Moradia moderna em Sesimbra com vista generosa sobre o Atlântico

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
MA.TERIA. HOUSE. MORADIA SESIMBRA, MA.TERIA. ARCH MA.TERIA. ARCH Salas de estar minimalistas Vidro Transparente
Loading admin actions …

Em tempos de confinamento, a ideia de se abrirem janelas generosas sobre o Atlântico é música para os nossos ouvidos. Ainda não podemos sair de casa, mas nada nos impede de, virtualmente, ir conhecer as fantásticas casas desenhadas por alguns dos mais prestigiados arquitectos portugueses. E é precisamente esse o nosso plano para hoje. Trazemos-lhe um projecto levado a cabo pelo gabinete MA. TERIA. Architecture Solutions por detrás do qual está o arquitecto Miguel Alves que coordena eficazmente equipas multidisciplinares empenhadas em organizar os projectos nas suas várias etapas de forma a garantir a melhor qualidade dos mesmos e a melhor rentabilidade possível. O gabinete desenvolve projectos em todo o país e presta, ainda, serviços de design e de design de mobiliário.

Hoje, é por um projecto arquitectónico que nos ficamos. Trata-se de uma moradia feita para um casal estrangeiro de acordo com as especificações do mesmo. A casa tem 1 piso e um escritório/biblioteca num piso superior com vista mar, incluindo, também, garagem para dois carros. No jardim, a protagonista é a piscina. Venha connosco conhecê-la.

Entrada

Como acima lhe explicávamos, a moradia, com uma área de 270 m², foi feita de raiz para um casal estrangeiro e consiste num volume branco que se desenvolve na horizontal e é composto por uma série de caixas que se encostam umas às outras dando forma à casa. A entrada surge a meio e é acessível por um caminho que vem da garagem. O posicionamento da entrada, entre dois volumes, deixa-a protegida em relação aos ventos. Esta primeira imagem torna claro o estilo arquitectónico minimalista da casa que se define por linhas clean e depuradas, superfícies lisas e pela brancura marmórea das paredes que rasgam o céu azul.

Fachada lateral

Nas imagens acima, temos a perspectiva das fachadas laterais que correspondem aos quartos das crianças e das visitas e à suíte master, respectivamente. São fachadas minimalistas que têm apenas uma janela a partir das quais se pode aceder ao exterior. Na primeira fachada lateral, a janela enquadra e ilumina o quarto e o corredor de acesso. Na segunda, a janela possibilita o acesso ao exterior e ao piso superior onde se encontra o espaço de escritório e a biblioteca. No entanto, é na fachada tardoz que a casa se abre realmente para o entorno.

Fachada jardim

É a tardoz que tudo acontece, na medida em que é aqui que os grandes panos de vidro se abrem sobre o enorme jardim (nesta fase, ainda sem relvado) com piscina. Do outro lado da casa, que vamos ver de seguida, as janelas abrem-se sobre o mar. Como se percebe, o volume branco é composto por uma miríade de caixas que, entre cheios e vazios, se encostam e intersectam, cada uma com a sua função. Do lado esquerdo, fica, então, a suíte master sobre a qual há mais um piso que acomoda o escritório/biblioteca.

Quarto

Os quartos são espaços brancos e minimalistas com grandes janelas que os relacionam com o exterior e estão orientadas de acordo com as melhores perspectivas. O soalho de madeira contrasta com os acabamentos brancos e empresta calidez e aconchego ao ambiente. Com uma vista assim, faz todo o sentido que se tenha favorecido uma linguagem arquitectónica elegante em que menos é mais. A paisagem acaba por fazer parte da história e da arquitectura da casa que, por sua vez, a complementa e enaltece.

Cozinha aberta

A cozinha aberta e a sua grande ilha marcam o centro da casa, junto à entrada. O cinza antracite contrasta com tudo o resto, interrompendo corajosamente a paleta clara da moradia e elevando o papel da cozinha dentro da mesma. A ilha serve como bancada de trabalho, mesa de pequeno-almoço e, pelo arranjo de espaço que propicia, é, acima de tudo, um ambiente de convívio. Os utilizadores e visitas podem-se reunir em torno da ilha e quem está a cozinhar pode estar a conversar com quem está nos espaços adjacentes, incluindo o jardim que está mesmo do outro lado da janela.

Sala de jantar

O amplo espaço da sala e da sala de jantar abre-se sobre a vista e o deck exterior de onde se pode desfrutar da vista e relação com o terreno. As grandes janelas rasgam o volume da sala de uma ponta à outra, permitindo que a luz natural invada o espaço que, fruto desta relação com a envolvente, parece ainda maior, não só pela luz que recebe como também porque o interior e o exterior parecerem a extensão um do outro.

Corredor

Terminamos no espaço de circulação que, mais do que isso, é um espaço multifunções. O corredor de acesso à zona dos quartos das crianças e visitas assume também um carácter de espaço de estar e convívio que se junta aos quartos através de portas de correr, podendo funcionar como um plano amplo e único. O arquitecto aproveitou as paredes para criar zonas de arrumação que, como sabemos, nunca são de somenos numa casa.

Em baixo, deixamos-lhe os contactos do gabinete:

  • Morada: Rua Teixeira de Pascoais 3B – 1700 – 363 Lisboa, Portugal
  • Telemóvel: +351 96 687 344 5
  • Site: www.ma-teria.com

Recomendado: 18 paredes com biblioteca embutida para uma casa mais organizada

Deixe-nos a sua opinião sobre o projecto e não hesite em contactar o atelier para mais detalhes!

Precisa de ajuda com um projeto em sua casa?
Entre em contacto!

Destaques da nossa revista