7 jardins pequenos que inspirarão o seu

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Todos nós precisamos de momentos ao ar livre em contacto com a natureza. Nem sempre, e nem todos, podemos refugiar-nos num cenário idílico longe da cidade. Para desanuviar, podemos, no entanto, praticar desporto, comer fora de casa, aproveitar bem o nosso dia livre para praticar um passatempo ou dedicar-nos à jardinagem. Para tal, basta ter um jardim, mesmo que pequeno. A jardinagem é muito especial pois ajuda-nos a descomprimir e a redescobrir a natureza. Além disso, podemos cultivar a nossa própria horta de ervas aromáticas para preparar os mais deliciosos cozinhados.

Para o inspirar a reforçar o seu vínculo com a natureza, seleccionámos sete jardins pequenos para o incentivar a cuidar do seu. 

Veja as nossas escolhas e dicas.

1. ​Espaço e distribuição perfeita

Escolher o espaço ideal e delimitá-lo. Este é, sem dúvida, o primeiro passo a dar quando se trata de criar um jardim pequeno. Seja ele numa pequena área verde em frente à sua casa ou num espaço livre na parte traseira, deve ter em conta a quantidade de sol que incide no espaço, assim como a vegetação apropriada para lá plantar e respectiva manutenção. Depois de cumprido este passo, planeie o tipo de decoração e distribua as áreas do jardim – zona de refeições, área de lounge, piscina, entre outras.

2. ​Criar um ambiente cómodo

Se pretende passar muito tempo no exterior, não se pode esquecer de lhe oferecer conforto através da adição de sofás adequados para exterior, uma mesa e cadeiras ou pufes. Assim, pode desfrutar do seu jardim em pleno com toda a comodidade. Quando escolher os materiais, certifique-se da qualidade dos mesmos. O mobiliário de exterior está exposto a condições climáticas extremas pelo que pode deteriorar-se com mais facilidade.

3. Madeira em todo o seu esplendor e canteiros com plantas locais

A madeira é um bom material para decorar o exterior pela sua resistência e aspecto natural que se harmoniza com o entorno. Deve, contudo, ter um bom acabamento para resistir ao mau tempo ou aos dias muito soalheiros.

Para os canteiros, opte por plantas da região e seja criterioso no que toca a sua disposição no espaço. Nem todas as plantas precisam de luz directa, mas se o espaço recebe raios de luz directamente recomendamos-lhe plantas como a afelandra, a araucária (se procura uma árvore), o arbusto pata de elefante, a planta-jade (suculenta), a coroa-de-cristo, o clássico cacto ou uma trepadeira.

Inspire-se neste jardim da autoria do gabinete Cato Creative

4. Aproveitar cada recanto

Terraços  por CATO creative
CATO creative

Rear Garden

CATO creative

Se o seu jardim recebe luz, mas se encontra numa área coberta pode recorrer a antúrios, a marantas ou a begónias. Todavia, se a luz é escassa também tem boas opções, como a camedória-elegante, o filodendro e o rabo-de-lagarto. Outra coisa que deve ter em conta é a quantidade de água que cada planta precisa. 

Normalmente, a regra é mais sol e menos água, mas recomendamos que se informe da melhor forma possível na hora de comprar as suas plantas.

5. Cores vivas e materiais diferentes

No caso do seu espaço não ser muito amplo, pode utilizar a altura como referência e fazer dela parte essencial do seu jardim. Pode utilizá-la como uma oportunidade para incluir plantas de maior estatura, fazer crescer trepadeiras, instalar vasos suspensos e criar jardins verticais na sua parede, desafiando as leis da gravidade. Tudo é possível com um pouco de imaginação.

6. Pedras no puro estilo minimalista

Se é verdade que nem todos os jardins contam com um grande espaço de cultivo onde seja possível instalar fontes e/ou floreiras, isto não quer dizer que não possa incluir esses elementos ou utilizar algumas estátuas e elementos de pedra no espaço exterior. Um exemplo disso é a utilização de seixos para os canteiros. Que lhe parece esta ideia?

7. Diversidade de cores e texturas

Uma outra forma de criar um jardim mais bonito é jogar com as cores e as texturas. Inclua plantas de diferentes cores, junte algumas flores coloridas, algumas plantas com fortes tons verdes e folhas largas que ofereçam dinâmica e ligeireza. Garantimos que seguindo estes conselhos, de cada vez que olhar para o seu jardim, sentir-se-á orgulhoso e pleno de ânimo para continuar a desfrutar do seu dia. 

Vai pôr alguma destas sugestões em prática? Deixe-nos o seu feedback.
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!