Os 7 Pecados Capitais na Escolha de Um Papel de Parede | + 18 Imagens Para se Inspirar | homify Os 7 Pecados Capitais na Escolha de Um Papel de Parede | + 18 Imagens

Os 7 Pecados Capitais na Escolha de Um Papel de Parede | + 18 Imagens Para se Inspirar

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Olivier Sapateiros – Lisboa Staging Factory Quartos rústicos
Loading admin actions …

Somos os primeiros a reconhecer que colocar um papel de parede é uma tarefa desafiante que requer o máximo de atenção. Também não negamos que colocar um papel de parede é um compromisso e que não é impossível que se venha e cansar dele a médio ou longo-prazo. No entanto, se quiser dar um novo élan a um espaço, trazer-lhe uma nova cor ou enriquecê-lo com uma nova textura, tem no papel de parede um excelente aliado para o efeito. 

Os decoradores e designers de interiores não perdem uma oportunidade de usar papel de parede em todos as paredes ou em usar papel de fundo para, por exemplo, enquadrar um móvel. Desde padrões ligados à natureza aos clássicos padrões às riscas, dos papéis de parede lisos aos que têm textura, dos papéis simples e intemporais ao papel de parede 3D, vemo-los em todas as divisões, por vezes até em sítios pouco convencionais como, por exemplo, nos tectos de casas de banho. Há uma miríade de opções disponíveis no mercado que vão ao encontro de todos os estilos e gostos. Por um lado, é bom termos essa escolha. Por outro, é provável que nos sintamos assoberbados. A pensar nisso, decidimos hoje criar este guia com os 7 erros mais comuns no processo escolha de um papel de parede. Seleccionámos várias imagens nas quais se pode basear para escolher papel de parede para quarto ou papel de parede para sala – mas não só!

Ora veja!

1. Comprar sem pedir amostras e experimentar

Tal como as lojas de tintas, também as que vendem papéis de parede fornecem amostras para que os clientes possam experimentar alguns dos seus papéis de parede preferidos antes de tomarem uma decisão. Este passo é muito importante porque lhe vai permitir perceber como eles funcionam no espaço que está a decorar e como ficam quando expostos à iluminação natural e artificial do mesmo. À semelhança do que acontece com as tintas, um papel de parede de uma cor que lhe pareceu bem em catálogo pode não resultar nas paredes da sua casa. Além do mais, pedir e experimentar uma amostra ser-lhe-á também útil para perceber melhor a textura e o acabamento do papel de parede (que pode ser brilhante, mate, áspero, macio, e assim por diante).

2. Usar papel de parede para cobrir fendas, rachas ou manchas de humidade

O papel de parede não deve servir para ocultar problemas estruturais. Colocar papel com esse intuito é um varrer de sujidade para debaixo do tapete. O papel de parede até pode tapar esses problemas, mas eles não deixam de existir e como ficam escondidos, podem até piorar sem que se aperceba (é o mais certo). Por isso, antes de colocar um papel de parede, é importante inspeccionar a parede para perceber exactamente em que estado ela está, até porque a existência de fendas, de humidade e de outros problemas estruturais vai interferir na colocação do papel de parede e criar um obstáculo a que a superfície fique lisa.

3. Pensar que só um papel de parede com padrão tem impacto

Olivier Sapateiros – Lisboa Staging Factory Quartos rústicos
Staging Factory

Olivier Sapateiros – Lisboa

Staging Factory

Um papel de parede não tem que ter um padrão para criar impacto em determinado espaço. Embora ainda se associe muito os papéis de parede a padrões (sobretudo florais que eram os que mais se usavam antigamente), um papel de parede liso pode acrescentar cor e textura a qualquer divisão e surgir como uma excelente alternativa à tinta que se suja mais facilmente do que qualquer parede de parede. Os papéis de parede lisos são, na verdade, utilizados amiúde com resultados muito elegantes, especialmente em espaços onde se pretenda manter uma estética depurada.

4. Comprar sem considerar o estilo do espaço

Private Interior Design Project - Albufeira Simple Taste Interiors Quartos modernos
Simple Taste Interiors

Private Interior Design Project – Albufeira

Simple Taste Interiors

Hoje em dia, somos estimulados visualmente em permanência. Há milhares de revistas, sites e contas nas redes sociais que nos mostram espaços encantadores que nos despertam uma grande vontade de querer mudar tudo à nossa volta. O lado menos bom desta informação visual que não nos pára de chegar é que também nos tornamos mais consumistas e compramos, muitas vezes, por impulso sem pensar bem se objecto “x” ou “y” vai realmente ficar bem na nossa casa. Pode até dar-se o caso de se apaixonar por um papel de parede que fica a matar em sua casa, mas também é possível que, por muito que goste de um papel de parede, ele não seja o ideal para o espaço que deseja intervencionar. O mesmo acontece com as tendências: por muito que gostemos delas, nem todas funcionam na nossa casa. Por isso, não se precipite a comprar um papel de parede só porque viu num determinado ambiente e gostou. Quando comprar, pense no tamanho do espaço em relação à escala do design do papel e considere o estilo da sua casa. Um padrão geométrico, por exemplo, será melhor para um espaço novo e contemporâneo e um padrão floral ou pastel, encaixar-se-á melhor num ambiente rústico ou campestre.

5. Achar que não se pode usar papel de parede em casas de banho ou cozinhas

Casa de banho social em Lisboa LAVRADIO DESIGN Casas de banho modernas Metalizado/Prateado
LAVRADIO DESIGN

Casa de banho social em Lisboa

LAVRADIO DESIGN

Querido Mudei a Casa - Episódio #2421 Homestories Cozinhas escandinavas
Homestories

Querido Mudei a Casa – Episódio #2421

Homestories

“O papel de parede vai estragar-se em ambientes húmidos.” → errado. Os papéis de parede podem ser usados em casas de banho e em cozinhas e os designers de interiores fazem-no cada vez mais. Tem, no entanto, que escolher um papel de parede feito especificamente para ser utilizado em ambientes com altos níveis de humidade, caso contrário, ele acabará, efectivamente por descolar ou apresentar outros danos. Procure papéis de parede vinílicos (ou com outros revestimentos plásticos). A película fina de PVC que estes papéis possuem torna-os resistentes à humidade e a diferentes salpicos, conferindo-lhes durabilidade. Cabe também mencionar que quanto mais espesso for um papel de parede, mais impermeável será. 

Nota: apesar de o papel de parede elevar sobremaneira a decoração deste espaços, não deve utilizá-lo para revestir a zona do duche ou da banheira.

Não medir as paredes antes de comprar os rolos

Sala e Varanda em Paço de Arcos Sizz Design Salas de estar tropicais
Sizz Design

Sala e Varanda em Paço de Arcos

Sizz Design

Os papéis de parede são um investimento, por isso, meça bem as paredes antes de comprar os rolos para não desperdiçar dinheiro ou, pelo contrário, para não ficar com papel de parede a menos. 

Siga este guia:

  • Comece por medir as parede e multiplique a largura e a altura para chegar ao resultado em metros quadrados. De seguida, subtraia o tamanho das janelas, das portas e de outras aberturas.
  • Depois de saber os m2, precisa de saber a metragem do produto que pretendemos comprar. Essa informação virá descrita no rolo, sendo que é conveniente adquirir um rolo a mais para o caso de vir a precisar ou haver algum incidente a colar o papel. Se esse rolo ficar por usar e estiver em bom estado, pode devolvê-lo. 
  • Para simplificar o cálculo, sugerimos que use estacalculadora online.

7. Não confirmar o número de fabricação

Quarto de criança - rapazes LAVRADIO DESIGN Quartos de rapaz
LAVRADIO DESIGN

Quarto de criança – rapazes

LAVRADIO DESIGN

Sempre que comprar papel de parede, deve verificar o número de fabricação que vem na etiqueta dos rolos para garantir que não há diferenças de padrão ou de cor. É um passo muito simples, mas de que a maior parte das pessoas se esquece quando compram o papel de parede em loja. Se comprar online, não deverá ter este problema porque os fabricantes confirmam. Ainda assim, quando os rolos chegarem, confirme para, depois, não ter surpresas ao colocá-los.

A Casa da Helena Homestories Quartos escandinavos
Homestories

A Casa da Helena

Homestories

Dica adicional: como tirar papel de parede?

Sala de Jantar em Lisboa LAVRADIO DESIGN Salas de jantar modernas
LAVRADIO DESIGN

Sala de Jantar em Lisboa

LAVRADIO DESIGN

Na homify, somos apologistas de entregar este tipo de trabalho a um profissional. Colocar e remover papel de parede pode ser desafiante, especialmente para quem nunca experimentou antes. Mas se quer mesmo seguir com esta tarefa, eis o que deve saber:

  • Papel de parede adesivo ou removível: este tipo de papel é um dos mais fáceis de retirar porque foi preparado para tal. Basta encontrar uma extremidade solta e puxar. Se ele estiver colado em alvenaria, pode tirá-lo com o auxílio de uma esponja mergulhada em água e sabão de forma a amolecê-lo e a tornar mais fácil a remoção do papel e dos resquícios de cola. 
  • Papel de parede colocado com cola: é mais comum o papel de parede ser aplicado com cola (que pode ser colocada no próprio papel ou na parede). Se for o caso, use uma espátula para conseguir levantar umas pontas e recorra à mistura de sabão e água quente para que o papel amoleça e se vá soltando. Com a espátula, remova as partes mais difíceis de tirar. 
  • Para casos difíceis: se está a ser difícil remover o papel de parede, experimente usar um vaporizador de mão. O vapor gerado por este aparelho deverá levar a que o papel comece a descolar-se da parede após dez segundos. O vaporizador não é caro (contratar um profissional é muito mais) e é bastante eficiente, até com cola antiga. 
  • Com vinagre: para esta técnica, vai precisar de vinagre branco, de água morna, de uma garrafa com spray e de um raspador. Misture o vinagre e a água morna, em partes iguais, e coloque a fórmula num spray. Borrife a parede com esta mistura e deixe-a actuar por 15 minutos. Com o raspador, remova o papel de parede que deverá sair facilmente porque o vinagre actua como solvente e dissolve a cola que utilizou para a colocação do papel. Se não resultar, volte a aplicar a mistura por partes para que ela não seque antes de a remover.

Um designer de interiores ou decorador pode ajudá-lo a desenhar o seu espaço e a escolher o papel de parede que mais se adequa. Para a colocação, não hesite em contactar uma empresa especialista em revestimentos ou até mesmo um pintor. Pode encontrar empresas na nossa plataforma. Basta abrir o separador de ’profissionais’, em cima, e filtrar a pesquisa pela sua área de residência ou código postal. Os pedidos de orçamento são gratuitos!

Estas dicas foram-lhe úteis? Se tiver mais alguma dúvida, não hesite em contactar-nos!
Casas inHAUS Casas modernas

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa?
Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!