Casa económica mas especial

Rita Paião – Homify Rita Paião – Homify
Google+
Loading admin actions …

Uma vivenda unifamiliar entre paredes dividas com outras casas, esconde um interior cheio de classe e estilo. Trata-se de um projecto que nos leva até Barcelona onde os profissionais GPA Arquitectura foram os responsáveis pelo maravilhoso interior a que dedicamos uma linhas na nossa revista homify.

A vivenda foi reconstruída sobre outra que datada de 1920. A casa estava estruturada em duas plantas, onde a parte inferior se destinava à garagem e à oficina de um artesão e a superior à vivenda propriamente dita. O projecto de reabilitação planeou uma organização totalmente diferente: um andar dedicado às funções diurnas e outro destinado apenas a quartos e a divisões mais privadas. Todos eles com um interiorismo que mistura diversos elementos estruturais e construtivos, mas que consegue ser ao mesmo tempo equilibrado e moderno. 

Vamos descobrir por dentro e por fora esta bonita casa de design.

Revestida com novos materiais

Partindo de uma fachada similar à das casas vizinhas, nesta vivenda procurou-se marcar a diferença através de um uso mais modernos dos materiais. Desta forma, revestiu-se a parede com pedra, dando um ar mais elegante e sensorial. Por outro lado, no andar superior a fachada sobressai com uma varanda revestida a cerâmica a imitar madeira, transmitindo um toque mais quente e mediterrâneo.

Convencional?

A segunda foto mostra-nos bem como é a fachada traseira desta vivenda e que apesar do seu aparente aspecto convencional, se esconde um pequeno pátio que permite aos habitantes aproveitarem o sol e o ar livre. Embora estreito, este pátio tem a vantagem de ser totalmente privado em relação aos prédios do lado, portanto, um grande espaço ao ar livre que não é claustrofóbico ou apertado, mas sim fresco e brilhante.

Mais de perto: o pátio

Entramos aos poucos e sorrateiramente para os interiores desta casa. Estamos no pátio e se seria a mesma coisa sem ele? Claro que não, além de um espaço agradável e muitas funções possíveis também aumenta visualmente os interior além da imensa luz natural que invadem os mesmos.

Para se criar um espaço luminoso optou.se por cores claras para revestir as paredes e pintar as portas. Além da madeira em deck no pavimento também o mobiliário presente combina e aquece de forma confortável o ambiente exterior. As plantas não podiam faltar e fazem companhia em simpáticos dias de Primavera ou em noites quentes de Verão. As portas/janelas de correr foram pensadas de forma a darem continuidade para o interior e assim sucessivamente, permitindo uma maior conexão entre espaços.

Espaços sociais no piso 0

A zona social da antiga casa era destinada à oficina mas com a remodelação, essa mesma zona converteu-se na divisão mais visível da vivenda, a zona de passar o dia. Aqui primou-se pela comunicação e linguagem de espaços e os seus usos, criando um amplo espaço entre a zona de cozinhar, comer e de estar.

O resultado é um ambiente de decoração ecléctica, onde se mistura o minimalismo de uma cozinha pensada ao detalhe, com o aspecto mais industrial de uma parede em tijolo. Este consegue dar um certo ar de habitação Nova Iorquina. Aliás, o uso poderoso do branco transforma este interior em um espaço luminoso e moderno, mas com muita personalidade.

A escada de madeira

Além da parede em tijolo, outro elemento estrutural que rompe com o lado branco do piso do rés do chão, são as escadas em madeira. Estas escadas fazem a ligação ao piso superior e além de serem estruturais são completamente decorativas. A sua posição fica entre duas paredes, mas ainda assim não foi esquecida a colocação de corrimão em um dos lados, aparando a subida e a descida e evitando mãos e sujidade na parede. O seu desenho é simples mas a mesma não passa despercebida no espaço!

Um quarto bem luminoso

A varanda que vimos na fachada principal dá à habitação uma fisionomia especial, ao mesmo tempo que preenche os interiores de luz natural.  Se em baixo os espaços eram diáfamos, aqui a planta apresenta-se mais compartimentada, sem renunciar à comunicação interior entres espaços que são fundamentais. 

Desta forma, o quarto tem acesso directo à casa de banho e ao closet através de uma porta de correr que permite incluir sempre o que mais desejamos. O quarto é simples, branco e bem simpático.

Que achou do planeamento interior desta vivenda?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!