Decoração Minimalista – Como Consegui-la em sua Casa + 20 Imagens Inspiradoras

Elisabete Figueiredo – HOMIFY Elisabete Figueiredo – HOMIFY
Moradia | Tróia | Portugal Atelier Renata Santos Machado Salas de estar minimalistas
Loading admin actions …

O estilo minimalista é baseado no conceito de menos é mais, formulado pelo famoso arquitecto Mies Van Der Rohe para o seu trabalho arquitectónico nos anos sessenta do século passado. A corrente nasceu e vingou como contraponto à sociedade de consumo que grassou e grassa no planeta até aos nossos dias.

O minimalismo pugna por Interiores depurados e quase austeros, cores sóbrias e móveis simples. Mas, por trás da aparência simples, há todo um trabalho de planeamento e organização que permite a manutenção dessa simplicidade.

Esta tendência não será contemporânea pois já tem bem mais de meio século, mas é decididamente moderna. Nos últimos tempos tem sido um pouco abandonada, mas num momento em que a sociedade reavalia a sua forma de viver e tenta regressar a um modo de consumo mais cuidadoso, o minimalismo volta a ganhar um novo sentido.

Para os seus detractores, este estilo é sinônimo de frieza. Sendo o interior desprovido de objetos e outras decorações supérfluas e o exterior depurado e sem ornamentações, os espaços ficam (supostamente) desprovidos de alma. Mas esta é uma interpretação simplista pois este estilo não se priva do conforto, da cor – em doses bem estudadas – e até do luxo, sendo que na verdade contribui para o bem-estar e para a salubridade dos ambientes. 

Mas será que sabemos mesmo em que se traduz o minimalismo? Será que ainda continuamos presos à ideia primitiva de austeridade e frieza, sem ver para além do imediato?

Se continua com dúvidas sobre este estilo e sobre como ele se pode traduzir na sua casa e nos seus espaços, acompanhe-nos. Aqui encontra toda a informação necessária e muita inspiração dos profissionais homify. Não perca!


Minimalismo na arquitectura

Projeto Safira Magnific Home Lda Casas minimalistas
Magnific Home Lda

Projeto Safira

Magnific Home Lda

O minimalismo é um conceito global, que vai muito além da decoração minimalista e pode começar logo na raiz arquitectónica das habitações. As casas minimalistas, como esta da MAGNIFIC HOME, Lda apresentam logo na fachada a sobriedade e a simplicidade do minimalismo: – linhas rectas unidas em formas geométricas de grande simplicidade, cores neutras com grande predominância do branco, e total ausência de elementos arquitectónicos com função meramente estética. Nada disto implica a ausência de beleza, pelo contrário… Os revestimentos são usados simultaneamente pelo lado estético e pelo lado funcional. As palas e pérgulas embelezam, mas têm como intuito proporcionar sombra. Os vãos proporcionam privacidade de controlo da exposição solar, mas também criam jogos de luz que tornam as fachadas mais interessantes. Não há gradeamentos elaborados nem florões nas fachadas minimalistas, mas o simples jogo de formas é muito apelativo.

No minimalismo a beleza é subtil e está sempre intimamente ligada ao lado prático da vida, mas está sempre presente.

Projeto Safira Magnific Home Lda Casas minimalistas
Magnific Home Lda

Projeto Safira

Magnific Home Lda

Se aprecia este conceito tanto como nós, pode começar a implementá-lo na sua vida logo no projecto de arquitectura da sua futura casa e deve discuti-lo com o seu arquitecto para que seja bem sucedido. Mas não precisa de ter uma habitação de estilo minimalista para ter uma decoração minimalista – pode começar já a simplificar os seus interiores para que se encaixem nesta corrente mais filosófica do que estética, e é disso que falamos já a seguir.

Decoração minimalista cozinha

A cozinha dá à decoração minimalista significado de funcionalidade total. Com tantos objectos e elementos necessários ao bom funcionamento de uma cozinha parece quase impossível manter um ambiente clean e absolutamente livre de excessos, como nesta cozinha do LAGOM STUDIO, mas na verdade conseguir tornar uma cozinha minimalista tem tudo a ver com organização.

Minimalismo não é só ausência de adornos, é ausência de confusão! Assim, uma cozinha minimalista, além de ter superfícies lisas e feitas em materiais modernos, deve ser provida de excelentes sistemas de organização que permitam fazer desaparecer no seu local de arrumação todos os acessórios e elementos que não sejam absolutamente vitais para o quotidiano e para o momento da utilização.



Cozinha em termolaminado bicolor Desenho Branco Cozinhas minimalistas
Desenho Branco

Cozinha em termolaminado bicolor

Desenho Branco

No que respeita à cor, o minimalismo não obriga à sua ausência, mas há uma tendência natural para escolher cores sóbrias e neutras. O branco é quase omnipresente nas cozinhas minimalistas, mas o preto de contraste, muito utilizado até há alguns anos, tem vindo a ser preterido em função do cinzento nos seus vários matizes. Este trabalho da DESENHO BRANCO é um excelente exemplo de minimalismo moderno.

Pegas, puxadores e frisos são elementos banidos pelo minimalismo. As portas abrem por pressão ou por sulcos ocultos e muito discretos que permitem a homogeneização das superfícies.

Decoração minimalista na casa de banho

Apartamento AMM A78 Interiors Casas de banho minimalistas
A78 Interiors

Apartamento AMM

A78 Interiors

A casa de banho é outro ambiente onde dificilmente imaginamos uma decoração minimalista sem que isso traga consigo muita organização.

Tal como na cozinha, as casas de banho minimalistas primam por superfícies lisas, móveis simples e espaço de organização. A ausência total de decorações supérfluas deve ser acompanhada pela ausência de produtos desnecessários acumulados sobre a bancada ou no espaço de duche. O objectivo é manter o ambiente clean e com um ar quase asséptico.

Apartamento em Lisboa meta.atelier Casas de banho minimalistas Branco
meta.atelier

Apartamento em Lisboa

meta.atelier

Mas lembre-se: – minimalismo nunca é sinónimo de desconforto! A frieza das superfícies lisas, que devem ser em cores claras e acompanhadas de uma iluminação branca abundante, pode e deve ser adoçada pela presença de detalhes simples, como prateleiras e estrados de madeira natural. E a presença de uma singela planta natural não está excluída do estilo.

O que se exclui então numa casa de banho minimalista? Molduras decorativas, potes sem função definida, velas ou qualquer outro elemento ali colocado apenas para decoração. O lado estético deve ser conseguido através dos revestimentos, loiças sanitárias e mobiliário escolhido judiciosamente – sempre mantendo uma via de simplicidade.

Moradia unifamiliar - Tipologia T4 Esboçosigma, Lda Casas de banho minimalistas
Esboçosigma, Lda

Moradia unifamiliar – Tipologia T4

Esboçosigma, Lda

Decoração minimalista no hall de entrada

O hall de entrada é o cartão de visitas da nossa casa e é por aí que deve estabelecer de imediato a percepção estética que pautará a habitação no seu interior e por isso também este espaço deve ser deixado o mais amplo e livre possível, equipado apenas com o essencial. Em termos minimalistas isto não quer dizer que o espaço deva ficar vazio!

Pode compor o seu hall de entrada com elementos bonitos e com um design leve, privilegiando a sensação de amplitude. Consolas estreitas e lisas e espelhos sem molduras proeminentes são elementos must have num hall de entrada de decoração minimalista.

Casa CA231 - Entrada - mobiliário por medida The Spacealist - Arquitectura e Interiores Corredores, halls e escadas modernos Branco
The Spacealist – Arquitectura e Interiores

Casa CA231 – Entrada – mobiliário por medida

The Spacealist - Arquitectura e Interiores

Já sabe, a funcionalidade é uma característica inerente ao minimalismo. Se precisa de espaço de arrumação no seu hall de entrada e pretende manter a decoração minimalista evite a todo o custo armários desgarrados ou pesados. Se puder invista em móveis embutidos feitos à medida por carpinteiros qualificados, que fiquem harmonizados com as paredes, melhorando a estética e a utilização. Os móveis flutuantes também são aliados deste estilo, permitindo manter o ambiente amplo, mas nunca use o espaço sob eles para arrumar coisas ou lá se vai o minimalismo!

Escadas minimalistas

Escadas de acesso a piso superior HOUSE PHOTO Escadas
HOUSE PHOTO

Escadas de acesso a piso superior

HOUSE PHOTO

As escadas são elementos estruturais, mas também são parte integrante do estilo e da decoração de uma casa. Assim, se pretende tornar a sua decoração minimalista, deve considerar remodelar as escadas. No estilo minimalista as escadas devem ser rectas, sem floreados ou curvaturas, e feitas de materiais austeros, como o cimento ou o metal (de preferência em branco). Ainda assim pode adicionar alguma madeira para dar mais calor ao ambiente, obtendo assim um misto de minimalismo e estilo escandinavo (estilo nórdico, mas sem a parte ornamental).

Moradia Particular Richimi Factory Escadas
Richimi Factory

Moradia Particular

Richimi Factory

Minimalismo no espaço de trabalho

Com tantos de nós a passar a trabalhar em casa, planear o local de trabalho em casa deve ser uma prioridade. Para o estilo minimalista funcionar no espaço de trabalho já deve ter intuído que é preciso investir em funcionalizar o ambiente. Invista em mobiliário simples e prático, mas também bonito por si mesmo. E não se esqueça da arrumação! Apesar de fazer muitas vezes parte do trabalho, ter dossiers de várias cores e feitios nas prateleiras não é nada minimalista. Para evitar esta situação deve planear móveis embutidos, com áreas fachadas para esconder essa babel colorida – de preferência com portas lisas e da cor das paredes. Deixe à vista apenas dossiers de cor homogénea, de preferência pretos e que não precisem de grandes etiquetas de identificação. Minimalismo no escritório é um objectivo difícil, mas não impossível.

Decoração minimalista quarto

O quarto é aquele ambiente onde queremos tudo menos frieza e por isso é difícil imaginar ambientes minimalistas num local onde queremos calor No entanto, não é nada difícil planear quartos minimalistas modernos. O mais importante é prever a arrumação, para que todos os nossos objectos e roupas fiquem escondidos dos olhares e focar a atenção na cama que deve ser muito simples, sem cabeceiras chamativas e grandes estofados de veludo. Os complementos devem resumir-se a mesas-de-cabeceira com um design leve e à iluminação acessória. O conforto fica assegurado pelos tecidos que devem transmitir a sensação de calor que procuramos.

Todas as cores são permitidas, desde que em pequenas doses, sempre mantidas nas mesmas tonalidades, e combinadas com muito branco.

É possível manter uma decoração minimalista mesmo acrescentando alguns elementos decorativos simples. A decoração minimalista deve ser leve, de formas depuradas e de preferência monocromática, mas não está completamente afastada do estilo, porque este tem muito mais a ver com amplitude e simplicidade do que com austeridade.

Minimalismo nas salas

O minimalismo está intimamente associado à abundância de branco e muitas vezes ao branco total, mas isso não exclui apontamentos de cor, que assim assumem ainda maior protagonismo.

Na sala de estar a decoração minimalista deve reflectir-se em pouco mobiliário, mas muito bem escolhido. Os móveis em excesso e desnecessários podem rapidamente tornar o espaço desordenado nada minimalista. Escolher os móveis, e doar (ou vender) prateleiras, mesas de centro ou cadeiras desnecessárias é uma das maneiras mais rápidas e fáceis de liberar espaço e seguir uma via minimalista.


Há uma tendência para pensar numa decoração minimalista barata, e realmente tendo em conta a importância de ter poucas peças decorativas e poucos móveis para conseguir este estilo, isso não está totalmente errado. Mas uma decoração minimalista não implica ter peças baratas, longe disso! Investir em peças simples e intemporais, de grande qualidade, mesmo que caras, e que lhe tragam prazer duradouro é também uma forma de minimalismo.


Decoração minimalista apartamento pequeno

Projeto Safira Magnific Home Lda Salas de estar minimalistas
Magnific Home Lda

Projeto Safira

Magnific Home Lda

Terminamos este artigo apontando o óbvio: – numa casa ou apartamento pequeno, a vida minimalista, espartana e muito organizada, sem peças supérfluas e móveis na medida exacta para manter a amplitude, que o minimalismo exige, é o caminho certo para viver uma vida mais desafogada e livre!

Se o hall de entrada é a sua prioridade e o minimalismo pode ou não ser a via a seguir, encontre muito mais ideias no artigo ’Decoração de hall de entrada: as 6 regras de ouro!’.


Para si o minimalismo é uma vontade ou apenas sente curiosidade?

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa?
Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!