantes e até com ar grande. Por isso, decidimos reunir sete fantásticas inspirações, para que possa copiar as ideias que mais lhe agradar, para dar ao seu hall de entrada toda a atenção que bem merece. Quer ver? Então fique connosco!

1. Área aberta e luminosa

É bastante comum, quer em apartamentos ou em casas a entrada de casa ser quase inexistente, uma vez que esta liga-se diretamente com a área social da habitação, tal como vemos neste exemplo. 

Aqui, preferiram deixar o ambiente simples, deixando toda a decoração para o espaço seguinte. Neste caso, não ficou sobrecarregado ou demasiado pesado, pelo contrário tudo bastante leve e luminoso. A principal aposta foi a iluminação, como podemos ver pelos vários spots de luz. 

2. Estantes

Casa Cedofeita: Corredores e halls de entrada  por Floret Arquitectura
Floret Arquitectura

Casa Cedofeita

Floret Arquitectura

Mal abrimos a porta deparamo-nos com uma pequena entrada, mas mesmo assim tão luminosa e atraente, que não há como não conquistar. Se por um lado temos logo acesso às escadas, por outro temos uma grande estante, que segue as escadas dum lado e do outro. 

Apetrecharam essa estante de livros e de outras belas memórias, mas o que dá ênfase a este espaço é sem dúvida a luz amarela que reflete na parede. Um detalhe tão subtil que ilumina esta entrada, deixando-a mais atrativa e convidativa. 

3. Espelhos

Sabia que o espelho tem poderes mágicos? É verdade ele tem a capacidade de tornar ambientes pequenos, maiores, embora seja só visualmente. Mas já conta muito e faz toda a diferença. No caso de ter um pequeno hall de entrada, pode usar esse truque, para torná-lo maior do que a realidade. Nesta imagem pode ver que revestiram toda a parede com espelho, num padrão de diamante arlequim. Sendo mais original do que é normalmente habitual, como os espelhos emoldurados num friso dourado ou de madeira. 

Pelo reflexo do espelho, pode ver que a entrada é bastante estreita, mas que ganhou ênfase graças ao espelho. O chão branco, com detalhes pretos também intensificam este sentimento de dimensão. Refere-se ainda, o banco de estofo azul, ao estilo Chesterfield, que dá a nota de charme e sofisticação a este pequeno lugar. 

Afinal um banco na entrada é sempre um extra interessante, nomeadamente para esperar alguém ou calçar os sapatos.

4. Decorativo

Por vezes a entrada é tão pequenina e aberta com outro espaço que nem sabemos se a devemos decorar, marcar ou fazer alguma coisa, não é verdade? 

Mas é sempre importante marcar esse espaço com alguma coisa que seja, mesmo que essa dá de caras com a sala, por exemplo. Aqui o exemplo do arquiteto de interior Tiago Patrício Rodrigues, Arquitetura & Interiores demonstra uma bonita sugestão. Não precisa de criar uma separação, apenas colocar uns elementos decorativos, como uma planta, umas malas antigas, um cabide de parede, um pequeno espelho e ainda uma mesa, juntos à parede. Com estes elementos mesmo recuperados do passado consegue criar uma entrada surpreendente. 

Não hesite mais a dar alma à sua entrada!

5. Moderno

Neste projeto da Design Studio PDV a entrada foi projetada de forma forte e imponente, pela presença da escultura, ao lado da porta. A cor das paredes em tom azul também permite criar um contraste entre o restante espaço da casa que se avista logo quando se abre a porta. Esses painéis que separam e ligam a entrada num espaço só, criam como um pequeno refúgio de privacidade, demarcando assim as várias áreas de casa. 

Uma entrada que se faz de cor e de peças improváveis.

6. Quadros!

Uma entrada bem estreita e pequena, mas não por isso desprovida de beleza. Outro exemplo que prova e comprava que independentemente do tamanho da sua entrada, esta deve merecer sempre a sua atenção. Marcando-a com alguns detalhes. Seja um espelho para ampliar, um móvel estreito para arrumar ou ainda um grande quadro, tal como fizeram com esta fotografia ampliada, de forma a ocupar aquela fachada da parede.

Nota extra: a luz num hall de entrada pequeno é fundamental, ajuda a torná-lo não só luminoso, maior e acolhedor.

7. Os detalhes

Corredor, hall e escadas  por AD2P

Não é porque falamos em hall de entrada que este deve dispensar da beleza de detalhes decorativos. É logo nesse ponto de partida que deve dar o toque da sua graça e da sua personalidade, mostre a quem avista a sua casa que tem imenso gosto. 

Entre flores, quadros, telas, molduras ou potes… Existe imensa variedade de objetos e de detalhes que podem dar um ar acolhedor à sua entrada. 

Aqui, decoraram esta pequena entrada com uma mala de madeira antiga, com linhas marcantes, um quadro clássico com um moldura dourada e detalhes mais atuais, criando um estilo eclético e cheio de personalidade. Ideias bonitas para copiar

O seu hall de entrada é pequeno? As ideias irão ajudá-lo a dar um novo look a esse espaço? 
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!