Uma residência muito exótica

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Quando viajamos ao redor do mundo, seja virtualmente ou fisicamente, é ao observar os lugares, as pessoas, os edifícios e tantos outros detalhes, que encontramos inspiração para a nossa vida. A verdade é que, cada viagem, tem em nós impacto e molda, mesmo sem que nos apercebamos, a nossa forma de estar no mundo. Aprendemos a gostar de novos sabores, entendemos melhor as diferenças estruturais da sociedade e a vida ganha um novo sentido e horizontes mais alargados.

Em termos materiais, quem não adora levar para casa decorações étnicas para guardar memórias através dos objectos? Esta moradia, projectada pelo gabinete Gran Design, deixa-nos a sensação de que os proprietários decidiram trazer um pouco de tudo aquilo que já viram para decorar os ambientes. Com uma atmosfera tropical e detalhes apelativos, a casa faz, com certeza, quem nela habita, sentir-se sempre em férias num qualquer país exótico distante.

Vamos vê-la.

Fachada íngreme

A casa tem uma fachada interessante de forma irregular e um telhado de inclinação acentuada. As paredes, em termos cromáticos, dividem-se entre a frieza do cinza e a calidez da madeira que surge em tábuas dispostas horizontalmente. As grandes janelas sobre a a área da entrada garantem a passagem de luz natural para o interior. O caminho cinza de linhas orgânicas conduz-nos até à porta de entrada.

Entrada

Já no corredor de entrada é possível sentir o ambiente especial que reina nesta casa. O material dominante é a madeira natural com tons quentes e profundos. O castanho e o cinza harmonizam-se em pleno, fazendo desta, uma combinação bem sucedida. A decoração com estilo asiático faz-nos sentir como se estivéssemos num spa exótico. Concorda?

A madeira impera

Os interiores da casa são extremamente espaçosos devido ao impressionante tecto que se ergue robustamente com vigas. A atmosfera é calorosa e pejada de tropicalidade. A madeira natural está em toda a área. Encontramo-la no tecto, nas vigas, nos móveis e na caixilharia das janelas e portas. A cozinha, a sala de jantar e a sala de estar surgem combinadas neste espaço aberto. A vegetação tropical vem complementar o uso da madeira, assim como a iluminação subtil e quente.

Escada

Vale a pena prestar atenção aos detalhes, pois são eles que compõem o clima como um todo. Realce-se o mobiliário confortável, os ornamentos étnicos, os materiais de qualidade como o couro e a madeira e as cores quentes e naturais.

Os vasos assumem um papel importante no espaço pela sua beleza e pelas plantas que abrigam. Porém, foquemo-nos da escada com degraus em madeira toscos ladeados por um corrimão que é apenas uma corda que nos dá a sensação de que esta escada pertence a uma qualquer casa da árvore no meio da selva.

Quarto romântico e repousante

Terminamos o nosso livro de ideias neste quarto tão pouco convencional. Em vez de uma cama tradicional, encontramos o colchão – de espessura larga – colocado no chão. As almofadas trazem conforto e surgem também em jeito de cabeceira de cama. O quarto está localizado no sótão e tem, por isso, um tecto baixo. Todas as superfícies são cobertas por madeira, tornando o interior acolhedor e caloroso. Uma ampla janela permite a entrada de luz natural e os panos brancos, com um estilo boémio, servem como cortina e peça decorativa.

Interiores que nos fazem sentir de férias. Não concorda? O que acha do uso da madeira nesta moradia? 
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!