5 Razões para Manter os seus Tectos de Estuque e Gesso

Elisabete Figueiredo – HOMIFY Elisabete Figueiredo – HOMIFY
Apartamento Av. D. Carlos I, Origem Arquitectos Origem Arquitectos Salas de estar clássicas Madeira maciça Branco
Loading admin actions …

A evolução dos materiais de construção e das tendências de design de interiores é realmente imparável. Os materiais tornam-se cada vez mais eficientes e são trabalhados para corresponder às estéticas do momento, sendo utilizados tanto em construções novas como em projectos de renovação, mesmo naqueles mais delicados, onde os materiais originais têm muita importância.

Mas quando falamos em renovações, nem sempre a remoção dos materiais antigos é a melhor opção, sobretudo se estão em bom estado.

No que se refere aos revestimentos de tectos, o estuque e o gesso foram a grande tendência durante muitos anos, e ainda continuam a ser muito utilizados, embora com métodos de aplicação e composições diferentes. O surgimento de novos materiais faz com que haja uma tendência generalizada para a sua remoção e substituição em projectos de remodelação. Mas, será que isso é obrigatório? É sempre melhor remover os antigos estuques ao modernizar uma casa? Não necessariamente…

A resposta definitiva deverá sempre ser dada por um profissional após um trabalho apurado de diagnóstico, mas nós na homify descobrimos algumas boas razões para manter os tectos de estuque originais de sua casa e assim poupar algum dinheiro na renovação. Ora veja!

1 – Estuque é estável

S Vicente Guesthouse I (1st Floor), CASCA CASCA Corredores, halls e escadas minimalistas Rosa stucco lime wood curves doors minimal light

O estuque é uma argamassa de areia, cal e água, que costumava ser aplicada manualmente. Antigamente o seu acabamento era feito com gesso e não precisava de pintura. O estuque O estuque é uma argamassa de areia cal e água aplicada manualmente, o acabamento é feito com gesso. Não precisa de pintura. O estuque moderno, projetado, é idêntico, sendo simplesmente aplicado de forma diferente.


O estuque é um material muito estável e duradouro, sobretudo se não se verificarem infiltrações ou danos causados por terramotos ou movimentos de terras perto do edifício. 

Se o estuque de sua casa não apresenta danos, ele vai manter-se assim ainda por muito tempo, pelo que a sua remoção e substituição pode não ser uma mais-valia.

2 – O estuque é eficiente

O estuque é muito eficiente no controlo da humidade interior. Na verdade, ele é uma das soluções que apresentam as melhores características higrométricas, pois tem uma óptima capacidade de absorver o vapor de água que satura o ar interior durante as actividades humanas e de depois libertar essa humidade quando o ar começa a secar. Isto faz que seja muito eficaz a evitar as tão temidas condensações.

O estuque também tem uma boa eficiência como elemento isolador, tanto no isolamento sonoro como térmico. Claro, actualmente há soluções mais eficientes nestas matérias, mas mesmo assim as capacidades do estuque, mesmo que antigo, não são de desprezar.

3 – O estuque é reparável

Mesmo que os seus tectos de estuque apresentem alguns danos, eles podem ser reparado por um bom estucador. É certo que estes profissionais são escassos, porque é uma arte antiga cuja faceta manual caiu em desuso, mas ainda se podem encontrar, sobretudo em empresas especializadas em fazer recuperações de edifícios.


S Vicente Guesthouse I (1st Floor), CASCA CASCA Salas de estar minimalistas curves doors wood stucco lime doors hole

Para perceber se é possível reparar o estuque ou se é melhor removê-lo, e qual é a opção mais vantajosa para si, tanto em termos financeiros como estéticos, deverá sempre solicitar a intervenção de um profissional.

4 – O estuque é retro

Dependendo do tipo de estuque que tem aplicado na sua casa, ele pode ser uma mais valia estética preciosa para o estilo da sua casa.

Aqui não estamos a falar os estuques areados feios e datados, tão característicos das casas portuguesas até aos anos 80 do século passado, mas sim de estuques decorativos antigos, como este que vemos num trabalho da FEMMA INTERIOR DESIGN.



S Vicente Guesthouse II (2nd floor), CASCA CASCA Cozinhas pequenas Azulejo tiles stucco curves window cabinet storage

Mesmo um estuque rústico simples e liso, com as suas imperfeições características de um trabalho artesanal, pode ser fundamental para preservar a alma antiga dos espaços, que se perderia com outro material mais moderno. Se for possível, considere mantê-lo e repará-lo ou invés de o substituir.

5 – O estuque pode ser pintado

Sala de Estar homify Salas de estar modernas Sala de Estar

Por último, é importante saber que o estuque pode ser pintado. Se o tecto está sujo e a limpeza normal já não é muito eficaz no restauro da cor original, pode sempre optar por pintá-lo ao invés de o remover. A pintura será de certeza um processo mais barato do que substituir todo o revestimento, pelo que pode ser uma opção em renovação de baixo custo.

O processo de pintura do estuque não tão simples como o de outras superfícies menos porosas (o gesso da camada superior é bastante poroso) e vai precisar de uma tinta específica, mas pintando o estuque pode obter aquele tom de branco puro que procura para o tecto do seu quarto.

Para saber mais sobre estuque, gesso e outros materiais alternativos leia também o artigo ’Estuque, Reboco, Gesso & Capoto: 7 Coisas a Saber’.


Qual é a renovação mais urgente que tem de fazer em sua casa neste momento?

Precisa de ajuda com um projeto em sua casa?
Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!