Pavimento Pavê: Resistente, Bonito e Ideal Para Exteriores + 9 Fotos Para o Inspirar | homify Pavimento Pavê: Resistente, Bonito e Ideal Para Exteriores + 9 Fotos

Pavimento Pavê: Resistente, Bonito e Ideal Para Exteriores + 9 Fotos Para o Inspirar

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
The Hexagon Villa Fornature Design Pavimentos
Loading admin actions …

A escolha dos revestimentos para a sua casa, tanto para o interior como para o exterior, pode não ser uma tarefa fácil. O mercado é, actualmente, vasto e, enquanto clientes, podemo-nos sentir assoberbados com tantas opções. Nesse sentido, é sempre preferível entregar os projectos a profissionais que estão por dentro do assunto e sabem, por isso, fazer escolhas baseadas numa boa relação qualidade/preço. Aqui na homify, encontra vários artigos técnicos sobre materiais de construção populares. Este é um deles.

Se pretende pavimentar os espaços exteriores ou os acessos da sua casa e procura uma solução económica, eficaz, duradoura e interessante do ponto de vista estético, considere o revestimento pavê. Neste livro de ideias, explicamos-lhe tudo o que precisa de saber sobre esta solução que pode ser a resposta ideal para o que procura.

Conheça as características do pavê, saiba entre que tipos pode escolher, descubra todas as vantagens, aprenda a instalar o pavimento e tome nota dos preços!

1. O que é pavimento pavê?

Pátio | Garagem - T3 em Leça da Palmeira - SHI Studio Interior Design ShiStudio Interior Design Pavimentos
ShiStudio Interior Design

Pátio | Garagem – T3 em Leça da Palmeira – SHI Studio Interior Design

ShiStudio Interior Design

Fachada - T3 em Leça da Palmeira - SHI Studio Interior Design ShiStudio Interior Design Moradias
ShiStudio Interior Design

Fachada – T3 em Leça da Palmeira – SHI Studio Interior Design

ShiStudio Interior Design

O pavê é um pavimento pré-fabricado feito a partir de lajetas de betão de fácil aplicação e com intertravamento feito por areia de selagem. Este pavimento, também conhecido como pavimento pavers ou pedras do chão, é excelente para a utilização nos mais variados ambientes de uma casa, destacando-se, especialmente, em pisos exteriores como pátios, pavimento de jardim e calçadas. Muito parecido com a calçada de rua normal a que estamos habituados, é um pavimento para exterior que se constrói num estilo tipo puzzle em que os vários blocos estão conectados entre eles. O pavê pode ser adquirido numa larga variedade de medidas e formatos, cada um com as suas características, vantagens e zonas preferenciais de aplicação.

2. Que tipos de pavimento pavê existem?

The Hexagon Villa Fornature Design Pavimentos
Fornature Design

The Hexagon Villa

Fornature Design

Há diferentes tipos de pavê que deve escolher de acordo com as suas necessidades e preferências. Cada um apresenta características distintas e adapta-se melhor a aplicações específicas. Fique a conhecer um pouco melhor todos os tipos para, no fim, fazer a escolha certa. 

  • Pavê rectangular: o pavimento pavê rectangular ou de geometria regular é constituído por blocos regulares e de geometria simples – rectangular ou quadrangular – que encaixam entre si paralelamente ou perpendicularmente. São indicados para utilização em parques de estacionamento e zonas de tráfego reduzido.  
  • Pavê drenante: o pavimento de pavê drenante é constituído por blocos construídos numa geometria específica que é indicada para potenciar a permeabilidade do piso. A interligação entre os blocos é feita de modo a que se formem pequenos espaços vazios entre eles. Este é o tipo de pavimento ideal para zonas de tráfego diário como zonas de descarga e estacionamentos. Funciona também muito bem para criar zonas de drenagem em jardins, parques e outras zonas verdes.    
  • Pavê com interconexão: os pavimentos em pavê com interconexão são constituídos por blocos de geometria específica e de vários vértices que se encaixam, como um puzzle, sem que fiquem espaços vazios entre eles. Tal como os pavê rectangulares, são indicados para pavimentos e zonas de tráfego reduzido, sendo igualmente eficazes para espaços com grande permeabilidade. 
  • Pavê com relevo: os pavimentos em pavê com relevo são constituídos por blocos de betão em geometria simples – normalmente, rectangular e quadrangular – que encaixam paralelamente e apresentam a particularidade de terem o acabamento do seu todo desenhado com relevos. Estes relevos indicativos funcionam geralmente como elementos criadores de atrito. São pavimentos ideais para zonas pedonais, passagens de peões, parques de estacionamento e outros espaços urbanos de circulação.

3. Vantagens e desvantagens de pavimento pavê

Pavê de jardim, Junta Drenante Amop Paredes e pisos modernos
Amop

Pavê de jardim, Junta Drenante

Amop

Os pavimentos pavê são utilizados amiúde em espaços exteriores, na pavimentação de zonas de circulação. As suas características e a sua aplicação sobre areia tornam este tipo de pavimento ideal para evitar alagamentos provocados pela chuva, sendo, por isso, ideais para todos os espaços com grande fluxo de circulação. 

Tal como qualquer tipo de pavimento, também o pavê para chão apresenta vantagens e desvantagens que deve conhecer antes de optar pela sua instalação. Só assim saberá se está a escolher o produto certo e se o está a aplicar correctamente e no local adequado.

Vantagens de pavimento pavê:

  • Estética: os pavimentos pavê estão disponíveis numa grande variedade de formas e cores, pelo que pode escolher o material a utilizar de acordo com a estética do espaço onde vai ser aplicado.  
  • Sustentabilidade: os pavimentos pavê são muito mais amigos do ambiente do que os mais comuns pavimentos em betão ou pavimentos em alcatrão. A sua produção consome menos energia do que a produção de outras alternativas.
  • Permeabilidade: os pavimentos de pavê destacam-se pela sua permeabilidade. Isto significa que permitem escoar com maior rapidez as águas para o solo, evitando alagamentos e aumentando, assim, a segurança de quem circula a pé ou em qualquer tipo de veículo.
  • Rapidez e pronta utilização: ao contrário do que acontece com outros tipos de pavimento, o pavê destaca-se pela sua instalação simples e rápida e pela possibilidade de ser utilizado logo após a instalação. Não necessita de qualquer tipo de secagem ou período de fortalecimento. 
  • Durabilidade: as características dos materiais utilizados fazem com que este tipo de pavimento seja resistente e apresente uma vida longa.
  • Facilidade de manutenção: o processo de instalação simples a que está sujeito interfere directamente com a manutenção do pavimento. Assim, os pavimentos de pavê caracterizam-se pela sua fácil manutenção que não obriga à contratação de mão de obra especializada. 
  • Segurança: este é talvez um dos pontos mais importantes. Os pavimentos em pavê são verdadeiramente seguros. A permeabilidade que os caracteriza torna as vias de acesso público mais seguras e as suas características fazem dele um excelente piso exterior antiderrapante, ideal para utilização em espaços de circulação de crianças e/ou idosos e pessoas de mobilidade reduzida. 
  • Reutilização: a forma como o pavimento de pavê é instalado permite o seu levantamento sem qualquer dano nos blocos que o constituem. Isto significa que é possível transportar um piso anteriormente instalado numa zona e fazê-lo noutro local. O pavimento permite, ainda, que o levantamento para arranjos ou instalações de canalização no subsolo não sejam significado de novo pavimento e nova despesa.

Desvantagens do pavimento pavê:

  • Deslocamento dos blocos: a forma simples e eficaz como é instalado este pavimento também tem os seus pontos negativos. O maior passa possivelmente pela facilidade com que os blocos se deslocam quando colocados sob maior pressão. Isso significa que, a longo-prazo, após várias limpezas e algum tempo de utilização, a areia que faz o seu intertravamento vai desaparecendo, provocando a movimentação dos blocos e forçando a manutenção e reinstalação dos mesmos. 
  • Irregularidade: a forma como são instalados estes pavimentos e a não necessidade de mão de obra especializada leva muitas vezes a que o piso possa ter alguma irregularidade se não for instalado com precisão. É preciso ter muito cuidado e preciosismo na forma como se instala o pavimento pavê porque só assim se consegue garantir a segurança necessária.

4. Como instalar pavimento pavê

A instalação do pavimento de pavê é conhecida por ser um processo simples e que não carece de mão de obra especializada. Tudo isso é verdade mas, ainda assim, existem uma série de passos de preparação do solo que devem ser cumpridos escrupulosamente e que são fundamentais para a qualidade do trabalho efectuado. 

  • Preparação do solo: antes da instalação dos blocos do pavimento de pavê, é fundamental preparar devidamente o solo. A verificação da qualidade do solo é fundamental para perceber a viabilidade do projecto. Depois da avaliação segue-se a etapa da nivelação do solo que, no final, se deve apresentar uniforme.  
  • Colocação da areia: passada a primeira fase de preparação do solo, segue-se a colocação da areia onde os blocos vão assentar. Esta areia é fundamental para a qualidade do pavimento, pois vai ajudar a dar maior resistência ao material utilizado na pavimentação. Deve colocar sobre o solo uma camada de entre 4 a 8 cm de areia que, tal como no passo anterior, deve ter um aspecto final uniforme. 
  • Alinhamento dos blocos: depois da preparação do solo e da colocação da areia, segue-se a colocação dos blocos. Como mencionámos anteriormente, os blocos do pavimento de pavê são colocados de forma interligada como num puzzle. Isso pode acontecer paralelamente ou perpendicularmente, dependendo do tipo de pavimento que desejarmos utilizar. Seja como for, os blocos devem ser alinhados correctamente de forma a que os espaçamentos e as distâncias sejam cumpridos.
  • Selagem: depois de colocados e alinhados os blocos, chega a hora de selar os intertravamentos. O que precisa de fazer é utilizar o mesmo tipo de areia que utilizou anteriormente e colocá-la por cima do pavimento. O objectivo é fazer com que a areia entre nas juntas entre os blocos e lhes dê maior estabilidade e durabilidade. 
  • Compactação do piso: uma vez que os blocos de pavê estão assentes sobre areia, é necessário utilizar a força de uma máquina própria para os compactar e tornar mais estáveis e resistentes. Sem este passo o piso ficará demasiado volátil e frágil e facilmente perderá a sua estrutura inicial. 
  • Limpeza: o último passo é a limpeza do pavimento que passa, essencialmente, por varrer toda a sujidade e excesso de areia que tenha ficado a mais do processo de instalação dos blocos e que, no caso de serem deixados para trás, podem tornar o piso mais perigoso e escorregadio. 

5. Pavimento pavê: preço por m²

Pavê de jardim, Junta Drenante Amop Paredes e pisos modernos
Amop

Pavê de jardim, Junta Drenante

Amop

O preço do pavimento pavê por m² vai depender do tipo de bloco que quiser utilizar, assim como do seu tamanho ou até da sua cor. Cada um dos materiais tem um preço diferente que, como é lógico, influenciará o valor final do orçamento. Seja como for, o que lhe podemos dizer é que um trabalho de pavimentação em pavê pode oscilar entre os 250€ e os 1.600€, sendo o preço médio de 800€. Estes preços são valores estimados e que podem variar de acordo com os materiais, a extensão da obra e a sua duração. Aquilo que aconselhamos é que peça vários orçamentos para assim poder analisar, fazer comparações e escolher o que lhe parecer mais ajustado.

Tudo sobre Cortinas de Vidro - Vantagens, Preços e Mais, em 15 Imagens
Arrow navigation 3b3136b1
Já conhecia este tipo de pavimento? O que achou? 
Casas inHAUS Casas modernas

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa?
Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!