Tudo o que Deve Saber sobre Congeladores e Frigoríficos - 7 Conselhos | homify Tudo o que Deve Saber sobre Congeladores e Frigoríficos – 7 Respostas

Tudo o que Deve Saber sobre Congeladores e Frigoríficos – 7 Conselhos

Ida Gaspar – homify Ida Gaspar – homify
Sala de estar LABviz Cozinhas escandinavas
Loading admin actions …

Guardamos os nossos frigoríficos e congeladores por, pelos menos, dez anos. É a estrela dos eletrodomésticos, é um dos poucos que funciona 24 horas por dia. Portanto, é importante investir num bom eletrodoméstico, para que seja o mais duradouro possível, mas sobretudo com uma boa eficiência energética, para não resfriar quando receber a sua conta de eletricidade.

Avalie corretamente as necessidades dos frigoríficos e congeladores (congelador vertical, arca congeladora… ), comparando modelos e marcas. Questione-se:

  • Quais são os meus hábitos de consumo? Os da minha casa?
  • Quanto espaço eu tenho na minha cozinha para colocar o meu frigorífico e congelador? Será melhor obter uma mini arca congeladora ou um congelador vertical?
  • Que tipo de tecnologia de refrigeração é adequada para os meus hábitos de consumo?
  • Que orçamento disponho para comprar um novo frigorífico e congelador?

Enfim, no artigo de hoje, a homify quer esclarecê-lo sobre este assunto, que acaba por ser importante, na hora de decidir que frigorífico e congelador comprar.

Por isso, acompanhe-nos!

1. Escolha um frigorífico / congelador adaptado às suas necessidades

Na loja, existem diferentes frigoríficos e congelados:

  • Frigorífico de uma porta: dedicado principalmente à refrigeração, por vezes com um mini congelador.
  • Frigorífico de 2 portas: combinam uma parte de frigorífico e uma parte de congelador com o máximo de 100 litros.
  • Arcas verticais ou congeladores verticais com um volume que pode chegar a 400 litros.
  • Frigorífico americano (lado a lado): bem grande, com a seção da frigorífico ao lado do congelador. Muitas vezes tem um dispensador de gelo e água fria, na parte frontal. Todavia, o seu consumo é alto: maior que 250 kWh / ano para os mais económicos.

Sala de estar LABviz Cozinhas escandinavas
LABviz

Sala de estar

LABviz

Quando comprar um frigorífico, o primeiro critério a ter em conta é se é adequado às necessidades. Pode ficar tentado a comprar um eletrodoméstico maior por precaução. Mas quando se diz maior, também falamos em mais consumo, ao longo de todo o ano, num elemento que quase nunca se desliga, a não ser quando vai de férias.

Casa Pombalina: "de velho a novo".​ Obrasdecor Cozinhas rústicas Pedra Branco
Obrasdecor

Casa Pombalina: de velho a novo.​

Obrasdecor

Para o frigorífico, recomendamos um volume de 50 litros por pessoa com um mínimo de 100 litros.

Para o congelado varia muito dependendo dos hábitos: se temos horta ou se compramos muita carne? Se raramente compra alimentos congelados e apenas tem alguns cubos de gelo, o congelado de uma porta é mais do que suficiente.

Se congelar entre 15 a 100 litros, pode perfeitamente optar por um frigorífico combinado.

Se tiver uma família numerosa e tiver espaço na sua cozinha, considere um congelador vertical ou arca congeladora. O congelador vertical consome um pouco mais de energia do que a arca congeladora (cerca de 20 kWh), mas em contrapartida ocupa menos espaço. Em troca, as arcas congeladoras podem oferecer uma grande capacidade e exceder os 400 litros!

Cozinha discreta VITALOBRAS Cozinhas clássicas
VITALOBRAS

Cozinha discreta

VITALOBRAS

2. Como avaliar a capacidade do frigorífico?

cocina carpin410 Cozinhas clássicas

Um frigorífico quase vazio consome tanto quanto um frigorífico cheio, por isso é essencial avaliar as necessidades de capacidade:

  • Depende do seu agregado familiar: está sozinho ou com outras pessoas?
  • Depende dos seus hábitos de consumo: gosta de passar horas a cozinhar produtos frescos ou prefere descongelar um prato apetitoso enquanto vê televisão no sofá?
  • Com que frequência costuma ir fazer comprar num mês?

Remodelação apartamento Travessa da Conceição à Glória n.º 7 Pedro Ferro Alpalhão Arquitecto Cozinhas modernas
Pedro Ferro Alpalhão Arquitecto

Remodelação apartamento Travessa da Conceição à Glória n.º 7

Pedro Ferro Alpalhão Arquitecto

Como guia, reunimos algumas dicas para calcular a capacidade de que realmente precisa:

Para o compartimento do frigorífico: estima-se que uma única pessoa precisa de um volume de 100 litros. A isso devem ser adicionados 50 a 60 litros por cada pessoa de casa (cada um tem seu próprio compartimento ou quase). Portanto, para uma família de 4 pessoas, conte: 100 litros 50 (ou 60) x 3, ou entre 250 e 300 litros.

Para o congelador: em média 40 a 60 L por pessoa. Para uma família de 3 a 4 pessoas, um congelador de 60 a 80 L será suficiente.

3. O que significam as estrelas num frigorífico?

House in Coruche, Santarém é ar quitectura Cozinhas modernas MDF Branco
é ar quitectura

House in Coruche, Santarém

é ar quitectura

As estrelas indicam o desempenho da temperatura do compartimento do congelador.

Cada estrela é equivalente a -6 ° C:

Sem estrela: estes frigoríficos não têm congelador, pelo que é impossível guardar os alimentos congelados.

Uma estrela *: compartimento até -6 ° C, os produtos congelados podem ser guardados entre 1 a 2 semanas.

Duas estrelas **: compartimento atinge os -12 ° C, alimentos congelados podem ser armazenados durante 2 meses.

Três estrelas ***: compartimento atinge os -18 ° C, alimentos congelados podem ser armazenados até 12 meses.

Quatro estrelas ****: verdadeiro congelador que, com os seus – 24 ° C, é ideal para congelar em casa, principalmente em grandes quantidades, pode durar até 12 meses.

Em casa, usamos um congelador que pode descer até -24 ° C e congelar os alimentos em 24 horas. Na indústria, os congeladores descem até -30 ° C ou -50 ° C e permitem que grandes quantidades de alimentos sejam resfriados mais rapidamente.

Se optar por um congelador separado, mesmo um mini congelador, lembre-se de que são dois aparelhos que vão consumir eletricidade todos os dias do ano. Se for para manter a produção da sua horta, não hesite em testar também outros métodos de conservação, alguns dos quais requerem menos ou nenhuma energia.

4. Classe energética

Remodelação de apartamento Avenidas Novas, Lisboa Matos + Guimarães Arquitectos Cozinhas modernas
Matos + Guimarães Arquitectos

Remodelação de apartamento Avenidas Novas, Lisboa

Matos + Guimarães Arquitectos

Existe uma nova classe energética. Segundo a Deco Proteste ’ esta nova etiqueta energética é obrigatória a partir de 1 de março de 2021 para os televisores, frigoríficos e arcas congeladoras, máquinas de lavar loiça, de lavar roupa e de lavar e secar roupa. Mas os novos produtos à venda desde novembro de 2020 já podiam incluir, no interior da embalagem, a nova etiqueta, além da que estava em vigor. Na nova etiqueta energética dos eletrodomésticos (à direita), as escalas A+, A++ e A+++ caem para dar lugar a uma escala mais simples de A (mais eficiente) e G (menos eficiente). Torna-se assim mais fácil escolher eletrodomésticos eficientes e poupados. ’

As condições de teste foram alteradas para obter consumos mais próximos do uso real. Por exemplo, os frigoríficos não são mais testados com a porta fechada, mas com várias aberturas de porta.

  • Consumo de energia

O consumo é indicado em kWh/ano. Varia de 80 kWh/ano para um pequeno frigorífico sem congelador a mais de 250 kWh/ano para um frigorífico americano.

  • A capacidade

A etiqueta de energia especifica a capacidade do aparelho (parte de refrigeração), bem como a capacidade do compartimento do congelador.

  • Nível de ruído

A etiqueta indica o nível de ruído em dB e indica uma classe de perceção de som de A a D. Classe A corresponde aos dispositivos mais silenciosos (menos de 30 dB), dispositivos de classe B <36 dB, classe C <42dB e classe D 42 dB ou mais.

É preferível um modelo silencioso. Uma diferença de 3 dB representa o dobro da potência do som.

5. Escolher um congelador com boa autonomia

Em caso de falha de energia, os alimentos permanecem congelados várias horas, desde que a porta do aparelho não seja aberta. Alguns aparelhos atingem uma autonomia de 48 a 60 horas: o suficiente para evitar problemas, um corte de energia tão longo é improvável.

6. Quanto custa um frigorífico combinado

O orçamento de um frigorífico combinado é de 200 € a 720 € em média, mas claramente que pode subir muito mais, se optar por uma determinada marca e opções mais tecnológicas.

Um mini frigorífico custa em média os 150€.

7. Que dimensões escolher para o frigorífico?

É imprescindível garantir que o frigorífico não seja muito invasivo na sua cozinha. Deve ser capaz de se mover e abrir a porta corretamente.

Qual é a melhor do frigorífico? Uma dica se não tiver muito espaço na cozinha, opte por um frigorífico mais estreito, mas alto.

O nosso artigo foi útil para si? Deixe-nos o seu feedback!

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa?
Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!