10 quartos pequenos com ideias geniais para copiar e se inspirar

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Remodelação de apartamento Architect Your Home Quartos modernos
Loading admin actions …

Hoje, dedicamos o nosso artigo a quartos pequenos, uma característica que não tem, necessariamente que ser má. Um quarto pequeno também é mais acolhedor, mais fácil de mobilar e de limpar, mais propício a que se aposte em peças de qualidade visto que se compra em menos quantidade, mais fácil de aquecer ou de arrefecer, entre outras coisas. Claro que, ao mesmo tempo, também pode colocar alguns problemas como, por exemplo, de arrumação, mas até isso pode originar um bom hábito que é o de evitar acumular.

Se tem um quarto pequeno e acha que pode fazer dele o seu quarto de sonho, então desengane-se. Trazemos-lhe 10 propostas que lhe mostrarão precisamente o contrário. Tome nota, ponha em prática as que melhor se adequarem às suas necessidades e não se esqueça que se tiver dúvidas ou precisar de mais ideias, pode contactar-nos através da caixa de comentários, por mensagem privada ou no Facebook da homify.

Ora veja.

1. Não tenha medo de usar cores mais escuras

Decidimos começar o nosso artigo por contrariar uma ideia muito comum no que diz respeito à decoração de espaços pequenos: usar apenas cores claras. Nada mais errado. Claro que se os brancos e tons neutros podem funcionar perfeitamente, mas nós achamos que pode precisamente aproveitar a deixar de o quarto ser pequeno e apostar em tonalidades mais escuras para criar uma atmosfera muito acolhedora, confortável e até sensual. Tons como o caramelo, o azul marinho, o verde azeitona e até o preto podem ficar muito bem num quarto pequeno, tanto nas paredes como nos têxteis. Transforme o seu quarto num oásis de aconchego.

2. Aposte em padrões verticais

Uma boa ideia para um quarto pequeno é apostar num padrão que lhe proporcione verticalidade como é o caso do padrão às riscas do papel de parede deste quarto. Este é um truque muito utilizado por designers de interiores – que apostam nas riscas, verticais ou horizontais, para dar altura ou largura aos ambientes – e que funciona porque engana o olhar, cria uma ilusão de óptica e distrai a nossa atenção da exiguidade dos espaços em questão.

3. Menos é mais

Remodelação de apartamento Architect Your Home Quartos modernos
Architect Your Home

Remodelação de apartamento

Architect Your Home

Nos espaços pequenos, menos é mais. Menos móveis, menos peças de decoração, menos tralha. Quanto mais desimpedido tiver o espaço, melhor. Além disso, as proporções são tudo. Escolha móveis mais compactos e, de preferência, de linhas simples para não sobrecarregar o ambiente e para o deixar respirar. Aliás, se tiver um quarto pequeno cujo espaço quer potenciar, comece por percorrer todos os seus objectos pessoais e por determinar quais quer manter e de quais se quer livrar.

4. Crie espaços de arrumação inteligentes

Apartamento Terraços da Ponte Estúdio AMATAM Quartos ecléticos
Estúdio AMATAM

Apartamento Terraços da Ponte

Estúdio AMATAM

A arrumação embutida e feita à medida tende a ser a mais adequada para quartos pequenos. Neste quarto, por exemplo, todo o espaço em torno da janela foi aproveitado para arrumação e o parapeito da janela tem, na sua continuação, prateleiras embutidas. Em frente à cama, colocou-se ainda uma cómoda estreita e longa que vem acrescentar mais uma área de arrumação útil. No entanto, estes armários não tornam o ambiente acanhado. Se puser em prática esta dica, considere armários com uma frente lisa ou o menos ornamentada possível.

5. Escolha um layout simples

Um look contemporâneo e cosmopolita Architect Your Home Quartos modernos
Architect Your Home

Um look contemporâneo e cosmopolita

Architect Your Home

Nos espaços pequenos, descomplicar é a chave. Não há uma regra de ouro no que toca ao layout dos quartos pequenos, mas nós sugerimos que siga um layout tradicional com a cama no centro para ter espaço para circular de ambos os lados e para ser mais fácil fazer a cama. Claro que se o quarto for mesmo muito estreito, pode ser mais fácil colocar a cama de um dos lados, mas, em regra, ela funciona melhor estando no centro.

6. Mesa de cabeceira atrás da cama

Ter uma mesa de cabeceira dá sempre jeito para pousarmos alguns pertences pessoais quando vamos dormir, mas, num quarto pequeno, nem sempre há espaço ao lado da cama para tal. A solução pode passar por criar uma espécie de mesa da cabeceira atrás da cama que pode até ser esculpida na própria parede, tipo nicho. Não fica ao lado, mas fica mesmo atrás, o que também não nos parece nada mal! Neste caso, os candeeiros de paredes serão mais práticos para não haver fios a atrapalhar.

7. Aposte numa cama com arrumação

iloftyou Quartos clássicos

Se a arrumação é um problema para si, então é oportuno apostar numa cama com gavetões ou elevatória (isto é, com o espaço de arrumação oculto debaixo do estrado) para ter onde pôr roupas, calçado, têxteis da casa, entre outras coisas. Aliás, móveis com dupla função são sempre bem-vindos em espaços pequenos.


8. Cabeceira suspensa

Suite Principal em águas furtadas em Lisboa LAVRADIO DESIGN Quartos modernos
LAVRADIO DESIGN

Suite Principal em águas furtadas em Lisboa

LAVRADIO DESIGN

Apartamentos Rua de Trás - Alojamento turístico (7 apartamentos) - Centro do Porto ShiStudio Interior Design Quartos escandinavos
ShiStudio Interior Design

Apartamentos Rua de Trás – Alojamento turístico (7 apartamentos) – Centro do Porto

ShiStudio Interior Design

Uma cabeceira suspensa é uma boa opção para um quarto pequeno. Para além de tornar a cama propriamente dita mais pequena, também é visualmente mais leve. Outra solução é abdicar da cabeceira de cama na totalidade para um ambiente mais minimalista.

9. Ripado para dividir espaço

O seu quarto é pequeno porque vive num estúdio e não sabe bem como separar a zona de dormir do resto? Eis a resposta que procura: um ripado. Os ripados criam a segmentação necessária sem quebrarem totalmente o contacto visual e a fluidez do espaço. Além disso, podem servir como cabeceira para a cama e até para colocar os pontos de luz.

10. Mesas de cabeceira e iluminação suspensas

Apartamento . Lisboa . Reabilitação . Remodelação . Alfama aponto Quartos modernos
aponto

Apartamento . Lisboa . Reabilitação . Remodelação . Alfama

aponto

Terminamos com mais ideia no que respeita às mesas de cabeceira que tão importantes são para um quarto funcional onde está tudo ao nosso alcance. Em vez das mesas de cabeceira tradicionais, favoreça mesas de cabeceira pequenas e suspensas e complemente-as com pontos de luz, também eles suspensos. Esta solução, para além de resultar muito bem em quartos pequenos, é pouco dispendiosa!

Eis as nossas 10 sugestões para quartos pequenos, mas espereeee! Não se vá já embora. Temos aqui mais 10:

Vai pôr em prática alguma das nossas sugestões? Deixe-nos o seu feedback na caixa de comentários!

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa?
Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!