Tipos de iluminação – Quais São e Como Aplicá-los nos Seus Ambientes + 17 Imagens Inspiração

Elisabete Figueiredo – HOMIFY Elisabete Figueiredo – HOMIFY
Quarto Lisboa Alpha Details Quartos escandinavos
Loading admin actions …

Acabou de comprar uma casa e está a começar o planeamento do design de interiores? Decidiu fazer uma remodelação profunda a um qualquer ambiente? Então não se esqueça de incluir um bom projecto de iluminação!

Todos gostamos de renovar ou redecorar a casa, mas ainda há uma tendência preocupante em esquecermos a iluminação dos espaços. Não é um esquecimento selectivo ou total, porque os candeeiros e luminárias fazem parte integrante do estilo, mas sim uma displicência que dá menor importância à luz em si. E, no entanto, a qualidade da luz disponível num ambiente está directamente relacionada com o bem-estar percebido durante a sua utilização!

Mas o que é na realidade um projecto de iluminação? Que tipos de iluminação existem para o compor? Como podemos incluí-los nos nossos espaços?

A resposta a esta e a outras questões encontra-a aqui, em mais um artigo homify que tenta iluminar mais um assunto vasto da arquitectura e design de interior! Acompanhe-nos.

O que é um projecto de iluminação?

Embora não seja muito falado ou discutido, o projecto de iluminação pode mudar realmente um ambiente ou quiçá a casa toda.

O projecto de iluminação é um estudo aprofundado dos ambientes e das suas funcionalidades para obter uma melhor iluminação dos espaços. Neste trabalho os designers de interiores ou os arquitectos procuram dar a primazia à iluminação natural e planear a iluminação artificial de forma a complementá-la da forma mais eficiente. São estudadas as funções (cozinhar, leitura, convívio, passagem… ), a distribuição dos elementos no espaço (sofás, móveis, decorações) e até o estilo, para conseguir uma distribuição luminosa mais harmoniosa, com tipos de iluminação específicos e mais eficientes em termos ambientais e económicos. É o trabalho técnico e funcional a fazer antes de escolher aqueles lindos candeeiros na loja!

Um ponto importante para um bom projecto de iluminação é conhecer os tipos de iluminação disponíveis e como aplicá-los nos diversos ambientes e é sobre isso que nos debruçamos a seguir.

Tipos de iluminação

Iluminação directa

Tal como o nome indica, a iluminação directa tem como objectivo fornecer luz a um ponto individual. Este tipo de iluminação é feito com luzes intensas e fortes, para tarefas específicas, para aumentar a quantidade de luz disponível nesse ponto e assim facilitar a tarefa.

A iluminação directa é normalmente em foco ou com uma luminária estreita e direccionada, e deve ser usada em secretárias de trabalho, cantos de leitura, áreas de confecção, ou sempre que haja necessidade de uma luz forte num determinado ponto, usando lâmpadas que produzam entre 500 e 750 Lux.

Esta iluminação é usada também em pontos focais de espaços mais antigos, que só têm um ou dois pontos de iluminação (normalmente a meio do compartimento), o que é bastante errado, uma vez que o espaço envolvente aos focos fica com uma iluminação fraca, o que não ajuda ada ao conforto ambiente.


Os candeeiros de iluminação directa devem direccionar o foco de luz para o local desejado. Sempre que possível deve optar por candeeiros direccionáveis, que permitam alterar a direcção do foco. Actualmente há opções giríssimas, que vão muito além dos focos de estilo corporativo e banal que se vê muitas vezes nesta iluminação, como podemos ver nesta inspiração da autoria da INÊZ FINO INTERIORS, LDA!

Há ainda outro tipo de iluminação directa, que não precisa de tanta intensidade, mas que também é focada. Trata-se da iluminação decorativa ou iluminação de destaque, usada para realçar elementos decorativos no ambiente, como peças de arte, por exemplo. É muitas vezes conseguida com iluminação de parede, tanto para iluminação interior como iluminação exterior jardim.





Quarto Lisboa Alpha Details Quartos escandinavos
Alpha Details

Quarto Lisboa

Alpha Details

Iluminação indirecta

A iluminação indirecta não está focada num só ponto, mas distribui-se por todo o ambiente, sendo que a iluminação directa costuma aparecer como um complemento desta. Pode ser executada de diversas formas, como sancas, LEDs embutidos em tectos falsos, arandelas na parede ou mesmo embutidas no pavimento. Este tipo de iluminação é o mais usado rotineiramente, para todas as tarefas quotidianas que não exijam muita acuidade visual, e é normalmente constituída por lâmpadas LED estrategicamente colocadas para obter o máximo de luz com o mínimo de gasto.

Casa de Banho Social Ginkgo Design Studio Casas de banho modernas Cerâmica Branco
Ginkgo Design Studio

Casa de Banho Social

Ginkgo Design Studio

Iluminação difusa

A iluminação difusa é um dos tipos de iluminação mais moderna, que vem completar o cenário com a iluminação directa e indirecta. Nesta caso a luz é distribuída por todo o ambiente uniformemente com vários pontos de luz menos intensa. É uma iluminação mais suave que torna os espaços acolhedores, não sendo incomum que tenha cores mais quentes, e é muitas vezes chamada de luz ambiente. Pode conseguir iluminação difusa com lâmpadas fracas, grinaldas LED e, temporariamente, velas.

Uso de Fitas LED e spots Stellatech Stellatech Europe S.A CasaAcessórios e Decoração
Stellatech Europe S.A

Uso de Fitas LED e spots Stellatech

Stellatech Europe S.A

Iluminação linear

É um tipo de iluminação moderno, concebido em linhas contínuas de luz, engenhosamente posicionadas sobre os locais onde ela é mais necessária. É muito usada em iluminação geral de locais de trabalho, cozinhas e outros ambientes funcionais.

Casa LaMARNE 2 CubicOffice Escadas
CubicOffice

Casa LaMARNE 2

CubicOffice

Iluminação de orientação

É uma iluminação mais fraca de preferência conseguida por luminárias embutidas para maior segurança, destinada a proporcionar a necessária orientação das pessoas pelos espaços durante as suas movimentações. É colocada em escadas, corredores, passeios de jardim, piscinas e outras zonas de passagem.

Iluminação cozinha

A iluminação cozinha deve sempre ser alvo de um estudo personalizado em função do tipo e da frequência de utilização pois tem impacto na própria segurança dos seus utilizadores. Deve contar sempre, pelo menos, com iluminação indirecta e com iluminação directa. A iluminação indirecta deve abranger todo o espaço deve ter uma intensidade não inferior a 200 lux para permitir uma boa visualização de todos os obstáculos e elementos de trabalho. Lembre-se de que uma má iluminação de uma porta do forno aberta pode levar a um acidente com alguma gravidade, por exemplo.


Remodelação de cozinha: Aliamos a funcionalidade à estética e damos-lhe a cozinha com que sempre sonhou! Home 'N Joy Remodelações Armários de cozinha Branco
Home 'N Joy Remodelações

Remodelação de cozinha: Aliamos a funcionalidade à estética e damos-lhe a cozinha com que sempre sonhou!

Home 'N Joy Remodelações

A iluminação directa deve ser colocada sobre as áreas de trabalho, ao fogão e na bancada de preparação, para maior conforto e segurança, evitando cortes e queimaduras. Inspire-se neste trabalho perfeitamente planeado e executado pela HOME 'N JOY REMODELAÇÕES.

Iluminação casas de banho

À semelhança da cozinha, também a iluminação da casa de banho é um ponto delicado. Um embate ou uma escorregadela devidas à falta de luz podem ter consequências bastante graves. Assim, deve ter em especial cuidado a iluminação indirecta, que deve ter sempre mais de 200 lux em todos os recantos do espaço, incluindo a cabina de duche, que muitas vezes é esquecida neste processo.

Moradia unifamiliar - Tipologia T4 Esboçosigma, Lda Casas de banho minimalistas
Esboçosigma, Lda

Moradia unifamiliar – Tipologia T4

Esboçosigma, Lda

 A iluminação directa também deve ter um lugar privilegiado, sobretudo junto ao espelho, para facilitar as tarefas de higiene e beleza. Se precisar pode incluir iluminação directa, que possa voltar para a cabina de duche – assim obtém luz, sem correr riscos eléctricos, sendo uma boa solução de adição para espaços terminados.

Iluminação quarto

Quarto - hotel 5 estrelas Alpha Details Quartos modernos
Alpha Details

Quarto – hotel 5 estrelas

Alpha Details

A iluminação quarto não tem os mesmos requisitos de segurança, embora a falta de luz tenha sempre as suas consequências nefastas. No quarto deve privilegiar o conforto e o aconchego por isso a iluminação indirecta e difusa deve ser privilegiada. As sancas e a iluminação embutida em paredes e tectos são ideias excelentes para a iluminação indirecta. Os milhares de modelos candeeiros de mesa-de-cabeceira e de iluminação de toucador são a resposta às necessidades de iluminação directa específica.

Pode também apostar na iluminação directa de destaque decorativos para servir de iluminação complementar indirecta ou mesmo de iluminação ambiente. Uma iluminação indirecta com controladores e dimmers é excelente para passar de uma iluminação forte para uma iluminação difusa sem acrescentar luminárias.

Iluminação jardim

TERRAÇO - PORTO TERRA JARDIM Varandas, marquises e terraços modernos
TERRA JARDIM

TERRAÇO – PORTO

TERRA JARDIM

A iluminação de exterior deve ser pensada em moldes semelhantes à iluminação interior, tendo em conta os tipos de iluminação disponíveis.

Em áreas cobertas de pérgulas ou alpendres pode usar iluminação nos mesmos moldes de uma sala com iluminação interior tecto diretcta, ou seja com um candeeiro de tecto para fazer a iluminação directa sobre uma mesa e iluminação indirecta nas paredes, por exemplo.


Pintura e reparação de parede Nurdav,lda Escadas
Nurdav,lda

Pintura e reparação de parede

Nurdav,lda

No jardim, os passeios devem ser sempre dotados de iluminação de orientação. A iluminação decorativa pode ser usada para dar destaque a elementos da sua preferência como pontes ou plantas, podendo ser uma parte integrante do seu paisagismo. E não se esqueça de colocar iluminação de orientação nas escadas exteriores!

Projecto IMO Tangram Studio Varandas, marquises e terraços modernos
Tangram Studio

Projecto IMO

Tangram Studio

A iluminação indirecta deve ser acompanhada por superfícies claras, para uma boa taxa de reflexão, tal como no interior. Apenas deve ter e conta a durabilidade e a resistência das luminárias aos elementos. Tudo o que está no exterior está mais sujeito à humidade e ao sol pelo que os elementos devem ser escolhidos sob a premissa de serem para exterior e a parte eléctrica deve ser devidamente acautelada por electricistas de confiança.

Por último, dês às suas noites no exterior um tom mais acolhedor e exclusivo acrescentando velas ao ambiente. E se escolher velas de citronela ainda se vê livre dos incómodos mosquitos que tendem a atacar a esta hora!

Continue a ver mais dicas sobre iluminação de exterior ’Iluminação exterior – funcionalidade e valorização para a sua casa’.


Sente que a sua casa precisava de um projecto de iluminação eficaz, ou está bem assim?

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa?
Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!