Entrevista Especial: Fique a conhecer melhor a Angelourenzo e a sua arte de projetar

Rita Paião – Homify Rita Paião – Homify
Vivenda | Santa Maria da Feira | PROJETO 3D Angelourenzzo - Interior Design Quartos minimalistas
Loading admin actions …

No artigo de hoje terá a oportunidade de, em primeira mão, conhecer um pouco mais do gabinete de design de interiores de Paços de Ferreira (mas já com projetos em todo o mundo) – Angelourenzo é o nome que deve fixar.

Os seus projetos são delicados e os resultados fantásticos, ou não fossem também eles conhecidos pelo seu profissionalismo, dedicação e simpatia.

Não perca mais tempo e leia esta entrevista na íntegra.

Tempo de leitura 3min.

O que impulsiona a sua paixão pelo Design de Interiores? O que a fez decidir entrar neste setor?

Paixão pela casa, sentir e criar diferentes ambientes e colocar todo o conceito do interior de uma casa em harmonia.

Descreva um dia típico no escritório.

Nenhum dia é igual, variando os focos pelas reuniões com clientes, seleção e conjugação de materias, design de mobiliário e decoração, visita de obras em curso.

Qual a recomendação para quem ambiciona trabalhar na área?

Não existem pontos negativos no meu trabalho, mas sim desafios que nos tornam melhores. Sentir a luz da alegria em cada cliente no final de um trabalho realizado. (entrega total de mobiliário e decoração projetada).

O que seus clientes podem esperar ao trabalhar consigo?

É um trabalho que requer total dedicação e entrega por parte dos designers de interiores, desde a vertente de psicologia de entender os gostos de cada cliente à máxima atenção a todos os detalhes intervenientes em cada projeto singular. A minha recomendação é ter paciência, por vezes as ideias não surgem de imediato e a pressa é o nosso inimigo, o trabalho criativo requer sempre tempo.

Tem algum tipo de regra que utiliza no desenvolvimento dos seus trabalhos?

Através de um estudo exaustivo e aprofundado de todas as vertentes e variantes num projeto, os nossos clientes esperam sempre ser surpreendidos seja pelo design do mobiliário, seja pela decoração aplicada no projeto. Na última reunião com um cliente nosso, depois de lhe ter sido colocada a questão se tinha gostado da sua futura habitação responderam com surpresa que não era aquilo que estavam à espera, mas que no entanto adoraram e que já estariam mais ou menos preparados para serem surpreendidos pelas nossas ideias inovadores e diferentes.

Qual é o aspecto mais frustrante do seu trabalho? Qual é o aspecto mais agradável?

Não existem regras específicas, apenas tenho que me deixar interiorizar e focar-me em cada projeto singular, só desta forma existe uma explosão de criatividade e emoção.

Existe algum toque especial que seja característico em todos os seus projetos?

Tentamos aperfeiçoar o estilo simples, daí o nosso moto “So simple, yet so perfect.”, através de uma conjugação de materiais nunca demasiado robuscada, para que os espaços possam transbordar de plenitude.

Com recursos e orçamento ilimitados, qual seria o seu projeto de sonho?

Seria um projeto em que o cliente me deixe voar na imaginação, um projeto em que não existem imposições, para que no fim consiga transportar tudo para um espaço de realeza.

Quais as suas principais preocupações como Designer de Interiores?

A principal preocupação é o orçamento do cliente, no entanto nunca deixo de parte a criação de espaços distintos e soberbos.

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa?
Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!