Cores que Combinam – A Chave para Ambientes de Sucesso – 16 Imagens Esclarecedoras

Elisabete Figueiredo – HOMIFY Elisabete Figueiredo – HOMIFY
homify Quartos ecléticos Madeira Laranja
Loading admin actions …

O mundo está cheio de cor e a natureza é a artista original que todos os dias nos brindam com combinações de cores arrojadas e irreverentes. Basta olhar para um pôr-do-sol para entender a importância da cor nas nossas vidas. Mas será que todas as combinações de cores são válidas e úteis para tornar mais interessantes os nossos espaços?

O título do artigo poderia ser quase auto explicativo e dar a resposta a esta questão, não fosse dar-se o caso de esbarrar com a definição de base e levantar outra: – o que é isso de cores que combinam entre si?

Quando vamos tentar encontrar a resposta, encontramos um mundo insuspeito que começa na teoria da cor e termina na nossa vida quotidiana.

Costuma ver aquelas imagens da homify com designs de interiores onde as cores arrojadas são as estrelas e sente tentado a fazer o mesmo em sua casa, mas não tem coragem? Então está na hora de ler este artigo! Aqui encontra os fundamentos que justificam as escolhas e muitas propostas de cores que combinam design e decoração. Acompanhe-nos!

Um pouco de teoria da cor

Começamos este artigo com um quarto de banho belíssimo da SMILE BATH S.A., cuja estética apelativa assenta numa combinação combinação de cores vencedora, para lhe falar um pouco daquilo que suporta a nossa percepção de cores que combinam – a teoria da cor.

Para explicar esta teoria temos de voltar um pouco no tempo e revisitar as aulas de educação visual.

As cores estão divididas em três categorias:

  • Cores primárias – amarelo, vermelho e azul. Fortes e básicas estas cores são difíceis de combinar entre si, mas quando juntas produzem as cores secundárias.
  • Cores secundárias – são o verde, o laranja e o roxo. São obtidas através da mistura em partes iguais de cores primárias e são mais facilmente harmonizáveis com outras tonalidades.
  • Cores terciárias – são tonalidades obtidas por adição de maior percentagem de uma das cores primárias à mistura das cores secundárias.

O círculo das cores

O círculo das cores mais não é do que uma ferramenta que organiza as cores segundo a sua ordem natural: – vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, índigo e roxo. É a ferramenta que melhor apresenta como as diferentes cores funcionam juntas e como as podemos seleccionar para que sejam a combinação perfeita, sendo muito utilizado pelos designers de interiores.

Quais são as combinações perfeitas?

Há várias formas de escolher combinações vencedoras. Ora vejamos:

Através das cores complementares - As cores complementares são cores que estão em lados opostos da roda de cores. A sua combinação fornece uma dualidade de cores de alto contraste e alto impacto – juntas, essas cores vão parecer mais brilhantes e proeminentes. É o caso por exemplo do roxo e do amarelo e do beringela e do verde, que vemos na imagem acima.

Casa de banho em microcimento e azulejo feito à mão. Atelier Ana Leonor Rocha Casas de banho mediterrânicas
Atelier  Ana Leonor Rocha

Casa de banho em microcimento e azulejo feito à mão.

Atelier Ana Leonor Rocha

Através do efeito monocromático – esta combinação consiste em trabalhar os espaços com base em três tonalidades, tons e matizes de uma cor base. Fornece uma combinação de cores subtil e conservadora, mas muito eficaz. Esta é uma combinação de cores versátil e com muitas potencialidades, que é fácil de aplicar em projectos de design para obter uma aparência harmoniosa, como é a imagem da casa de banho da imagem acima, trabalhada em gradações de tons de azul.


Sala de jantar com cadeiras vintage homify Salas de estar ecléticas Multicolor sala de jantar,cadeiras vintage,sala de estar,decoração,renovação de sala,design contemporâneo,sofá verde,decoradores porto,sala confortável,iluminação soft
homify

Sala de jantar com cadeiras vintage

homify

Através de cores análogas - As cores análogas são as cores que estão lado a lado na roda de cores. Essa combinação de cores é bastante versátil, mas pode ser pode ser demasiado estridente. Para equilibrar um esquema de cores análogas, escolha uma cor dominante e use as outras como apontamentos na decoração. Repare no exemplo da imagem acima: – a cor dominante é o roxo, bem patente no tapete, e os tons de rosa que lhe são análogos foram introduzidos nas almofadas e em alguns pormenores decorativos.

Esquema em tríade – Este esquema cromático consiste em utilizar três cores uniformemente espaçadas na roda de cores. Isso fornece um esquema de cores de alto contraste, mas menos intensa do que a combinação de cores complementares, o que o torna mais versátil. Esta combinação cria paletas de cores vibrantes e arrojadas, como a que vemos na imagem acima.

Esquema neutro-cor – é talvez a combinação mais fácil de conseguir porque tem pouco para errar. As cores neutras são basicamente o preto, o branco, o cinzento e todas as suas tonalidades (claras e escuras) e intensidades (fracas e fortes). Também são considerados neutros todos os tons de castanho até ao bege. Usar qualquer tom neutro e dar-lhe apontamentos de cor é uma combinação vencedora que fará destacar a cor escolhida.

Suite Tangerinas & Pêssegos homify Quartos ecléticos Madeira Laranja decoração,decor,decoração quarto,suite,design de interiores,decoradores porto,cabeceira de cama,candeeiro de papel,mesa de cabeceira,cortinas,decoração eclética
homify

Suite Tangerinas & Pêssegos

homify

Esquema frio-quente – A roda de cores também pode ser dividida em cores quentes e frias e os ambientes podem ser elaborados sobre esse conceito. As combinações de cores encontradas na roda das cores são normalmente assentes no equilíbrio de cores quentes e frias. De acordo com a psicologia da cor, diferentes temperaturas de cor evocam sentimentos diferentes. Por exemplo, é sabido que as cores quentes trazem sensações de aconchego e energia, enquanto as cores frias são associadas à serenidade e ao isolamento.

No círculo das cores, as cores quentes vão do vermelho ao amarelo e as cores frias vão do azul ao verde e roxo. Unir uma cor fria com uma cor quente em proporções equilibradas pode resultar em ambientes equilibrados que unem o melhor dos dois mundos, como no canto de leitura da imagem acima – o rosa transmite aconchego e suavidade e o azul convida à introspecção e à serenidade da leitura.

Cores que combinam com vermelho

O resultado final / The final result Linhas Simples Casas de banho modernas
Linhas Simples

O resultado final / The final result

Linhas Simples

Tendo em conta tudo o que viemos falando até este ponto, vamos tentar apontar algumas combinações vencedoras para cores complicadas. E começamos com a força do vermelho!

Pode destacar o vermelho sob um fundo neutro de branco ou preto, que irá funcionar sempre bem, mas se quiser ousar combine o vermelho com verde (combinação complementar) ou com cor-de-rosa e bordeux (combinação análoga).

Para mais combinações com bordeaux leia também o artigo ’Como usar a cor bordeaux na decoração de casa?’.


Cores que combinam com branco

SALA DE ESTAR. SALON. LIVING ROOM MA-TERIARCH UNIP Lda Salas de estar minimalistas Betão Branco moradia, arquitectura, construção nova, oeiras, lisboa
MA-TERIARCH UNIP Lda

SALA DE ESTAR. SALON. LIVING ROOM

MA-TERIARCH UNIP Lda

Podemos dizer realmente que qualquer cor combina com branco. Todas as cores vão ganhar protagonismo em contraste com o branco porque esta cor é tão neutra que literalmente é a base perfeita para qualquer cor ou design colorido. Se gosta de combinações entre uma base de branco e qualquer outra cor, avance sem medos porque não falha!

Cores que combinam com preto

Em teoria, qualquer cor fica bem com preto, mas ao contrário do branco, é fácil uma cor passar algo despercebida face à força desta cor escura. Os ambientes baseados no preto tendem a ser muito escuros e se é isso que pretende vá em frente. Mas, se não quer um quarto estilo masmorra, nós aconselhamos a que use o preto como cor de apontamento, combinado com branco ou outras cores claras para dar leveza ao ambiente.

Cores que combinam com verde

Duplex Lisboa, G.R design G.R design Corredores, halls e escadas modernos
G.R design

Duplex Lisboa

G.R design

O verde é uma cor difícil em decoração, sobretudo os tons mais claros e vivos. Se não for bem combinado há uma grande probabilidade de acabar com ambientes estridentes e de mau gosto. Por analogia à natureza, o verde combina bem com tons de castanho e bege, com tons de cinzento mate claro e com taupe. Se gostar muito de tons verdes brilhantes aconselhamos a que use essas cores apenas em apontamentos decorativos, como almofadas ou jarras de flores.

Cores que combinam com roxo

Apartamento em Carcavelos - Sala de estar e jantar, Joana Neto | Interiores Joana Neto | Interiores Salas de estar ecléticas
Joana Neto | Interiores

Apartamento em Carcavelos – Sala de estar e jantar

Joana Neto | Interiores

Outra cor difícil, mas que fica maravilhosa quando bem combinada, é o roxo.

Incrivelmente o roxo fica maravilhoso com amarelo porque são cores complementares, mas se achar que é demasiado arrojado, experimente combiná-lo com azul para um ambiente original e com rosa para um toque feminino.


Cores que combinam com azul

O branco e o vermelho vêm-nos e imediato à ideia para combinar com o azul, com a sua inspiração náutica, mas há outros tons que funcionam maravilhosamente com vários tons de azul. O amarelo é uma dessas cores: – com reminiscências no celebrado ouro sobre azul, o amarelo sobre azul funciona igualmente bem, como vemos na imagem acima.

Esta cor também funciona especialmente bem em graduações de tom, numa combinação monocromática ou em combinações análogas, dando a primazia a azuis mais claros. A combinação com cor de laranja é arrojada, mas funciona bem, como vimos na imagem onde explicamos a combinação quente/frio.

Qual é a sua combinação de cores favorita em decoração?

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa?
Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!