Rattan: a Fibra Natural mais Popular para Interiores e Exteriores | 21 Imagens Para se Inspirar

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
DECORAÇÃO TOTAL DE QUINTA PARA VENDA, Staging Factory Staging Factory Salas de estar modernas
Loading admin actions …

Entre as tendências de decoração para interiores e exteriores, há umas que se destacam mais do que outras. Nos últimos dois anos, o uso de mobiliário e de peças de decoração em rattan – e de fibras naturais, de um modo geral – tem-se evidenciado e a ideia de que materiais como este são exclusivos dos ambientes ao ar livre tem-se vindo a dissipar.

 Apesar de ainda haver uma forte predilecção por mobiliário de jardim em rattan sintético ou natural – o que é normal se considerarmos o despojo, a organicidade e a descontracção que esta fibra empresta aos espaços – o rattan na decoração surge como resultado de uma necessidade generalizada em criar atmosferas que aproximem as pessoas da natureza, numa era em que, para bem e para mal, a vida acontece muito no e pelo digital. Além do mais, habitamos um mundo que enfrenta sérios problemas ambientais e onde uma geração mais jovem vai despertando, paulatinamente, para a urgência de fazer escolhas mais sustentáveis, o que passa, também, pela decoração.

Hoje, dedicamos o nosso artigo ao rattan. Para ilustrar o nosso texto, escolhemos várias imagens de projectos de decoradores e designers portugueses que nos mostram como se pode usar o rattan na decoração: dentro e fora de portas.

Acompanhe-nos.

1. Rattan: o que é?

Projecto Moradia Modelo Palmela Village, Staging Factory Staging Factory Varandas
Staging Factory

Projecto Moradia Modelo Palmela Village

Staging Factory

Rattan (ratã ou rotim) é, na verdade, o nome de uma palmeira escandente que se encontra em florestas tropicais, nomeadamente no sudoeste asiático. A planta é nativa da Índia, mas as Filipinas são uma das suas grandes exportadoras. Nas florestas onde cresce, o valor económico do rattan pode ajudar a proteger as árvores, o que faz dele uma alternativa interessante e rentável à exploração de madeira e que é, de resto, mais fácil de extrair e de transportar. O material é muito utilizado para fazer móveis, cestaria, bengalas, entre outras coisas. Trata-se de um material resistente (e, ainda assim, leve), fácil de manipular e que aceita tintas e corantes.

“E qual é a diferença entre vime e rattan?” – perguntar-se-ão os nossos leitores. O vime e o rattan não podem ser comparados porque o vime não é um material, mas sim uma técnica de entrançar materiais de origem vegetal como o rattan, o bambu ou a verga, sejam eles naturais ou sintéticos.

2. Quais são as qualidades do rattan?

Remodelação de apartamento, Architect Your Home Architect Your Home Cozinhas modernas
Architect Your Home

Remodelação de apartamento

Architect Your Home

É ecológico: em primeiro lugar, o rattan é um material sustentável e, subsequentemente, bom para o meio-ambiente. Para que os móveis que utilizamos sejam fabricados, destroem-se florestas inteiras, mas a utilização de rattan permite que as florestas se mantenham intactas. O material, para além de fácil de extrair, volta a crescer rapidamente no mesmo sítio (o que não acontece com as árvores comummente demolidas para o fabrico de mobiliário).

Nau Salgados, Staging Factory Staging Factory
Staging Factory

Nau Salgados

Staging Factory

É versátil e resistente: o rattan é leve e fácil de trabalhar, mas, ao mesmo tempo, bastante resistente e durável (pode durar várias décadas, embora precise, claro está, de ser cuidado). Não é por acaso que se utiliza este material para o fabrico de mobiliário de jardim que está muito exposto às agressões do clima. Mas, e como já referimos, o material também é utilizado no exterior, harmonizando-se com peças de estilos distintos em ambientes que vão do rústico ao minimalista.

É leve: as peças de decoração em rattan são bastante leves, pelo que podem ser mudadas de sítio sem grandes esforços. Para quem gosta de ir alterando a disposição do mobiliário e a decoração da casa, não é uma qualidade de somenos.

Jardim Bambus, MUDA Home Design MUDA Home Design Jardins rústicos
MUDA Home Design

Jardim Bambus

MUDA Home Design

É óptimo para jardins: o mobiliário de jardim em rattan é resistente aos raios UV, o que significa que a cor não desbota com o passar do tempo. Além disso, é um material que não precisa de grande manutenção, devido à sua dureza e estrutura durável.

3. Em que estilos se pode usar rattan?

sala estar - espaço de refeições Staging Factory Salas de estar modernas
Staging Factory

sala estar – espaço de refeições

Staging Factory

Quarto - pormenor TGV Interiores Quartos ecléticos sofá,borial,quarto
TGV Interiores

Quarto – pormenor

TGV Interiores

O rattan adequa-se a todos os estilos, sendo mais comum em espaços de inspiração boémia, costeira, rústica, campestre ou escandinava. Na decoração e no design de interiores, não há regras de ouro e a utilização de ou um de outro material dependerá muito da forma como for incorporado no espaço. 


O rattan é uma boa escolha para ambientes assumidamente descontraídos e naturais (com muitas plantas, cores terra, peças artesanais e referências ao movimento

hippie

, por exemplo), mas as peças de decoração ou móveis em rattan podem perfeitamente aparecer em jeito de contraste em espaços modernos e minimalistas que se destaquem por ter uma estética mais depurada. Por norma, nestes últimos espaços, o rattan surge em apontamentos como abajures, lanternas para velas, molduras (inclusive em molduras de espelhos), tamboretes, pufes ou em cadeiras (que podem contrastar com uma mesa mais clássica ou moderna) e portas de móveis como aparadores ou de televisão. 


O material, pela sua cor e toque, é um excelente aliado para tornar a decoração mais confortável, cálida e aconchegante. Hoje em dia, é comum ver-se o rattan em espaços onde há materiais mais frios, como o microcimento e o betão aparente, ou que são todos pintados e decorados com tons neutros.

4. Mobiliário de jardim em rattan

O mobiliário de jardim em rattan usa-se desde sempre, mas, com o passar dos anos, as peças foram ganhando outra sofisticação e design, por isso, não tem necessariamente que comprar aqueles conjuntos clássicos para o exterior com as mesas e cadeiras em rattan a condizer. Pode fazê-lo, claro está, até porque é bastante prático e não deixa de ser uma escolha segura e versátil. Porém, e tal como na decoração de interiores, também pode misturar as peças em rattan com peças de outros estilos e materiais. Além do mais, pode e deve personalizar estes móveis com almofadas e mantas que tornem a sua utilização mais confortável e que os valorizem do ponto de vista estético. 

Independentemente daquilo que decidir fazer – e esperamos que as imagens que escolhemos o ajudem a decidir -, o rattan, por todas as qualidades que possui, é uma boa aposta para ambientes ao ar livre. Para além de resistente ao sol, ao calor e à humidade, também tem uma resistência natural aos insectos! 

(continua nas imagens que se seguem)

HOUSE IN SANTO ESTEVÃO, AJIMOS AJIMOS Jardins rústicos
AJIMOS

HOUSE IN SANTO ESTEVÃO

AJIMOS

Ainda assim, o rattan pode ser tornado mais resistente através da aplicação de um selante e será sempre melhor cobrir os seus móveis durante o Outono e o Inverno, estações em que chove mais. 

Note-se que o rattan sintético é mais resistente e, por conseguinte, muito utilizado em móveis para exterior. Em contrapartida, o sintético vem contrariar a lógica da sustentabilidade que está associada a este material.

Veja no ponto seguinte como limpar e manter o rattan.

5. Como limpar e cuidar do rattan?

DECORAÇÃO TOTAL DE QUINTA PARA VENDA, Staging Factory Staging Factory Salas de estar modernas
Staging Factory

DECORAÇÃO TOTAL DE QUINTA PARA VENDA

Staging Factory

A Casa da Helena, Homestories Homestories Salas de jantar escandinavas estilo nordico,estilo escandinavo,sala,sala de estar,sala de jantar,mesa de jantar,candeeiro suspenso,aparador,flores,flores nordicas
Homestories

A Casa da Helena

Homestories

Casa das Salinas 1 | Sala de Jantar Catarina Batista Studio Salas de jantar modernas
Catarina Batista Studio

Casa das Salinas 1 | Sala de Jantar

Catarina Batista Studio

É importante limpar e manter os seus móveis e peças de decoração em rattan que, devido ao seu entrosamento, acumulam muito pó e sujidade nas frestas. No caso de uma cadeira em rattan, por exemplo, o simples facto de estar coberta com uma almofada ajuda a protegê-la. Mas veja os cuidados que deve ter com as peças em rattan:

  • Use um espanador de microfibra ou um aspirador do pó com a escova de fendas colocada para conseguir aceder aos cantos difíceis. Uma escova de dentes também pode dar jeito para conseguir remover a sujidade das fendas.
  • Se manchar o rattan, limpe o mais rápido possível, mas sem esfregar vigorosamente porque isso vai fazer com que a matéria seja empurrada para a fibra. Se houver sólidos envolvidos, remova-os com uma colher ou o lado liso de uma faca e, no fim, passe o rattan com um pano de microfibra húmido.
  • Para uma limpeza mensal, misture 4 chávenas de água morna com uma colher de chá de detergente de lavar louça. Agite bem até se formar espuma. Encha um segundo recipiente com água fresca para passar o pano por água. Mergulhe o pano de microfibra na água com detergente, torça-o e vá limpando o rattan, de cima para baixo. Passe o pano por água fresca várias vezes e torça-o bem até que fique apenas húmido. Não sature o rattan com água! Quando acabar, deixe secar bem.
  • Se o rattan tiver mofo, misture, em partes iguais, lixívia e água. Com luvas postas, molhe um pano macio nesta mistura e aplique na área afectada. Mais uma vez, lembramos que não deve encharcar o rattan.
  • Para terminar, ferva óleo de linhaça e passe-o pelo rattan com um pano macio. O óleo vai adicionar humidade às fibras, prevenindo que elas partam. Deixe que o óleo seque bem antes de voltar a colocar as almofadas (se for o caso).

5.1. Outros cuidados:

quarto Rima Design Quartos escandinavos quarto, boho, cabeceira, design, decoração, pintura parede, cor

  • Coloque protecções de borracha sobre os móveis para o rattan não arrastar no chão;
  • Proteja os móveis com capas quando não estão a uso (ou recolha-os para o interior);
  • Rode os móveis para que não desbotem só de um lado;
  • Use almofadas para proteger as cadeiras em rattan (ou outras peças do género como poltronas, otomanas, pufes, tamboretes, etc.).

6. Rattan Portugal | Rattan a metro

CADEIRA EM VIME NATURAL CRIVART Jardins modernos
CRIVART

CADEIRA EM VIME NATURAL

CRIVART

CADEIRA em VIME NATURAL CRIVART Varandas, marquises e terraços modernos
CRIVART

CADEIRA em VIME NATURAL

CRIVART

Encontra facilmente decoração e mobiliário em rattan nas lojas mais conhecidas, mas considere comprar em lojas portuguesas, como a CRIVART, que comercializem peças neste material feitas por artesãos portugueses e a um preço justo.

Se quiser e tiver jeito para tal, pode comprar rattan a metro e criar as suas próprias peças. 

Este artigo foi-lhe útil? Prefere ver o material no interior ou no exterior? Conte-nos tudo!

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa?
Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!