Closets minimalistas por grupoarquitectura

Sete closets e armários fantásticos em madeira

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Proteja a sua roupa com um material resistente como a madeira. Os closets são peças-chave para a organização da nossa roupa e acessórios, sendo que, quando feitos em madeira, acrescentam também uma componente estética ao espaço onde se encontram. No artigo de hoje, não lhe vamos mostrar apenas closets, mas sim walk-in closets que ocupam, normalmente, áreas adjacentes ao quarto principal. 

A madeira é um material que vai bem com tudo, encaixando perfeitamente num estilo rústico, moderno ou mediterrânico. Também em termos cromáticos é um material de excelência, existindo numa variedade tão vasta que temos ao nosso dispor uma alargada gama de cores e de acabamentos, dos mais escuros aos mais claros. 

Gosta de madeira? Então estes closets serão como um elixir para os seus olhos e, principalmente, para a sua roupa que ficará bem guardada nestes espaços construídos com um material pleno de naturalidade.

1 – Brancura e madeira: uma combinação perfeita

Um closet feito completamente de madeira, principalmente de cor escura, pode ser extremamente moderno em aparência, mas o que devemos fazer quando procuramos um resultado vanguardista e sofisticado?

A resposta não é difícil. A única coisa que precisamos de fazer nestes casos é procurar uma combinação entre a madeira e outro material de aspecto menos rústico. Neste belo projecto do estúdio Interioriza, toda a estrutura de madeira surge acompanhada por zonas brancas que funcionam como um perfeito plano de contraste.

2 – Closet completamente natural

Outra das fabulosas maneiras de usar a madeira como matéria prima num closet é escolhendo-a num tom cru e permitindo que ela mostre toda a sua naturalidade. Este tipo de madeira oferece uma aparência plena de simplicidade e é perfeita para espaços minimalistas ou que detêm um estilo com pouco ornamento. 

One Studio pegou neste conceito e levou-o ao limite, criando um espaço onde os únicos contrastes são criados pelas várias peças de roupa, uma vez que a estrutura do armário é num único tom de madeira natural.

3 – Madeira que dá personalidade

Closets minimalistas por grupoarquitectura
grupoarquitectura

Casa Basaltica

grupoarquitectura

Que tal um closet que transborde personalidade, tal como este que aqui apresentamos, criado pelo estúdio Grupo Arquitectura? Criando um espaço com vários tons de madeira e no qual se consiga ver um pouco do interior do armário,  podemos expressar muito mais do que com materiais de tons neutros. A personalidade intensa, robusta e sofisticada deste closet não poderia ser mais indicada para proprietários que gostam de conforto e de se sentir bem num espaço que, por si só, transmite muita personalidade.

4 – Madeira como aliado feminino

Já vimos exemplos de madeira com um carácter masculino, por isso, não podíamos deixar de lado a alternativa que surge como a grande aliada numa decoração em que a delicadeza e o feminino são uma constante. 

O truque está, de igual maneira, em deixar que o conteúdo do closet esteja à vista, ou pelo menos que os objectos mais femininos e elegantes sejam devidamente realçados. Num caso destes, a madeira deve ser clara, de tom subtil e com linhas indiscutivelmente elegantes. Tenha presente a ideia de que, no que à madeira diz respeito, subtileza não é o mesmo que neutralidade.

Os detalhes de vidro que surgem neste projecto da designer de interiores Citlali Villareal consubstanciam o elemento delicado da área. Esta parece-nos uma perfeita fusão entre o estilo mais feminino e a força da madeira. E a si?

5 – Um closet muito versátil

Adequar a construção de um closet a um espaço em betão é, com alguns materiais, um processo complicado. O caso da madeira é diferente pois a sua versatilidade permite que se possa manobrar cada uma das peças ou vigas até que todas estejam devidamente colocadas e resultem num espaço belo, original e funcional. 

Os profissionais do estúdio Sobrado Ugalde Arquitectos utilizaram a madeira para dar forma ao armário e obter uma estrutura onde é possível guardar uma infinidade de coisas, independentemente do seu tamanho. A imagem que lhe apresentamos é um exemplo perfeito da versatilidade e funcionalidade de um closet bem pensado e construído, sempre com a madeira como material de referência.

6 – Madeira do pincípio ao fim

Tudo no seu closet pode ser construído em madeira e sem que precise de utilizar qualquer tratamento, verniz ou esmalte. Esta é a penúltima proposta que apresentamos neste livro de ideias e procuramos através dela convocar a madeira como protagonista do closet

Neste exemplo, criado pelo estúdio Maxma Studio, a ideia passa por criar um elemento 100% natural, sem a utilização de qualquer produto aditivo, fazendo da madeira o principal elemento decorativo. Uma vez mais, podemos perceber que quando mais clara for a madeira, mais o espaço se adapta a um estilo feminino e, em sentido contrário, as madeiras escuras são perfeitas para criar espaços de carácter mais masculino.

7 – Closet com material oculto

Não pode faltar, para terminar o livro de ideias, aquela opção em que se procura contar com a resistência e a solidez da madeira, mas que, por uma questão de gosto pessoal ou de necessidades da decoração, não é desejável utilizar a madeira ao natural. Para estas situações, nada mais simples do que pintá-la numa cor ao seu gosto. É precisamente isto que foi feito pelo estúdio Ashe Home no exemplo que aqui apresentamos que responde na perfeição às necessidades dos proprietários. Uma vez mais, podemos comprovar a versatilidade da madeira.

O espaço de sonho de qualquer pessoa. De que closet mais gostou?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!