Vermelho e branco, uma combinação e tanto!

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

O vermelho é uma escolha ousada, mas uma divisão com uma atmosfera arrojada pode compensar. Pela vida que traz. Pelo carácter. Pela improbabilidade. No nosso livro de ideias de hoje, o vermelho não vem sozinho. Não sabemos se os opostos se atraem, mas fizemos questão que estivesse acompanhado pelo branco que, de certa forma, o equilibra, o silencia. 

Numa altura em que a decoração de interiores parece inclinar-se para uma linguagem escandinava que privilegia os tons neutros em detrimento dos mais saturados, trazemos-lhe uma proposta diferente que é, a nosso ver, versátil na sua aplicação. Encontramo-lo em várias divisões da casa, umas mais modernas e outras mais rústicas, umas mais pequenas, outras nem tanto. Seja como for, em cada um destes casos, a combinação entre vermelho e branco foi protagonista. Até porque já diz o ditado em vermelho e branco, tudo mais encanto. Pronto, não diz. Mas, faz de conta. 

Branco e vermelho sangue

Será uma cozinha vermelha a super-heroína da casa? A cor é forte, mas versátil. Prova disso é que a encontramos em cozinhas modernas com acabamentos brilhantes e sofisticados ou, por outro lado, em cozinhas rústicas harmonizadas com madeira e móveis brancos com linhas mais românticas. 

A da imagem, projectada pelo londrinos Roselind Wilson Design, pertence às da primeira categoria e traz-nos um ponto de vista forte e imbuído em carácter. Adoramos o vermelho sangue sob o pano de fundo branco que o equilibra. 

Se gosta desta cozinha com móveis reluzentes e lisos, escolha um acabamento em metacrilato, muito mais brilhante do que o vidro ou do que os móveis em laca. É fácil de limpar, pode ser polido, não mancha, nem perde a sua cor. Note-se, ainda, que, neste projecto, a iluminação desempenha um importante papel por realçar o melhor do espaço.

Vermelho e branco, também no quarto

Edifício habitacional: Quartos ecléticos por Alves Dias arquitetos
Alves Dias arquitetos

Edifício habitacional

Alves Dias arquitetos

O quarto da imagem é fruto da reconstrução de um edifício que encontra na tipologia T1 a apropriação adequada. Como pode ver, aqui o vermelho não está presente nos móveis, tampouco nas superfícies. A cor surge nos têxteis da cama e, mesmo assim, acaba por ditar a personalidade da divisão e trazer-lhe profundidade. Mantendo uma tela de fundo branca, pode alterar o carácter de cada área da sua casa através da introdução de pormenores, tanto nos têxteis, como noutros objectos decorativos.

A filosofia ancestral chinesa do Feng Shui encontra no vermelho a cor que estimula as áreas de relacionamento afectivo, o sucesso, a auto-estima e a prosperidade. Porém, segundo o Feng Shui, o vermelho usado em grandes quantidades provoca confusões e explosões de humor. Será? Pelo sim, pelo não, vamos manter as coisas simples.

Projecto do estúdio Alves Dias Arquitetos.

Na fachada também conta

Ousaria pintar a fachada da sua casa nesta cor? Por que não? Na realidade, não raras são as casas portuguesas que já a utilizam. A casa da imagem, baptizada como Villa FV, mistura características do estilo tradicional com outras, mais modernas. O vermelho é usado expressivamente. O branco surge a debruar as aberturas da casa e também na pérgola branca que se prolonga em comprimento. As cores, a caixilharia em madeira e, claro, a palmeira, compõem um quadro que emana tropicalidade.

O projecto é da autoria do estúdio italiano Giola / Casorezzo MI.

Na pastilha da casa de banho

Casas de banho modernas por ProArq Brasil

Frescura e alegria. São os sentimentos que esta casa-de-banho nos transmite. Ainda que, por vezes, tenhamos dúvidas sobre usar uma cor forte em casa, certo é que, quando ela surge em detalhes, pode realmente fazer toda a diferença e levar uma divisão de “blah” para “ta-dah”! É esse o caso desta casa-de-banho onde a pastilha vermelha desenha um “L” na zona do vaso sanitário, repetindo-se no nicho dentro da cabine de duche que serve para colocar os produtos de higiene. 

Por que não reproduzir a ideia deste projecto em sua casa? Estamos convictos de que os seus convidados iam ficar impressionados com a criatividade!

A Proarq Brasil foi responsável por este projecto.

Hall de entrada cheio de vida!

O hall de entrada é o cartão de visita de uma casa e o da imagem transmite, sem dúvida, um conforto sulista não estivesse esta casa situada no nosso soalheiro Portugal, designadamente a Sul. O espírito do projecto assentou na criação de espaços de convívio baseados no conforto e no repouso. Os ambientes misturam laivos clássicos, contemporâneos e étnicos, expressando, assim, as vivências dos proprietários que viajam com frequência. 

Repare que o hall de entrada, embora simples – mas não simplista – já denuncia esse espírito que define a casa. Para além dos objectos decorativos rústicos encontrados no espaço, sobressaem os frisos vermelhos que contornam as linhas da casa. Esta é, incontestavelmente, uma forma imaginativa e subtil de introduzir cor numa área. A da imagem não passa seguramente despercebida.

Conheça mais projectos da SA&V – Saaranha & Vasconcelos

Mais uma cozinha

Mais uma cozinha porque sabemos que gosta. A cozinha da fotografia, da autoria do atelier Laura Yerpes Estudio de Interiorismo, é o oposto da primeira cozinha que vimos. Enquanto na primeira os móveis vermelhos se recortavam sobre o branco, aqui acontece o contrário. A bancada e a parede backsplash são num agradável num acerejado. O acabamento em metacrilato surge novamente na parede. Destacamos, igualmente, a forma como a iluminação foi introduzida no espaço. O balcão conta com uma luz indirecta que realça a sua estética e reforça a funcionalidade da área.

Alma!

APARTAMENTO TURÍSTICO PRÍNCIPE REAL - LISBOA: Salas de jantar modernas por EU INTERIORES
EU INTERIORES

APARTAMENTO TURÍSTICO PRÍNCIPE REAL – LISBOA

EU INTERIORES

Regressamos a Portugal, desta vez a Lisboa, para encontrarmos o vermelho e o branco materializados nesta sala de jantar que vemos em detalhe. Este apartamento turístico deveria ser simples, moderno e, sobretudo, funcional. Assim é. O espaço é pequeno, mas tem alma, e não temos dúvidas de que a combinação de vermelho e branco são responsáveis para o sucesso do projecto. A mesa branca do IKEA encontra-se ladeada por cadeiras vermelhas de design e a madeira fica particularmente bem quando conciliada com estas cores.

O projecto é da responsabilidade do estúdio EU Interiores

Pegue nos pincéis e escolha uma parede

Sala Estar - Encosta do Douro: Salas de estar ecléticas por Ângela Pinheiro Home Design
Ângela Pinheiro Home Design

Sala Estar – Encosta do Douro

Ângela Pinheiro Home Design

Escolher uma parede e dar-lhe uma nova cor ou revesti-la com um papel de parede. Por vezes, basta isso para darmos a uma sala – ou a qualquer outra divisão – uma lufada de ar fresco. A sala de estar da imagem foi decorada pelo gabinete português Ângela Pinheiro Home Design. Embora a decoração seja moderna, elegante e confortável, a parede vermelha surge como uma injecção de bom humor no espaço, criando um ponto de destaque dentro de ele. No caso, escolheu-se a parede da lareira. Uma boa escolha, dizemos nós. Também se podia optar pela parede do móvel de televisão. Se decidir pôr esta ideia em prática, opte por uma superfície com importância no espaço.

“Num tenho mais que te dar”

Projecto Apartamento Turístico T2 na Graça em Lisboa: Quartos de criança modernos por EU INTERIORES
EU INTERIORES

Projecto Apartamento Turístico T2 na Graça em Lisboa

EU INTERIORES

Temos sempre mais que lhe dar, mas este livro de ideias termina num quarto de criança projectado pelos portugueses EU Interiores. Antes de mais, não podemos deixar de sorrir com a frase que decora a parede inspirada nos famosos lenços dos namorados, uma peça de artesanato típica do Minho, usados por mulheres em idade casadoura.

A paleta cromática do quarto, fresca como deve ser um quarto de criança, divide-se entre o branco e o vermelho que aparece nos têxteis. Esta decoração prova-nos que nem sempre a menina precisa do rosa ou o menino do azul. Há outras opções modernas e, claro está, improváveis.

Identifica-se com estas cores? De qual destas divisões mais gostou? Deixe-nos a sua opinião.
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!