A casa que vai roubar o seu coração para sempre!

Sílvia Cardoso – homify Sílvia Cardoso – homify
Google+
Loading admin actions …

Esta casa holandesa tradicional não vai deixar ninguém indiferente. Tem tudo aquilo que se espera de uma casa de sonho, desde a modernidade ao conforto. Este projecto é da autoria do estúdio DENOLDERVLEUGELS ARCHITECTS & ASSOCIATES sediado na cidade de Eindhoven, na Holanda.

O edifício localiza-se numa floresta ao redor de Naarden e foi remodelado no início de 2013. O gabinete responsável pela obra dedica-se à arquitectura, ao design de interiores e ao paisagismo. O edifício principal consiste em dois níveis, ambos cobertos com telhados de palha. A cor off-white contrasta com o tom cinza-azulado escuro da caixilharia. O tom da palha repete-se na madeira. Os pisos estão ligados por uma escada central e as janelas deixam entrar uma boa quantidade de luz para a casa. A casa conta ainda com um anexo no mesmo estilo. Os materiais, formas e volumes oferecem à villa dramatismo, uma escala humana e um carácter contemporâneo sem comprometer a definição clássica.

Estilo holandês

Esta moradia holandesa impressiona-nos. Parece ter sido especialmente criada para as filmagens de uma longa-metragem ou pensada por um artista que procura inspiração na calmaria do bosque. É o cenário ideal para uma família que sempre quis viver no meio da natureza. O exterior interessante e tradicional é objecto de atenção para quem se interessa por estilos arquitectónicos de diferentes culturas. O efeito mais dramático é, sem dúvida, proporcionado pelos telhados vertiginosos cobertos por colmo, apanágio das casas de fazenda do século XVIII e XIX que são, ainda hoje, cuidadosamente preservadas, despertando a atenção dos curiosos turistas. No processo de reconstrução da casa, foi adicionado um terraço e uma pérgola para conforto dos moradores.

Holanda rural

A casa, após a renovação, ganhou uma nova vida e está ainda mais colorida e autêntica. O facto de alguns elementos especiais terem sido adicionados à estrutura tornam-na ainda mais bonita e completa. Queremos com isto dizer que uma restauração não passa apenas por imbuir um edifício antigo de modernidade e tecnologia, mas, sobretudo, por respeitar a sua essência, realçando o que de melhor tem. Embora a casa se situe num país nórdico, há um exotismo que dela emana, talvez pelas cores, talvez pelos materiais, talvez pela invejável moldura verde.

Espaço e imponência

A casa tem tectos altos, dois pisos e sótão. Oferece, pois, interiores espaçosos e bem iluminados que albergam com conforto a família. As janelas são altas e alongadas e encontramo-las em todas as superfícies da casa. Uma das principais características do estilo holandês são as proporções que devem ser harmoniosas e simétricas.

Alpendre e telhado

A novidade neste edifício é a pequena extensão para aumentar a área. A casa integra um alpendre com um piso em madeira que serve de transição entre o interior da casa e o terraço e jardim. Os assentos estofados com um tecido lavanda rodeiam a mesa robusta de madeira.

Design de interiores

Os tectos altos, as áreas abertas e as janelas altas caracterizam o interior desta deslumbrante moradia. Os acabamentos da casa e desta sala de jantar em particular são em branco, cinza e bege. A atmosfera promove o repouso e, em simultâneo, momentos de convívio com os amigos e a família. Embora o programa de necessidades se distribua numa lógica de plano aberto, as alturas diferentes dos tectos demarcam virtualmente as áreas com propósitos distintos.

Escadas em madeira

As escadas em madeira são, como mencionámos, o elemento central da casa e destacam-se em termos estéticos e, claro está, funcionais. A partir desta perspectiva, vemos o quão alta e vertiginosa é a casa. O vão das escadas é bem iluminado pelas várias janelas que abrem a superfície da residência.

Tradição holandesa

Se pensa que o estilo de decoração de interiores é semelhante por toda a Europa, desengane-se. Na verdade, a estética holandesa diferencia-se. Durante o Século de Ouro dos Países Baixos – Golden Age – e como consequência da crescente economia, as cidades expandiram-se e a arquitectura ganhou um novo élan. Inicialmente, proeminaram antigos elementos góticos e motivos renascentistas, mais tarde substituídos pela influência clássica francesa que se intensificou. A beleza dos edifícios era de tal forma notória que teve um forte impacto na arquitectura de Nova Iorque onde os senhores imitavam a elite europeia.

Aprecia o estilo arquitectónico holandês? Que opinião tem sobre este projecto? 
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda com um projecto em sua casa? Entre em contacto!

Encontre inspiração para casa!