10 Formas de Tornar uma Casa Mais Fácil e Segura para os Idosos

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Remodelação de apartamento na Portela, Sizz Design Sizz Design Portas
Loading admin actions …

As casas onde moram pessoas idosas têm necessariamente que ser adaptadas para acomodar as necessidades das mesmas. A idade traz, naturalmente, algumas limitações e o corpo humano, mais fragilizado, torna-se mais vulnerável. Com a esperança média de vida a aumentar e o envelhecimento da população, esta necessidade torna-se ainda mais premente. A maior parte das famílias não terá possibilidade de redesenhar toda a casa em função disso, mas há uma miríade de pequenas coisas que podem – e devem – ser alteradas para proporcionar conforto, segurança e saúde aos mais velhos. Coisas tão simples como a substituição das maçanetas ou a colocação de adesivos antiderrapantes para tapetes podem fazer a diferença no dia-a-dia de uma pessoa idosa. Hoje, é a elas que dedicamos o nosso artigo. Deixamos-lhe dez ideias – quase todas simples e pouco dispendiosas – para tornar a sua casa mais fácil para um idoso.

1 – Coloque adesivos antiderrapantes sob as carpetes

Projeto e remodelação de apartamento - Lisboa , UPFLAT UPFLAT Salas de estar ecléticas salas
UPFLAT

Projeto e remodelação de apartamento – Lisboa

UPFLAT

As superfícies escorregadias são extremamente perigosas para pessoas mais velhas. Como sabemos, uma queda, nestas idades, é muito preocupante, podendo ser fatal. Uma das coisas que pode começar por fazer é remover os tapetes e/ou colocar adesivos ou tapetes antiderrapantes sob os tapetes e carpetes de sua casa. Se possível, elimine (ou reduza a altura de) desníveis. Para os idosos que utilizam apoios para a andar, são preferíveis tapetes de pelo baixo visto que os tapetes de pelo alto prendem os andadores, podendo originar quedas. Considere, ainda, a aplicação de cera antiderrapante nos pisos.

2 – Substitua as maçanetas

Portas Pormenor puxador aço inox escovado Sizz Design Portas
Sizz Design

Portas Pormenor puxador aço inox escovado

Sizz Design

Parece um detalhe, mas a tarefa de girar uma maçaneta pode ser difícil – e até dolorosa – para alguém que sofra de artrite ou de outras condições desta natureza. Assim, sugerimos que evite modelos arredondados (em prol dos puxadores de alavanca) e que favoreça materiais aderentes para impedir que a mão escorregue ao abrir as portas.

3 – Substitua as torneiras

Instalação Sanitária da Casa da Luz Rima Design Reabilitação, renovação, remodelação, apartamento T2, casa de banho, casa de banho pequena, duche, poliban
Rima Design

Instalação Sanitária da Casa da Luz

Rima Design

A lógica das maçanetas para as portas também se aplica às torneiras que não devem ser de girar, mas sim basculantes e, de preferência, com as saídas de água quente e fria bem assinaladas. Estas torneiras basculantes ou com alavancas mais longas são, também, chamadas de torneiras clínicas. Quanto mais longa for a alavanca, mais fácil será para o usuário abri-la.

4 – Torne as escadas mais seguras

Stairs Grupo LL Escadas Construção,Luminária,Madeira,salão,Pisos,Design de interiores,Chão,Mancha de madeira,Escadaria,Propriedade do material
Grupo LL

Stairs

Grupo LL

Uma casa sem escadas é o ideal para pessoas mais idosas. Mas caso a sua casa tenha escadas, então instale corrimões de ambos os lados e certifique-se de que os degraus – e respectivas bordas – estão bem iluminados para que as etapas e limites estejam claramente definidos. Não se esqueça ainda de, nos degraus, colar tiras antiderrapantes.

5 – Ilumine bem toda a casa

Sala de estar - Moradia em Miramar - SHI Studio Interior Design ShiStudio Interior Design Salas de estar modernas shi studio,casa,decoração,interior,design,moradia,sheila moura azevedo,sala de estar,tv,televisao,sofa,miramar
ShiStudio Interior Design

Sala de estar – Moradia em Miramar – SHI Studio Interior Design

ShiStudio Interior Design

Como é óbvio, para além das escadas, toda a casa tem que estar bem iluminada, inclusive as zonas de passagem como os corredores e halls. Instale lâmpadas com boa intensidade e, se possível, interruptores em ambas as extremidades (no início e no fim de um corredor, por exemplo). Outra boa opção é apostar em sensores de presença para iluminação para que as luzes se acendam automaticamente à mera passagem.

6 – Troque banheiras por cabines de duche (ou instale uma banheira com porta)

Moradia unifamiliar - Tipologia T4, Esboçosigma, Lda Esboçosigma, Lda Casas de banho minimalistas
Esboçosigma, Lda

Moradia unifamiliar – Tipologia T4

Esboçosigma, Lda

Esta é uma das intervenções mais dispendiosas, mas necessária. Se a sua casa só está equipada com banheiras normais, deve substituir, pelo menos uma delas, por uma banheira com porta própria para idosos ou por uma cabine de duche (com a base antiderrapante ao nível do chão). Dentro da banheira, coloque uma cadeira ou banco ortopédico à prova de água e barras de apoio fixadas no local à sua escolha.

7 – Adapte a sanita

Os idosos tendem a ter dificuldades para se sentarem e levantarem da sanita. Para tornar mais fácil a utilização da mesma, coloque um alteador de sanita. Os alteadores à venda no mercado são universais e adaptam-se à maioria das sanitas. Têm cerca de 10cm de altura e aguentam muito peso. Coloque, ainda, apoios nas laterais.

8 – Fixe estantes e armários às paredes ou chão

Casa Amaro, há.atelier há.atelier Salas de estar modernas Propriedade,Mobília,Estante,Estante,Prateleiras,Madeira,Design de interiores,Arquitetura,Pisos,Publicação
há.atelier

Casa Amaro

há.atelier

Imagine uma pessoa idosa que, ao andar pela casa, procura apoio numa estante. Esta, por não estar bem presa, cede ao peso e cai. Para evitar que isso aconteça, certifique-se de que os móveis estão bem fixos às paredes ou ao chão.

9 – Deixe os objectos mais usados à vista e em zonas acessíveis

Apontamento com prateleiras em madeira. Desenho Branco Cozinhas industriais cozinha, cozinha open space, cozinha cinza, cozinha península, cozinha ilha
Desenho Branco

Apontamento com prateleiras em madeira.

Desenho Branco

Todos os objectos mais usados pelos idosos devem estar em zonas baixas e acessíveis (de preferência, à vista). Não os coloque em partes altas, no fundo de armários ou gavetas ou noutras zonas de difícil acesso que possam levar o idoso a subir para um banco ou a fazer qualquer tipo de “acrobacia” para lhes aceder.

10 – Remova o excesso de móveis

Quando pensamos na casa de uma pessoa idosa, pensamos em mobiliário pesado e em ambientes cheios. Mas a casa de uma pessoa idosa deve ser o oposto disso. Prefira peças simples e minimalistas e evite móveis desnecessários e demasiado pequenos (mesinhas de apoio por todo o lado, otomanas ou tamboretes, etc.). Pense em leveza e funcionalidade e em deixar os ambientes desimpedidos para uma circulação fácil.

Estas dicas foram-lhe úteis? Deixe-nos o seu feedback na caixa de comentários!

Precisa de ajuda com um projeto em sua casa?
Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!