Casa moderna em Varsóvia

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

A casa que veremos hoje neste homify 360º é da autoria do gabinete DCK – Damiana Cyryla Kotwickiego. O edifício tem uma área útil total de 250 m² e está localizado em Varsóvia. O projecto impressiona com a sua combinação de simplicidade moderna e rusticidade, alcançada graças à seleção exclusiva de materiais.

O edifício foi concebido com base em linhas simples e funcionais. A mescla entre tijolo, betão e madeira conferiu à moradia um efeito moderno e, em simultâneo, acolhedor. Os interiores foram distribuídos de acordo com a concepção moderna que privilegia espaços abertos e amplos. O piso térreo inclui uma área de estar que reúne a sala de jantar, a sala de estar e a cozinha. O andar superior abriga os quartos e as casas de banho. A casa inclui, ainda, uma garagem.

Venha conhecer este projecto.

A ideia dos proprietários

  por D C K
D C K

elewacja frontowa

D C K

Os proprietários do imóvel procuravam originalidade, mas não impuseram soluções específicas aos arquitectos, confiando no seu conhecimento e imaginação. Apesar desta aparente liberdade, o desafio não era fácil. Uma das principais dificuldades prendia-se com o facto de o terreno ser estreito. 

A moradia ergue-se por via de volumes geométricos simples, mas com elementos arquitectónicos que a distinguem. O edifício conta com uma ampla garagem com dois lugares de estacionamento.

Lote problemático

  por D C K

O lote onde a casa foi construída tem boas condições e está bem localizado. Contudo, tem dois grandes inconvenientes: é pequeno e estreito. A largura é de apenas 18.5 metros e a área total tem 560 m². A forma rectangular do terreno trazia restrições pelo que os investidores procuraram construir uma casa com soluções personalizadas que não podem ser encontradas prontas em qualquer directório. O desafio era tal que os proprietários lançaram uma espécie de concurso para desenhar a casa de sonho. Apenas a sugestão do arquitecto do gabinete DCK satisfez todas as necessidades e expectativas.

Edifício sólido

  por D C K

A casa tem uma silhueta pouco convencional, embora o telhado seja de duas águas, uma característica típica da construção tradicional. Do lado sul, a casa tem um formato clássico. Já a fachada virada para a rua confronta-nos com uma forma minimalista e geométrica. 

O programa de distribuição foi resolvido de uma forma interessante. A garagem localiza-se na parte traseira da casa, no lado norte da propriedade. A ela está adjacente a área comum e o núcleo da casa que inclui a cozinha e as salas. Ambos os quartos se encontram no primeiro andar e estão complementados com casas de banho e closets

Materiais

  por D C K
D C K

wejście

D C K

Arquitectura moderna a um nível tão elevado requer tempo, boa qualidade de construção e materiais de acabamento e profissionais de excelência. Assim, as obras de construção duraram cerca de um ano e meio. As paredes do edifício são feitas de tijolo cerâmico oco e betão. A parte da madeira, por sua vez, é em cedro exótico. O telhado é acabado com uma folha de zinco-titânico e isolado com uma camada grossa de lã mineral.

Interiores

  por D C K

escada em espiral, visível na fotografia, é feita de madeira de nogueira americana e vidro. O elemento domina o interior e assume uma forma escultural. Esta escada também acaba por surgir enquanto divisor de espaços com propósitos distintos. Embora a escadaria tenha este formato impressionante e intrincado, a verdade é que tomou muito menos espaço do que a versão tradicional. No interior, prevalece uma estética moderna e minimalista, com o calor da madeira a oferecer mais personalidade e conforto à área.

Terraço – 1

  por D C K
D C K

taras

D C K

A construção inclui dois terraços. A casa é rica em superfícies de vidro e portas de correr que a ligam ao jardim. O primeiro terraço está localizado no lado sul do edifício, adjacente à rua. Os vidros conectam-no à sala de estar que acaba por se prolongar para o exterior graças ao piso de madeira. Esta área encontra-se coberta graças ao avançado do volume superior. Os móveis confortáveis criam um recanto agradável e confortável propício à conversa e ao relaxamento.

Terraço – 2

  por D C K

O segundo terraço está na parte lateral da casa e é, tal como o anterior, facilmente acessível a partir do interior através das generosas janelas. O primeiro terraço parecia uma continuação da sala de estar. Este, pelo contrário, integra uma apelativa área de refeições de exterior com um pavimento em cerâmica cinza que se afunda na relva verde e harmoniza com as cores da casa.

O que achou deste moderno projecto polaco? De que parte da casa mais gostou? 
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!