8 dicas para decorar cozinhas americanas

Rita Paião – Homify Rita Paião – Homify
Google+
Loading admin actions …

Quando bem decoradas, as cozinhas americanas trazem muitas vantagens. Em casas e apartamentos pequenos, abolir planos ou divisórias ajuda a economizar centímetros preciosos. E criar continuidade visual entre duas divisões, fazendo-parecer mais ampla.

Se as cozinhas americanas trazem tantos benefícios para o dia a dia, a decoração também deverá estar a coincidir. Como harmonizar dois ambientes tão diferentes? Qual a maneira de evitar que o vapor e os cheiros fortes incomodem as visitas? Que revestimentos aplicar?  Para responder a essas e outras perguntas, conheça as regras de ouro para a decoração de cozinhas americanas pequenas. E inspire-se com a nossa seleção de 8 ambientes cheios de estilo.

Instale um exaustor ou extractor

Exaustores e extractores evitam que cheiros se espalhem pela casa e por outros ambientes. Assim, eles tentam ao máximo evitar cheiros desagradáveis e protegem os outros móveis da gordura vinda da zona da confecção e preparação de refeições. Escolha o modelo de acordo com a frequência de uso e o layout da cozinha. 

Quem prepara muitas refeições vai preferir exaustores potentes, com alta vazão. Esses electrodomésticos renovam o ar e retiram o fumo, mas exigem instalação específica. Cozinheiros de fim de semana podem se dar bem com um exaustor, que apenas filtra o óleo do ambiente e dispensa instalações mais profundas.

Multiplique os usos da bancada

Explore ao máximo o balcão que separa a sala e cozinha! Do lado da cozinha, instale armários embutidos e, se houver espaço, uma bancada de trabalho extra. Transforme a o lado próximo à sala em um balcão para refeições. 

O espaço acima do balcão é perfeito para instalar luminárias que marquem subtilmente a divisão entre a cozinha e a sala. Munidas de lâmpadas com cores quentes, criam uma atmosfera intimista durante almoços e jantares.

Escolha revestimentos resistentes

Pequenos acidentes fazem parte da rotina de qualquer cozinha. Se pretende usar a sua com frequência, fuja de superfícies sensíveis. Instale pastilhas de vidro, porcelanatos, fórmica e pedras naturais ou artificiais. Caso deseje instalar revestimentos porosos, como ladrilho hidráulico e madeira, impermeabilize com camadas espessas de resina. Gastar um pouco mais no início evita que os materiais se estraguem rapidamente.

Cores e acabamentos parecidos garantem unidade

Coesão é a palavra-chave. Repetir tons, revestimentos e estilos de design dá unidade à casa e comunica, sem palavras, que a cozinha pertence à área social. Com menos divisões visuais, os espaços parecem maiores e ficam fáceis de entender numa só visualização.

Quer acrescentar novas cores ou estampados? Concentre-as em objectos especiais, como o armário amarelo no loft da foto. Dessa maneira, irá destacar itens especiais e a casa continuará linda de se ver.

Superfícies lisas e claras criam a ilusão de mais espaço

Tons leves enganam os olhos e transmitem a sensação de que a casa é maior.  Cores como branco, bege e azul-claro também formam uma base neutra para itens mais ousados, como as luminárias industriais nesse apartamento. Para ampliar ainda mais o espaço, instale superfícies contínuas — por exemplo, armários com portas lisas e da mesma cor ou bancadas homogéneas de grandes dimensões. Fuja de estampas pequenas, que fragmentam visualmente a cozinha.

Instale eletrodomésticos em ordem lógica

Pensar bem a sequência dos electrodomésticos evita falta de espaço. Por isso, posicione o frigorífico próximo da saída da cozinha: quem quiser apenas uma bebida não precisará atravessar todo o espaço e incomodar quem cozinha. 

Reserve espaço para o forno e fogão no outro extremo da divisão ou sobre a bancada. No meio, instale o lava-loiça e uma bancada de trabalho — é ali que vai preparar alimentos antes de os usar.

Economize na quantidade e tamanho dos eletrodomésticos

Vale mesmo a pena guardar utensílios usados poucas vezes por ano? E será que você precisa mesmo de um forno tamanho XL? Abrir mão desses electrodomésticos rende centímetros preciosos. Esta cozinha, por exemplo, apoia-se em peças bem escolhidas, como bancada, o forno embutido atrás da mesma, frigorifico, arca e microondas. Usar poucos equipamentos liberta espaço para uma pequena copa, com mesa, lousa e um charmoso armário de madeira. Tudo isso em um apartamento de apenas 85 m². 

Ilumine os espaços de trabalho

Boa iluminação ajuda a encontrar os utensílios e a perceber se os alimentos estão prontos a comer. Para isso, use lâmpadas que revelam fielmente as cores: halógenas, incandescentes ou LEDs com índice de reprodução de cor (IRC) maior do que 80. Instalar vários pontos de luz cria uma iluminação uniforme e não cansa os olhos, o que previne acidentes. Foque as lâmpadas especialmente em áreas como o fogão e a bancada. Cozinhas abertas também ganham charme com uma iluminação decorativa. É o caso desse loft, onde foi instalada um exaustor com luz azul e luminárias sob o armário, que destacam a textura da parede de pastilha.

Com vontade de ver ainda mais cozinhas modernas? Espreite aqui!

Diga-nos o que achou do nosso artigo de hoje!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!