Pequena casa com um grande jardim

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Cada vez mais casas modernas que se encontram em áreas residenciais densamente povoada e rodeadas por ruas tendem a ter uma cara dupla. A primeira impressão que delas temos é que são modestas e reservadas. Porém, os interiores tendem a surpreender-nos com espaços amplos e integrados e decoração moderna e convidativa. Os arquitectos japoneses são peritos em aproveitar o espaço ao máximo. A arquitectura asiática tende a privilegiar espaços minimalistas com poucos ornamentos e uma atmosfera leve.

A casa que lhe apresentamos hoje guarda um interior confortável e agradável. Afinal de contas, quem vê caras – ou, neste caso, casas – não vê corações.

Veja este projecto da autoria do gabinete Iwakawa.

​A primeira impressão

Numa primeira vista, a casa é simples e bem resguardada. Vendo a casa a partir da rua não conseguimos imaginar o que guarda o seu interior. A fachada reveste-se com cores claras, típicas da arquitectura moderna. Em frente, existe uma área pavimentada com um desenho geométrico e uma cobertura para o carro em madeira escura que contrasta com as cores claras da casa e do pavimento. A vegetação traz uma nota de cor agradável e surge como elemento natural no conjunto.

​O outro lado da casa

Que surpresa! O outro lado da casa surpreende-nos com o seu amplo espaço ao ar livre. Este jardim parece saído de um conto de fadas. Tem uma vegetação frondosa e plantas com cores e texturas distintas que lhe oferecem uma imensa riqueza visual. É o espaço ideal para os proprietários desfrutarem de momentos de repouso em pleno contacto com a natureza.

​Uma sala ampla e acolhedora

A sala é particularmente luminosa e espaçosa. A amplitude deve-se aos tectos altos que trazem uma sensação de espaço enfatizada pelo generoso uso de generosas superfícies envidraçadas. O bonito jardim vê-se a partir da sala, graças às janelas, tornando o ambiente mais prazeroso e fresco. O mobiliário é simples e consubstancia modernidade a par com uma elegância clássica.

​Toques tradicionais

No outro extremo da sala é mais evidente a influência do estilo japonês. A partir da imagem, conseguimos perceber, claramente, que uma parte da sala tem um tecto muito alto, ao passo que a outra parte, enquanto a outra parte tem um mezanino fechado que dá para a sala. O uso da madeira escura no piso, nos tectos e na caixilharia das portas harmoniza-se com o branco das paredes e faz deste um espaço muito acolhedor.

​Piso superior

Os quartos encontram-se no piso superior. A varanda por detrás das portas de correr é a primeira área em que reparamos. Através do vidro, entra para o espaço o verde do jardim. O piso e as escadas estão revestidos por madeira, trazendo aconchego ao ambiente.

​Quarto

quarto é pequeno, mas oferece espaço suficiente para o indispensável. As janelas opacas que dão para sala, quando abertas, deixam a luz natural entrar para a divisão. Esta foi uma solução inteligente para tornar uma área pequena menos enclausurada. 

Casa de banho

casa de banho encontra-se no piso térreo. O espaço encontra-se revestido por pastilha verde água que lhe traz frescura e luz. A área está dividida em duas partes distintas. A primeira inclui o lavatório e o vaso sanitário e a do lado integra uma grande banheira de hidromassagem ao lado de uma ampla janela virada para o colorido jardim. A arrumação surge suspensa junto ao tecto, desimpedindo-se, assim, espaço no chão.

De que divisão da casa mais gostou? Deixe-nos o seu comentário abaixo deste artigo.
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!