Guia completo sobre o processo de emoldurar!

Mariana Garcia – Homify Mariana Garcia – Homify
Loading admin actions …

É praticamente impossível pensarmos na decoração personalizada da nossa casa sem que a nossa mente não nos leve de imediato para fotografias e quadros pendurados nas paredes. Sejam imagens das férias, da família, dos amigos ou passem por frases, padrões ou estampas que nos agradem, a verdade é que este tipo de decoração enche a casa de uma forma super eficaz, conseguindo poupar imenso espaço e, dependendo da forma e dos pormenores que tenha, tendo uma manutenção em termos de limpeza bastante simples. É portanto um ornamento quase indispensável, que consegue agradar à maioria das pessoas! No entanto, basta irmos a lojas de decoração para percebermos o preço elevado que uma moldura simples tem – isto para já nem falar das molduras feitas à medida, onde o trabalho fica fantástico, mas a factura é ainda mais pesada… Mas calma! Hoje estamos aqui para o ajudar a solucionar esta questão! Já temos artigos DIY sobre tanta coisa, por isso a equipa homify decidiu adicionar a esta colecção um sobre este tema: como fazer as suas próprias molduras? Naturalmente que precisará de algum material mais ou menos específico, dependendo do tipo de moldura que quer fazer, mas aqui deixamos-lhe um passo a passo genérico para que este seu projecto corra da melhor forma! Preparado?

O resultado final!

Cozinhas modernas por homify
homify

Modern and Bold Kitchen Diner

homify

Começamos ao contrário e mostramos o resultado final da aplicação de molduras com imagens. Irresistível, certo? A alma deste espaço perderia uma boa parte de si na ausência destes ornamentos! E é assim que damos o pontapé de saída para o nosso tema de hoje!

Seleccione as imagens que quer emoldurar

Tiles Pictures - Port Art: Sala de estar  por Home Staging Factory
Home Staging Factory

Tiles Pictures – Port Art

Home Staging Factory

O primeiro passo neste processo é escolher que fotografias ou outras imagens vai querer emoldurar. Este passo fará toda a diferença pois será a base para a tomada de decisão no que toca a pontos óbvios, como por exemplo a cor ou o tipo de material utilizado na moldura. Além disso, é aqui que vamos perceber o tamanho da moldura de que precisamos, assim como a forma da mesma. Por isso, e de uma maneira calma e com tempo, decida exactamente que imagens quer expôr e onde isso vai acontecer, para que todo o restante processo decorra sem grandes percalços. Após esta tomada de decisão, está preparado para passar ao próximo passo!

Tenha em consideração o tamanho da moldura

SOFA RPH BY FABIO NOVEMBRE  @ ALOTOFBRASIL: Casa  por A LOT OF BRASIL
A LOT OF BRASIL

SOFA RPH BY FABIO NOVEMBRE @ ALOTOFBRASIL

A LOT OF BRASIL

Contrariamente ao que se diz por aí, aqui o tamanho conta – e muito! Tal como dissemos no ponto anterior, é muito importante que perceba onde vai querer colocar a moldura no fim do processo. Se tiver uma parede totalmente vazia e com uma área considerável, talvez este passo possa ser tomado de forma mais relaxada, mas quando colocar uma moldura no seu sítio implica arrastar móveis, alterar a disposição de outras molduras ou encaixá-la na restante decoração, o melhor mesmo é tirar algumas medidas para perceber se a imagem que quer expôr caberá, com a respectiva moldura, no local onde a quer pendurar. Por vezes, pode ser necessário reduzir o tamanho da moldura para que este ornamento num todo caiba no sítio que pretende.

Altura de decidir o material para a moldura!

Casa  por homify
homify

Happy together

homify

Agora que chegámos ao ponto alto do nosso guia, é altura de definir algumas coisas: vai querer utilizar um passe-partout entre a imagem e a moldura ou não? E qual será o tipo de material que vai querer para a moldura em si? Madeira, plástico… ? E em termos de cor, já pensou qual é que vai ser? Estas e outras questões deverão ser colocadas antes de adquirir material ou de começar a reciclar algum que tenha lá em casa. E é importante que o faça para evitar frustrações ou gastos desnecessários de dinheiro. É igualmente importante que tenha noção das suas limitações em termos de trabalhos manuais, podendo ultrapassar as suas dificuldades através da visualização de tutoriais na internet ou pedindo ajuda a um familiar ou amigo que se sinta mais à vontade neste tipo de actividade.

Vidro, acrílico ou…

Caixa Moldura - Mealheiro Mundo: Casa  por Culto Decor
Culto Decor

Caixa Moldura – Mealheiro Mundo

Culto Decor

… nenhum dos dois! Para finalizar a sua moldura, é altura de decidir o pormenor que pode vir a fazer toda a diferença: vai querer uma protecção para a sua fotografia/obra de arte ou não? Escolhendo uma protecção, a grande vantagem do acrílico sobre o vidro é a resistência do primeiro, que se parte muito mais dificilmente do que o segundo. Além disso, é mais leve, pelo que forçará menos o ponto de aplicação na parede. No entanto, o vidro pode ser mais translúcido, tornando mais bonito o acabamento. No entanto, é uma decisão sua, por isso escolha o que melhor se encaixa nos seus gostos!

O processo de montagem

Molduras e passepartouts: Casa  por Autovidreira
Autovidreira

Molduras e passepartouts

Autovidreira

Dependendo do tipo de material que vai querer usar, o processo de montagem pode ter ligeiras alterações. O que é transversal a todos é a medição da imagem a expôr para percebermos o que realmente vai aparecer no final de todo o processo. Portanto, antes de começar a cortar, colar ou pregar o material é importante que meça na imagem a largura da moldura para ver o que ficará escondido por detrás da mesma. No caso de querer que a imagem apareça na sua totalidade, pondere em colá-la num fundo mais ou menos discreto (pode utilizar cartolina, por exemplo, que consegue encontrar em diversas cores). Desta maneira, mesmo utilizando o passe-partout, conseguirá ter uma base onde o aplicar, sem que para isso reduza a imagem.

Coloque as fotografias nas suas molduras…

Salas de estar modernas por (주)강경숙칠판
(주)강경숙칠판

파리 앤 파리

(주)강경숙칠판

… e desfrute do seu trabalho! Depois das molduras feitas, pode ordená-las da maneira que quiser, reutilizá-las em vários espaços diferentes ou até conjugá-las para formar uma composição harmoniosa, como a apresentada aqui por esta empresa de mobiliário e acessórios sul-coreana. Além de se sentir satisfeito, pode recolher os frutos do seu trabalho através dos elogios que os seus amigos e familiares lhe vão fazer e, quem sabe, ajudá-los a criar os seus próprios projectos! Lembre-se: o céu é o limite – e mesmo assim o Homem foi à Lua! Por isso mesmo, o importante é dedicar-se de corpo e alma aos seus trabalhos manuais, para que em cada um deles haja um pouco de si oferecido ao Mundo sob a forma de molduras, cabides, loiça ou outro qualquer elemento decorativo ou utensílio para a sua casa! E acima de tudo divirta-se enquanto põe as mãos à obra!

Sente-se mais preparado para dar largas à sua imaginação?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!