Casas clássicas por Barra&Barra Srl

Casa pré-fabricada: confortável e fica pronta em 5 meses

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

O hábito faz-nos reconhecer rapidamente os materiais das casas quando estas são de madeira, pré-fabricadas, de pedra ou de construção tradicional. Mas, sabe o que é fibra de gesso? Pois não. É uma verdadeira novidade. A casa que nos preparamos para conhecer é construída com materiais tradicionais, mas também inclui fibra de gesso.

A fibra de gesso foi usada para revestir as colunas de madeira e para formar o conjunto das paredes centrais da casa. A fibra de gesso contribui para que os edifícios tenham uma elasticidade considerável ante um sismo, estando-lhe assim inerente uma alta condição anti-sísmica. Esteticamente, é similar ao material do drywall, mas, ao contrário destes, suportam até dez quilos, a fibra de gesso elaborada pode chegar a suportar 60 quilos.

O trabalho que lhe mostraremos neste livro de ideias é da autoria do gabinete Barra y Barra, uma empresa especializada na construção de edifícios ecológicos e de alta eficiência energética, seguindo as correntes da arquitectura moderna.

Comecemos, então, a conhecer esta casa.

Fachada

Estamos em Centallo, em Piemonte, uma pequena aldeia italiana a dez minutos de Cuneo. Encontramo-nos numa área com uma arquitectura tradicional profundamente enraizada à qual se decidiu dar continuidade, tendo-se adaptado esta casa às características do local para que melhor se integrasse na paisagem.

Embora pareça ser uma casa como tantas outras, trata-se de uma moradia com baixo consumo energético e com bom isolamento térmico e acústico, tendo um consumo energético de apenas 16 KWh/mq por ano, enquadrando-se na classe de eficiência energética A+.

O interior

A casa é composta por três pisos, um deles no subsolo, feito em betão armado, que abriga uma adega, uma garagem e uma sala de serviço. A área total da moradia é de 240 m².

No piso térreo, desenvolve-se o núcleo social da casa, como o privado. A superfície possui 180 m² e é composta por uma sala de estar, uma cozinha, uma despensa, dois quartos, uma casa de banho e uma lavandaria. A parte da zona social tem um pé direito duplo que, ainda assim, não provoca perda de energia. A nível térmico, a casa está equipada com pavimento aquecido e, do ponto de vista eléctrico, a casa integra um sistema de automação residencial que, combinado com uma HDSL simétrica, permite a gestão a partir de um comando romântico ou de um tablet ou smartphone. Finalmente, todos os ambientes desta habitação estão dotados de ventilação mecânica controlada e aspiração central.

Amor pelos detalhes

O projecto também emprega portas e janelas em PVC com um efeito de madeira que sustêm vidros com baixa emissão e gás argão no interior. Toda a casa foi concebida de modo a ter uma “cápsula de isolamento” contínua entre as paredes exteriores e o telhado, evitando qualquer tipo de ponte térmica, pelo que pode ser considerada uma verdadeira jóia da construção ecológica.

Do nível superior

Aqui estamos, no nível superior, – numa estrutura de mezanino – com 60 m² onde encontramos uma segunda parte da área de dormir composta por um quarto, uma casa de banho e um escritório. Aqui, a altura do tecto é ainda mais evidente do que na imagem precedente. As vigas de madeira de abeto suportam um tecto inclinado com uma espessura de 22 cm. O piso, à semelhança do da zona de noite, foi revestido com soalho de carvalho oleado.

A cozinha

No geral, o estilo do interior é sóbrio e moderno, dotado de um design simples e acolhedor que alterna elementos modernos com peças de um género mais tradicional. Uma mistura muito bem sucedida para um resultado bastante convincente.

É importante pensarmos de forma sustentável e integrarmos em nossa casa soluções energéticas eficientes. O que achou deste projecto?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!